Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Catarina Reis
Catarina Reis
03 Set, 2020 - 12:09

Progressão na carreira em tempos de pandemia: é possível?

Catarina Reis

Neste artigo vamos ver se é possível haver lugar a progressão de carreira em tempos de pandemia, e que oportunidades podem estar à espreita.

mulher a analisar possibilidades de progressão na carreira em tempos de pandemia

Por muito que nos pareça por vezes que o mundo parou por causa do novo coronavírus, a verdade é que a vida continua. Não há dúvida que a economia está em abrandamento, e assim poderá ficar por tempo indeterminado. Por isso, é natural pensar numa perspetiva de progressão na carreira em tempos de pandemia.

Se é verdade que particularmente para muitos setores de atividade, como o turismo ou a cultura, assistimos a casos sérios de crise e o futuro não se avizinha propriamente risonho nos próximos tempos, isto não significa que a sua carreira profissional tenha que ficar estagnada, pausada, ou mesmo suspensa, enquanto a conjuntura não se verificar favorável.

Ficar à espera que o mundo volte a ser exatamente como era até 2019 não parece ser uma opção a ter em conta, até porque existe a possibilidade de as coisas nunca voltarem a ser como eram, mesmo que a pandemia se extinga. Assistimos a um “novo normal” e devemos continuar com a nossa vida neste novo registo.

Progressão na carreira em tempos de pandemia: que conjuntura?

pessoa a analisar dados

A progressão na carreira em tempos de pandemia pode ser uma realidade?

Sim, a progressão na carreira em tempos de pandemia é possível, os desafios é que são outros.

Não é segredo para ninguém que em tempos de crise como a que estamos a experienciar neste momento as empresas se retraem, e as contratações ficam para segundo plano, ou mesmo suspensas.

Contudo, há determinados aspetos que dependem de si e que pode ir trabalhando, no sentido de progredir na carreira.

Pensar de forma independente

O primeiro grande segredo para que possa haver progressão na carreira em tempos de pandemia é não ficar à espera das empresas, dos grandes decisores. Faça-o você mesmo.

Nós somos quem controla melhor o nosso próprio desenvolvimento profissional. Em vez de nos perguntarmos “o que é que a empresa pode fazer por mim?” devemos passar a perguntar “o que é que podemos fazer pela nossa carreira?”

A resposta à primeira questão poderá nunca chegar, e como resultado quase certo teremos uma longa espera no vazio, e no final de contas, provavelmente nada acontecerá.

Concentre-se no que quer e porquê

Leve algum tempo a reavaliar a sua situação profissional, de que forma poderá levar avante os seus projetos, tendo em conta a situação de pandemia. Por exemplo:

  • Ajuste deadlines: muitos deles terão que ser esticados, nem que seja pelo simples facto de que os seus fornecedores poderão também eles estar a trabalhar um pouco mais devagar.
  • Reúna-se com a sua equipa através de meios digitais, de modo a não comprometer essa parte
  • Pense em que medida o contexto de pandemia poderá afetar o resultado, e pensar em formas de contornar esses obstáculos
  • Não ceda à tentação de se isolar. Mesmo que não seja possível encontrar-se pessoalmente com clientes ou parceiros, não se coíba de usar de todos os meios possíveis para se manter em contacto ativo. Da mesma forma não fique à espera que sejam os outros a entrar em contacto.

Manter o foco no objetivo de acrescentar valor

Seja em que contexto for, de pandemia, de prosperidade, ou de guerra, acrescentar valor no que fazemos é sempre um meio seguro de, mais dia menos dias, obtermos resultados positivos.

As outras pessoas acabam por reconhecer o nosso trabalho e o nosso valor, e nem o contexto de pandemia consegue travar isso.

Não deixe de aprender: adira a cursos online

Ficar à espera que a pandemia passe para fazermos aquele curso que desejamos fazer há já algum tempo? Não caia nessa ratoeira. Existem inúmeros cursos online sobre todas as áreas de atividade, e caso ache necessário desenvolver as suas competências, não deixe de o fazer.

Não espere pelo fim da pandemia para expandir os seus horizontes, e desenvolver o seu talento e conhecimentos.

Mantenha os seus grandes objetivos

É fácil olharmos para o contexto que vivemos atualmente e acharmos que a progressão de carreira em tempos de pandemia se tornou ainda mais difícil de alcançar, se não impossível. As notícias com que os órgãos de comunicação social nos bombardeiam diariamente em nada ajudam. 

Se ouvimos dizer que existe uma crise instalada, que as empresas estão a fechar, ou que determinados setores de atividade estão em paragem parcial ou mesmo total, isso não significa necessariamente que as oportunidades para nós no mundo laboral se tenham acabado. Quanto muito, podem ter mudado.

A progressão na carreira durante uma crise poderá significar uma mudança para uma nova atividade profissional?

A insegurança profissional que se vive em tempos de crise poderá levar muita gente a precipitar-se para mudar de profissão. A verdade é que nem mesmo em tempos prósperos a decisão de mudar de carreira deverá ser bem ponderada. 

Se a decisão de abandonar uma carreira pode parecer o mais acertado devido a uma crise no setor, já a ideia de começar do zero noutra atividade em tempos de crise poderá não ser uma boa ideia.

Caso se trate de uma ideia de negócio diretamente relacionada com a pandemia, tenha em mente que quando esta terminar, o seu negócio poderá também deixar de fazer sentido.

Se a sua carreira já estava em declínio antes da pandemia, e sofreu um agravamento, aí sim poderá ser uma boa oportunidade para bater com a porta e começar do zero.

Lembre-se que a pandemia deverá desaparecer, ou pelo menos deixar de ser um problema para a economia global, no espaço de dois anos. Qualquer decisão que tome deverá ter em conta essa premissa.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].