Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Marvin Tortas
Marvin Tortas
19 Abr, 2018 - 19:45

Óleo no reservatório de água do radiador: o que fazer

Marvin Tortas

Mesmo que não perceba muito de mecânica, certamente sabe que ter óleo no reservatório de água do radiador não é bom sinal. Saiba o que deve fazer.

óleo no reservador de água radiador

É verdade que ter óleo no reservatório de água do radiador não é bom para o motor do seu carro, mas isto não significa necessariamente que é o fim.

A água e o óleo têm funções distintas na preservação do seu motor e, tal como na cozinha, nunca deverá misturar óleo e água. O óleo tem como principal função lubrificar as partes móveis do seu carro para garantir que tudo funciona em perfeitas condições e que não há demasiado atrito entre as peças.

A água ou líquido refrigerante trabalham num outro sistema distinto, o sistema de refrigeração, que tem como função baixar a temperatura do motor. Quando o óleo e a água se juntam, obviamente isto significa que algo não está bem.

Óleo no reservatório de água do radiador: o que poderá ser?

O funcionamento do motor de um carro é algo complexo e, na verdade, o óleo e a água ou liquido refrigerante estão apenas separadas por poucos milímetros de metal. E para que possamos compreender as possíveis falhas, é importante tentarmos perceber o funcionamento desta parte do seu automóvel.

A cabeça dos cilindros faz parte do sistema de refrigeração, e está situada no bloco do motor, lugar que alberga os cilindros e a câmara de combustão, onde o combustível e o ar são misturados. Este processo produz imenso calor, daí a necessidade de ter um componente de refrigeração. Mas, no entanto, a cabeça dos cilindros simultaneamente também faz parte da parte superior das câmaras de combustão. E entre a cabeça dos cilindros e o bloco do motor está a junta da colaça, componente que separa a água e os líquidos de refrigeração e os canaliza para os respetivos lugares. Este será seguramente o componente que lhe dará mais dores de cabeça caso detete que tem óleo no reservatório de água.

Existem vários motivos para que possa ter óleo no reservatório de água do radiador, e o E-Konomista vai ajudá-lo a tentar identificar alguns deles. Tenha em conta que o motor é o coração do seu carro, e caso note alguma destas falhas deve visitar o seu mecânico o mais rapidamente possível.

1. Junta da colaça partida ou desgastada

Recorde-se que, como referido, este componente se situa entre o bloco do motor e a cabeça dos cilindros. Caso esteja partida ou demasiado desgastada, vai permitir que o óleo e o líquido de refrigeração se misturem, e nem a água é capaz de lubrificar os componentes móveis do motor, nem o óleo é capaz de baixar as temperaturas do motor, por isso, é importante que estes elementos nunca se misturem.

2. Cabeça do cilindro fissurada

Caso o seu motor sobreaqueça ou tenha tido um acidente, é possível que a cabeça do cilindro fique com pequenas quebras. Se este componente não for devidamente reparado em caso de acidente ou o seu carro esteja sujeito a altas temperaturas de funcionamento constantemente, estas pequenas fissuras com o passar do tempo podem fazer com que os dois líquidos se misturem. Isto acontece porque com as fissuras da cabeça do cilindro, o líquido refrigerante não será devidamente canalizado para os respetivos sítios e poderá vir a misturar-se com o óleo.

3. Bloco do motor danificado

O bloco é a parte que alberga partes móveis e que está situada mais em baixo no seu motor. Caso esteja danificada, poderá ter algumas fugas, e o óleo poderá escoar para outros lugares, nomeadamente componentes que utilizem o sistema de refrigeração, e isto poderá fazer com que os dois elementos se misturem.

4. Temperaturas excessivamente altas

Isto poderá acontecer sobretudo nos motores a diesel. Quando um motor sobreaquece, a junta da colaça é um dos componentes mais fustigados, e com o passar do tempo tende a quebrar ou a perder as suas capacidades de funcionar na perfeição e, como tal, sobretudo se percorre muitos quilómetros entre trânsito nas cidades, a junta da colaça do motor pode quebrar e permitir que óleo e água se misturem.

5. Passar sobre poças de água

Quando um carro passa sobre poças de água, por vezes essa água pode entrar para a cobertura do motor ou outras partes mais expostas do motor, que farão com que água entre no circuito do óleo, ou vice versa. Isto também poderá acontecer por água que entre pelo tubo de escape, sobretudo se estiver a acelerar enquanto passar sobre estas poças.

Óleo no reservatório de água: o que fazer?

Na verdade, não há muito que possa fazer que salve o seu carro de uma visita ao mecânico. No entanto, o E-Konomista vai dizer-lhe alguns procedimentos que pode e deve fazer caso detete que óleo no reservatório de água do radiador e que poderão salvar-lhe alguns euros na conta da oficina:

1. A forma mais fácil de detetar que tem óleo no reservatório de água é através da temperatura do motor. O funcionamento ideal será sempre por volta do 90 ºC. Caso note que a temperatura está mais alta do que isto, deve parar imediatamente o seu carro, desligado o motor.

2. Caso esteja perto de um mecânico, deverá deixar o carro descer a temperatura e poderá adicionar mais água ou líquido refrigerante no sistema de refrigeração. Isto permitir-lhe-á fazer de seguida uma viagem curta até ao mecânico sem que haja o risco de sobreaquecimento e que o seu motor cole. Caso não lhe seja possível fazer isto, deve chamar o reboque para levar o carro para a oficina.

3. Caso o problema seja detetado a tempo e a falha não seja grave, apenas uma mudança de óleo e filtros poderão resolver o seu problema. Caso o problema seja mais severo, provavelmente o seu motor terá que ser desmontado e alguns componentes precisarão de ser mudados.

Veja também