Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Luana Freire
Luana Freire
10 Set, 2018 - 14:42

5 personalidades dos cães: como escolher o seu melhor amigo

Luana Freire

Há 5 grandes personalidades dos cães e, para quem quer levar um para casa, conhecê-las é fundamental. Sabe como escolher o cão ideal para si?

5 personalidades dos cães: como escolher o seu melhor amigo

Sim, o assunto é sério e pode acreditar: o temperamento do animal diz muito sobre o seu comportamento. É o seu temperamento, aliás, que vai definir como o cão reage aos estímulos à volta e, tão importante quanto isso, se vai conseguir adaptar-se ao novo lar. Descubra aqui os 5 tipos de personalidades dos cães e saiba como escolher o amigo ideal para ter em casa, de acordo com a sua própria personalidade. Sim, leu bem: na altura de levar o amigo peludo para casa, os temperamentos do dono e do cão devem, idealmente, ser compatíveis.

As personalidades dos cães permitem-nos saber com antecedência se o animal vai ter, ou não, empatia com o dono, desenvolvendo ou não uma relação de cooperação e complementaridade. Ou seja, cães e donos com personalidades compatíveis vão ter, em regra geral, uma relação mais satisfatória e tranquila.

As 5 personalidades de cães e o que as define

Os especialista em comportamento animal afirmam que existem 5 tipos de temperamento comuns nos cães. Esses comportamentos não são estanque – ou seja, podem co-existir no comportamento animal – , mas haverá sempre um dos tipos que é o dominante e que, portanto, vai definir a personalidade do animal.

O primeiro dado a reter é que a carga genética vai definir, em grande parte, a personalidade do cão. No entanto, há medidas que podem ‘moldar’ os comportamentos do animal, ajudando-o a controlar determinados impulsos. O treinamento de cães é uma delas.

Tipo #1. O agressivo

personalidades dos cães

O agressivo, por natureza, é o cão conhecido como impulsivo e valente. Bons exemplos de cães com personalidade agressiva são o pastor alemão, o doberman e o rottweiler. É importante, quando lida com um desses animais, perceber que o cão não aprendeu a ser assim. O comportamento é, antes e pelo contrário, da sua própria natureza e resulta da sua genética, não sendo, de todo, uma conduta aprendida.

Um fator importante a ter em conta é que os cães com personalidade agressiva são muito dominantes e, por isso, precisam ter donos com personalidade forte, que lhe façam frente e mostrem quem manda. É necessário impor-se diante desses cães, caso contrário, são eles que assumem o comando da situação.

Isso mostra que, apesar de ser um comportamento natural, é possível educar um cão agressivo, suavizando a sua conduta e reforçando uma conduta positiva. Tudo isso depende do dono e so seu ambiente: em que condições vive o cão? Como é tratado? Que outros animais tem à volta? O cão pratica atividade física regular para reduzir a sua carga de agressividade? Estas são perguntas-chave que todo o dono de cão agressivo deve fazer-se frequentemente antes de queixar-se das atitudes do animal.

Tipo #2. O tímido

personalidades dos caes

Ao contrário de todas as outras personalidades dos cães, esta não acontece apenas como uma consequência genética. A timidez nos cães pode mesmo ser ser um reflexo de alguma situação. Isso quer dizer que, ainda que haja uma predisposição genética, um cão pode assumir uma personalidade tímida depois de sofrer algum trauma ou de não socializar. É um tipo de personalidade bastante comum em animais que foram maltratados ou que tenham convivido pouco com pessoas. Cães que vivem com outros cães de personalidade dominante também podem desenvolver um comportamento tímido.

Tipo #3. O passivo-agressivo

personalidade dos caes

Imagine que tem um cão calmo e amigável, tranquilo no convívio, um verdadeiro ‘come e dorme’. No entanto, este mesmo cão reage impulsivamente a qualquer situação em que se sente assustado. É provável que esteja diante de um cão com comportamento passivo-agressivo. Como diferenciá-lo de um cão tímido? O cão tímido resguarda-se em situações deste género, enquanto o passivo-agressivo predispõe-se à ação. A agressividade, para esses cães, é a única forma de colocar um fim no seu medo.

O mais curioso é que este tipo de comportamento pode ser a consequência genética de uma má escolha no cruzamento de cães de diferentes personalidade. Ou seja, é portanto fruto de um erro bastante comum cometido entre criadores mais inexperientes.

personalidades dos caes

Sim, a sociabilidade nos cães pode mesmo ser hereditária. Sabia que, em grande parte, os cães mais amistosos são assim devido a sua raça? São afáveis e dóceis para pessoas e outros animais, sendo a escolha perfeita para animais de companhia de crianças e idosos.

Beagle, caniche, buldogue inglês e francês, boxer, pug, collie e labrador são bons exemplos de cães que gostam de socializar por natureza.

Tipo #5. O independente

personalidade dos caes

O cão com personalidade independente não é muito chegado a demonstrações de afeto e mostra-se um tanto desprendido dos cuidados do seu dono. São, portanto, algo desinteressados no que diz respeito à convivência, com donos e com outros animais, não necessitando de tanto carinho e atenção. Em geral, o cão independente só procura o dono para uma dose de miminhos e brincadeiras quando precisa de algo. E o que fazem no tempo restante? Levam uma vida solitária (e adoram).

Pode até parecer que estamos a descrever a personalidade dos gatos, mas a verdade é que, ainda que raros, esses cães independentes existem mesmo. Há, até, donos que os preferem exatamente assim.

São cães perfeitos para donos que viajam com regularidade ou passam grande parte do dia longe de casa.

Basset Hound, Schnauzer, Shih-Tzu, Lhasa Apso são boas escolhas de cães com temperamento independente.

10 curiosidades sobre cães que não vai querer perder

  • Cães de porte grande: 10 raças a conhecer
  • Doenças dos cães: conheça os sintomas e o tratamento das mais comuns
  • 9 alimentos que os cães não podem mesmo comer
  • Afinal, porque é que os cães abanam a cauda?