Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
12 Mai, 2020 - 10:45

10 vegetais perenes que planta uma vez e colhe para sempre

Teresa Campos

Imagine o que é plantar um legume e poder colher o resultado desse cultivo ano após ano após ano… Chamam-se vegetais perenes e são um sucesso!

mulher a plantar vegetais perenes

Os vegetais perenes oferecem aquilo de que todos gostamos: um reduzido esforço/investimento vs um elevado lucro/rendimento. A somar a isso, estes legumes ainda são mais nutritivos, de crescimento rápido, mais benéficos para o ambiente e menos dependentes de água e outras substâncias. Só vantagens, certo? Então, conheça mais vantagens dos vegetais perenes.

Principais vantagens dos vegetais perenes

Fácil manutenção

Os vegetais perenes são ideais para os cultivadores amadores. Isto, porque estes legumes são bastante “autónomos” e não precisam da plantação anual, podendo ficar no solo para a estação seguinte. Além disso, eles oferecem colheitas nutritivas, abundantes e prósperas ao longo das estações, desde que o seus cultivo seja bem realizado.

É como se fossem quase “indestrutíveis”. Estes vegetais são, tradicionalmente, mais resistentes a pestes, ervas daninhas e doenças. Alguns deles são tão férteis que é necessário estar constantemente a colhê-los.

Maior época de colheita

Se estes vegetais forem plantados logo no início da estação de crescimento do legume, é provável que, logo nesse ano, já consiga obter uma colheita dessa plantação.

Múltiplos usos

Além destes vegetais servirem de alimento, eles também servir de plantas ornamentais, cercas, solos,  barreiras de erosão. Alguns destes legumes fixam nitrogénio no solo, tornando-os excelentes fertilizantes para eles e para as plantas “vizinhas”.

Outros ainda funcionam de habitat para espécies benéficas como insetos ou polinizadores. Finalmente, alguns podem desenvolver-se em torno de treliças e oferecer sombra a outras plantações que beneficiem dela.

Melhoria do solo

Certos vegetais perenes melhoram a qualidade do solo para si e para as plantas em redor. Quando bem adubados, estes legumes melhoram a estrutura do solo, a sua matéria orgânica, porosidade e capacidade de reter água. Assim, eles também ajudam a fazer um bom solo.

Lentamente, à medida que as folhas e as raízes das plantas se decompõem, mais matéria orgânica é adicionada ao solo. Enquanto a planta amadurece, ela ajuda a construir a superfície do solo e a captar carbono.

Perene – Anual

Alguns vegetais perenes crescem todo o ano, pois são fáceis de tratar. Por exemplo, as batatas são tecnicamente perenes. Porém, muitas vezes, elas são semeadas anualmente, porque as pestes e as doenças exigem a rotação do cultivo.

Por outro lado, algumas plantas, vistas como anuais, são mesmo perenes (ou bienais), como a couve.

vegetais perenes são saudáveis

10 vegetais perenes que vai querer plantar

Espargos

Se nunca teve espargos no seu jardim, certamente vai querer experimentar. Sim, eles requerem alguma paciência, pois podem demorar 3 anos a enraízar devidamente. Porém, pode acelerar o processo, comprando sementes com 2 anos.

Assim, já consegue colher alguns espargos na primeira fase de crescimento dos legumes. Ao plantar, selecione um local com sol e cubra as raízes com terra.

Ruibarbo

Esta planta é ótima em muffins e sumo. Mas atenção para não comer as folhas: são venenosas. Este vegetal privilegia a luz solar e temperaturas de 4ºC (no inverno) e 24Cº (no verão). Plante este vegetal no início da primavera, assim que o solo possa ser cultivado, ou no outono.  

Couve

A couve é, normalmente, um vegetal anual, embora atualmente tenha um ciclo de vida bienal que demora dois anos, lá está, a ficar completo. No primeiro ano, a couve produz uma grande abundância de folhas, mesmo durante o inverno.

Mesmo nas zonas mais frias, a couve consegue sobreviver, se estiver bem adubada e protegida. Na primavera, no seu segundo ano, a couve ganha flores amarelas. Assim que as flores morrem, elas deixam sementes que pode quebrar e semear para cultivar novas couves. Por isso, deixar as couves ganhar flor é bastante importante e vantajoso.

As couves pode ser facilmente plantadas da primavera ao verão. Elas não precisam de muita luz e devem ser regadas regularmente, mas sem exagero.

Alho

O alho precisa de uma localização soalheira para crescer e de um mínimo de 6 horas de exposição solar por dia. Normalmente, este vegetal é plantado no outono, em regiões com um inverno frio, pois ele precisa de, pelo menos, 1 mês de temperaturas bem geladas para crescer adequadamente.

Em regiões frias, mas com pouca neve, faça a plantação na primavera, assim que o sol o permita. Se não reunir estas condições, pode começar a plantação dentro de casa, em vasos individuais que, depois, podem ser colocados no exterior, num lugar protegido, para receber o frio necessário. Depois, pode transplantá-los na primavera.

O comportamento do alho é semelhante ao da couve – bienal -, embora seja um vegetal perene, cujos novos bulbos voltam a crescer, no ano seguinte.

Chicória

A chicória cresce muito facilmente. Pode ser plantada na primavera ou no outono, semeada diretamente ou plantada e transplantada no início de abril. Se colher no verão, a chicória terá um sabor algo amargo; já no outono ou no inverno, o seu sabor é mais suave e doce.

Se a “cabeça” da planta for cortada da haste, pode nascer outra. Como é resistente ao frio, a chicória pode florescer ao longo de todo o inverno.

Dicas do que plantar numa horta vertical exterior ou interior
Veja também Dicas do que plantar numa horta vertical exterior ou interior

Rábano-silvestre

Este é o vegetal indicado para quem gosta de alimentos picantes. A sua grande raíz é a parte consumível da planta e tem um aroma forte e picante, conhecido por conseguir descongestionar o nariz entupido.

Como cresce facilmente, esta planta pode tornar-se invasiva, especialmente num jardim. Por isso, deve plantá-la numa área isolada ou num recipiente largo e espaçoso. Coloque as raízes a 5 cm de profundidade e o bulbo sob a superfície do solo. Quanto mais adubar e regar, maiores e mais grossas ficarão as raízes.

Faça a colheita no final do outono, deixando algumas pequenais raízes, para que elas voltem a nascer na primavera seguinte.

Alcachofras

Estas plantas são grandes e, também, ornamentais, pois produzem bonitas flores roxas, se as deixar florescer. Elas exigem consistência e muita humidade para crescerem bem. Sobrevivem a uma seca, mas não desenvolvem tanto sem água.

Pode plantar este vegetal em semente (método não tão produtivo) ou em raíz, criando filas de raízes separadas de 9 em 9 centímetros. Para melhores resultados, remexa o solo em torno das plantas todas as primaveras, com 2,5cm a 5cm de composto.

No outono, volte a cortar a planta e cubra-a com cerca de 15cm de palha. Proceda a colheita na primavera e, numa segunda fase, no outono.

Cebolinho

O cebolinho é um dos vegetais perenes mais fáceis e úteis de plantar. As suas plantas assemelham-se a longas lâminas de relva e tornam-se muito atrativas quando crescem.  São ótimos vegetais para plantar em apartamentos, dentro de casa, colocados numa janela que receba muita luz solar. Ah, e até as flores do cebolinho são comestíveis!

Pode começar a plantá-lo em sementes, em vasos, na primavera e, depois, transplantá-lo para o exterior, nos meses de maio/junho. Pode colher o cebolinho quando ele tiver cerca de 10cm, antes das flores surgirem. Se o deixar florir, essas flores vão deixar cair novas sementes e, assim, a sua planta irá regressar na primavera seguinte com o dobro do tamanho.

temperos plantados em terra

Agrião

Esta é uma planta com pequenas folhas em forma de coração, de sabor apimentado, e ótima para quem sofre de problemas respiratórios. O agrião adora água e, por isso, é muito encontrada junto a riachos e lagoas. Por isso, este vegetal deve estar sempre húmido. Assim, deve colocá-lo junto a terrenos ou a fontes ricas em água.

Além disso, é importante regar periodicamente o agrião com água fresca. Entre março e abril, pode semear as sementes desta planta num vaso e, anualmente, renovar esta plantação.

Amoras

Todos os arbustos de amoras são perenes. Quanto mais fresco for o ambiente, melhor. Independentemente do tipo de bagas (mirtilos, morangos, framboesas, groselhas), terá sempre uma colheita bem farta, após alguns anos de plantação.

Para os mirtilos, é necessária uma quantidade adequada de água; uma temperatura que não pode ser muito elevada; e um solo que tem de ser algo ácido (pH 4). Assim, no momento de plantar os mirtilos, deve substituir o solo por uma mistura de 50% de musgo de turfa e 50% de composto.

O processo das framboesas é semelhante. Elas preferem um solo bem drenado, rico em nutrientes e ligeiramente ácido.

Veja também