ebook
GUIA DO IRS
Patrocinado por Reorganiza
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
27 Mar, 2022 - 18:32

4 plantas fáceis de propagar

Catarina Milheiro

Dê um novo ar aos vasos que tem por casa. Conheça as condições de cultivo e as espécies de plantas fáceis de propagar.

plantas-mais-faceis-de-propagar

Os meses menos quentes do ano são ideais para aproveitar para dividir algumas das suas plantas. Mas a grande questão com que, muito provavelmente, se depara é: quais são afinal, as plantas fáceis de propagar?

Existem várias, sendo que umas são relativamente mais simples do que outras. No entanto, independentemente do tipo de planta em questão, o importante é saber que esta é uma forma simples e barata para ter mais plantas em casa ou no escritório.

Além disto, quando opta por propagar as plantas desta forma, está a garantir a obtenção de plantas bastante parecidas com a planta mãe. Por isso, se for este o seu objetivo fique connosco e saiba tudo sobre o assunto.

4 plantas fáceis de propagar: condições de cultivo

Se também tem várias espécies espalhadas pela casa e gostava de as reproduzir, é importante que conheça quais são as plantas fáceis de propagar e as condições de cultivo associadas a cada uma delas.

No momento em que tratar da divisão das plantas, certifique-se de que estas estão em boas condições, para que as novas plantas sejam igualmente saudáveis e resistentes.

Além disto, saiba que as plantas não devem estar a florir quando são divididas. Desta forma, garante que todo o processo de propagação correrá bem.

1.

Espada-de-são-jorge

Espada-de-sao-Jorge-Sansevieria-trifasciata

Uma das plantas fáceis de propagar é a Espada-de-são-jorge – uma espécie oriunda de África, que consoante a variedade pode mesmo atingir entre 30 centímetros a 1,5 metros de altura.

Trata-se de uma planta muito fácil de cultivar em qualquer tipo de ambiente: no terraço, em casa ou na varanda até. Para além disto, a sua grande vantagem é purificar o ar, contribuindo assim para que o ar em sua casa seja mais puro e mais limpo.

Há quem diga que esta planta atrai a sorte e dinheiro e que combate o mau-olhado. Por isso, não há nada como experimentar ter mais do que uma em casa.

Se o seu objetivo for propagá-la, saiba que esta planta se dá bem em qualquer tipo de substrato, desde que bem drenado e gosta de zonas com sol ou meia-sombra.

Relativamente à sua divisão, pode optar por 3 formas diferentes:

  • Pode dividir a planta por tufos;
  • Por folhas;
  • Ou pode ainda dividir uma folha em várias partes, tendo sempre o cuidado de manter um pedaço da raiz.

Em qualquer um dos processos de cultivo, plante cada uma das partes da planta num vaso ou num canteiro, garantindo que ficam fixas e direitas. Depois, basta manter o substrato sempre húmido sem encharcar, até que enraízem.

2. Planta-chinesa-do-dinheiro

Planta-chinesa-do-dinheiro-pilea

Esta é talvez uma das plantas mais trendy do momento e, por isso mesmo, é normal que a tenha em sua casa.

O nome está relacionado com o facto de a China acreditar que esta planta traz dinheiro e sorte, sendo que é bastante comprada na altura do ano novo chinês.

É utilizada como planta de interior e não gosta de sol direto. No entanto, precisa de muitas horas de luz. Além disto, é bastante resistente ao frio e necessita de substratos bem drenados.

Em relação à sua propagação, devem separar-se os rebentos da planta mãe, usando as mãos ou uma tesoura de poda caso seja preciso. Tenha atenção para que cada um dos rebentos tenha um pouco de raiz.

No final, basta plantar cada um deles num vaso e manter o substrato sempre húmido até a planta enraizar.

3. Alegria-do-lar

planta-alegria-do-lar

Desde que as temperaturas não sejam muito baixas, esta é uma planta que pode estar em floração o ano todo. A alegria-do-lar pode ser cultivada no exterior ou no interior, em vasos, canteiros ou floreiras suspensas até.

Trata-se de uma planta que precisa de zonas com meia-sombra e substratos húmidos, ricos em matéria orgânica e bem drenados. Além disto, é importante serem fertilizadas pelo menos 2 vezes por ano – na primavera e no outono.

Quanto à sua propagação, pode ser feita por estacas de ramos ou por caules. Basta cortar pedaços de ramos sempre com entrenós e colocá-los de seguida num substrato, deixando sempre os entrenós em contacto com o solo.

Passado algum tempo, estes vão enraizar e facilmente darão origem a uma nova planta.

4. Aloé vera

plantas para ter no quarto aloe vera

Outra das plantas fáceis de propagar é o aloé. Trata-se de uma cactácea muito fácil de cultivar, quer seja dentro de casa, no jardim, na varanda ou no terraço.

Sabia que o gel extraído desta planta tem propriedades medicinais e benefícios para a saúde? Experimente cultivá-la em sua casa e divida-a por vasos, é bastante simples.

Por ser uma planta que gosta de zonas com temperaturas altas e por precisar de sol direto, não aguenta temperaturas inferiores a 4ºC. Por isso, se na sua varanda faz demasiado frio talvez não seja o melhor local durante o inverno.

Relativamente à sua propagação, é muito simples. Esteja atento às pequenas plantinhas que vão saindo da raiz da planta mãe. Assim que estas plantas tiverem entre 5 a 6 cm de altura, podem ser separadas e plantadas separadamente.

Para o fazer, cada rebento deve ter pelo menos 3 folhas (para que seja possível enraizar e sobreviver). Mas tenha atenção: para retirar os rebentos à planta mãe, deve cavar um pouco para soltar as plantas e fazer um corte limpo para os poder retirar em segurança.

Por fim, basta regar o substrato sem encharcar, para permitir que a planta cresça bonita e saudável.

Veja também