ebook
GUIA DO IRS
Patrocinado por Reorganiza
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
29 Set, 2021 - 08:20

12 dicas para poupar dinheiro ao mudar de casa

Mónica Carvalho

Será que é possível poupar dinheiro ao mudar de casa? Temos várias dicas que vão provar que sim.

poupar dinheiro ao mudar de casa

Todas as dicas poupar dinheiro ao mudar de casa são bem-vindas, certo? Afinal, seja porque vai comprar casa ou arrendar outra, ou sair de casa dos pais, há outros gastos e investimentos que lhe vão roubar uma grande fatia do orçamento familiar.

É certo que algumas dessas despesas são contornáveis, outras nem por isso, mas para poupar dinheiro ao mudar de casa temos algumas dicas muito eficazes.

Poupar dinheiro ao mudar de casa : 12 ideias eficazes para colocar em prática

Poderá não gostar de algumas destas sugestões, todavia, se o objetivo é poupar dinheiro, então, há que fazer um esforço extra. Vai valer a pena, por isso, tome nota!

mudar de casa
1

Organize antecipadamente

Não é por acaso que esta é a primeira de todas as dicas: organize todas as ações num calendário para fazer o que fazer e quando o fazer. Isto vai ajudar a evitar imprevistos e permitir-lhe-á antecipar inúmeros cenários.

2

Faça listas

Uma sugestão importante para poupar tanto tempo como dinheiro na mudança de casa é fazer listas, divisão a divisão: o que vai levar, o que vai doar, o que vai para o lixo e o que deseja vender.

3

Faça sozinho

Pode contactar uma imobiliária para que o ajude a encontrar a casa dos seus sonhos dentro do seu orçamento, porém, saiba que esta opção inclui uma ligeira inflação no preço, seja para compra ou arrendamento, a não ser que o imóvel já faça parte do portefólio da empresa. Se, em vez disso, pesquisar em páginas como o Sapo Imóveis, Imovirtual ou ou Idealista, por exemplo, ou procurar chegar à fala com o proprietário do imóvel, pode poupar entre 4% a 5% no valor da compra.

De igual modo, ao invés de contratar uma empresa para fazer a mudança, peça a ajuda de amigos e familiares. Assim irá poupar uns bons euros.

4

Negoceie a mudança

Neste caso, falamos especificamente para aqueles que vão mudar de casa por motivos profissionais. Se foi colocado numa outra cidade pela sua empresa, negoceie essa mudança com os seus superiores. O pior que lhe pode acontecer é receber um “não” mas também é possível que lhe cedam alojamento ou, pelo menos, assegurem uma parte dos custos.

5

Venda o que não necessita

A mudança de casa é o momento perfeito para começar a destralhar. Afinal, ao longo da vida acumulámos muita coisa que, verdade seja dita, nem sempre é fundamental. Se está a precisar de poupar dinheiro ao mudar de casa, faça uma limpeza nos seus armários para perceber aquilo que não precisa levar consigo e que está em bom estado para vender. Não só ganha dinheiro como pode poupar em transportadoras e bagagens já que menos peso e menos malas é igual a uma fatura mais leve.

6

Corte nos serviços

Não faz sentido continuar a pagar contas que não são essenciais para a sua sobrevivência nos últimos tempos antes da mudança até porque, ao deixar tudo para a última, pode esquecer-se de cancelar alguns serviços. Antes de mudar de casa, corte nos serviços que possam ser supérfluos, nomeadamente, televisão, internet e telefone. Mantenha o telemóvel e o pacote de dados para se manter conectado e atualizado.

7

Não gaste dinheiro em caixas

Sabemos que é muito mais bonito e organizado ter caixas todas iguais para empacotar as suas coisas, porém, é um luxo que deve evitar para poupar dinheiro ao mudar de casa. Fale com amigos, vizinhos e familiares que, por certo, têm várias caixas e cestos que lhe podem ceder. Vá aos supermercados mais perto, que também lhe podem ceder algumas caixas. Reaproveite as revistas e jornais espalhados lá por casa para embrulhar os objetos mais frágeis e pode também usar as malas de viagem para fazer o transporte desses mesmos objetos.

8

Use o que tem

Reutilize o que já tem em casa para embalar peças mais delicadas, como copos ou equipamento tecnológico, por exemplo. Revistas, jornais, sacos do supermercado ou toalhas, panos e lençóis são ótimas soluções para embalar as coisas e não implicam quaisquer custos extra. Se não tem nada disto, por certo algum familiar ou amigo terá a mais.

9

Faça você mesmo a limpeza

Se vai mudar para uma casa que sofreu obras, pode ser assustador pensar em todos aqueles vidros e loiças sanitárias para limpar. Mas, a sério, não se trata de ciência quântica e qualquer pessoa é capaz de se livrar de um pouco de pó.

Abra as janelas para arejar a casa e limpe uma divisão de cada vez, ou seja, com calma, para ficar tudo devidamente limpo. E vai ver que não só é simples como fica pronto mais cedo do que imagina.

10

Peça ajuda

Se a distância for relativamente pequena, peça ajuda a familiares e amigos. Assim escusa de contratar uma empresa de mudanças ou alguém para lhe limpar a casa. No final, será mais um momento de convívio entre todos e, depois, paga-lhes o favor com um jantar que é só mais uma desculpa para juntar aqueles de quem mais gosta.

11

Compre usado

Se está a precisar de alguma mobília, em páginas como o OLX, o Custo Justo, em grupos no Facebook ou em feiras semanais ou de usados é muito possível que encontra exatamente o que procura a um preço muito mais simpático. E se as coisas estão a precisar de alguma reparação, nada que uma lixa e um pouco de tinta ou verniz não resolvam. Não tenha pressa em decorar, porque assim terá uma casa poupada e muito mais personalizada.

12

Atualize os contactos

Agora que já se encontra na casa nova, há algumas burocracias com que deve lidar, nomeadamente a atualização de morada junto da Autoridade Tributária, Segurança Social, na carta de condução, no local de trabalho, nas assinaturas mensais (ginásio, subscrição de jornais e revistas…), nas entidades bancárias onde tem conta, bem como nas agências de seguros.

Veja também