Inês Pereira
Inês Pereira
09 Mai, 2018 - 10:39
As 10 principais causas de morte em Portugal

As 10 principais causas de morte em Portugal

Inês Pereira

Em 2017, morreram 109.586 portugueses. Será que se morre mais por doença, acidente ou suicídio? Saiba quais as principais causas de morte em Portugal.

O artigo continua após o anúncio

A morte é um tema do qual as pessoas parecem fugir a sete pés. Porém, a verdade é que é inevitável e todos os dias somos bombardeados com notícias sobre óbitos relacionados com todo o tipo de eventos, desde problemas de saúde a acidentes com desfechos dramáticos.

Por isso mesmo, a base de dados Pordata, que reúne todo o tipo de informações estatísticas sobre o país e a Europa, divulgou a lista das principais causas de morte em Portugal. Fique a saber quais são e previna-se.

Quais são as principais causas de morte em Portugal?

principais-causas-de-morte-em-Portugal

Em Portugal, o número de óbitos diários excede o número de nascimentos. Os motivos são variados, mas a Pordata assinalou o Dia Mundial da Saúde com a divulgação de vários dados estatísticos, entre os quais as principais causas de morte em Portugal.

VIH/Sida

A sida é a culpada de 4 em cada 1000 mortes em Portugal. Esta doença sexualmente transmissível enfraquece o sistema imunitário do doente, deixando-o debilitado e suscetível a contrair diversas doenças que podem ser fatais.

A utilização de preservativo durante a relação sexual é, por isso, fulcral. Deve também procurar realizar análises médicas com o seu parceiro para garantir que nenhum é portador do vírus.

Tuberculose

Da lista de 10 principais causas de morte em Portugal, a tuberculose é a que provoca menos vítimas. Segundo dados do Pordata, em 2015 cerca de 209 pessoas morreram devido a esta doença infeciosa. Apesar de a tuberculose ter cura, por vezes, verifica-se a resistência da bactéria aos tratamentos.

Suicídio

Infelizmente, o suicídio é um problema muito presente na nossa sociedade. Verifica-se que 12 em cada 1000 mortes acontecem por suicídio. Caso não se sinta bem psicologicamente ou conheça alguém que precise de ajuda, não hesite em entrar em contacto com uma linha de apoio ou em procurar auxílio junto de um especialista.

Envenenamento, acidente ou violência

A verdade é que 34 em cada 1000 mortes anuais ocorrem devido a um destes problemas. Neste dado estatístico estão contabilizados os casos de envenenamento acidental, de violência doméstica fatal e acidentes de viação, de trabalho ou que ocorrem em casa.

O artigo continua após o anúncio

Diabetes

Estima-se que cerca de 1 milhão de portugueses enfrentem esta doença, com maior incidência na população masculina. Assim, não parece estranho que esta seja uma das principais causas de morte em Portugal: por cada 1000 mortes, 41 acontecem devido à diabetes.

Cancro

O cenário é assustador: cerca de 25% do total de mortes é provocado pelo cancro. À semelhança do que acontece um pouco por todo o ocidente, esta é uma das principais causas de morte em Portugal, sendo que os cancros mais frequentes são os do pulmão, do cólon, da mama, do estômago e da próstata.

Infeções e parasitas

As doenças infeciosas e parasitárias são responsáveis por 15 em cada 1000 mortes. Destes problemas, causados por bactérias, parasitas, fungos e vírus, fazem parte doenças como a hepatite, o tétano ou a gripe.

Doenças do aparelho respiratório

Cerca de 12 mortes em cada 100 por ano são causadas por doenças que afetam o aparelho respiratório. Alguns exemplos são a pneumonia, a asma, a bronquite e o enfisema pulmonar. O melhor mesmo é evitar ambientes muito poluídos, uma vez que aumentam o risco de enfrentar um destes problemas.

Doenças do aparelho circulatório

Desde ataques cardíacos a aneurismas, passando por insuficiência cardíaca, embolias e doenças nas veias: os problemas no aparelho circulatório provocam mais de 300 mortes em cada 1000. Esta é, sem dúvida, uma das principais causas de morte em Portugal, pelo que deve ter cuidado com a sua alimentação e evitar o sal em excesso e o tabaco, por exemplo.

Doenças do aparelho digestivo

Pode parecer estranho, mas esta é mesmo uma das principais causas de morte em Portugal. Em cada 1000 mortes por ano, cerca de 50 são provocadas por doenças relacionadas com o aparelho digestivo, como a gastroenterite, a pancreatite aguda e a doença de Crohn.

Veja também:

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp