Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Inês Silva
Inês Silva
14 Set, 2020 - 11:41

Procurar emprego em tempos de crise: saiba como

Inês Silva

Pode parecer difícil procurar emprego em tempos de crise, mas é possível contornar as dificuldades. Conheça as nossas dicas.

mulher em entrevista depois de procurar emprego em tempos de crise

A COVID-19 está para durar e com a pandemia, para o bem e para o mal, vieram várias alterações ao atual mercado de trabalho. No entanto, ainda que possa ser complicado procurar emprego em tempos de crise, há formas de melhorar a sua técnica de procura e encontrar trabalho com sucesso. Continue a ler e saiba quais as nossas dicas.

É uma realidade, procurar emprego em tempos de crise é um desafio, as regras da procura mudaram e, com o desemprego a afetar alguns sectores da economia, as vagas também começam a escassear. No entanto, também é verdade que a pandemia está a dar origem a novas oportunidades de trabalho que vão surgindo pela necessidade de reinvenção da sociedade nas mais diversas esferas.

Com as novas oportunidades a surgir, encontrar um novo emprego exige toda uma panóplia de técnicas que incluam um elemento de determinação forte e preparação para lidar com os possíveis insucessos. Se está, atualmente, à procura de emprego, conheça as dicas que reunimos para apurar a sua técnica.

5 dicas práticas para procurar emprego em tempos de crise

pessoa a preencher documentos de candidatura a um emprego em tempos de pandemia

Antes de começar, prepare-se

Reflita sobre o que quer e que rumo pretende dar à sua carreira profissional. Posto isto, atualize o seu currículo, pois lembre-se que é preciso adaptar o seu currículo às vagas a que está pensar candidatar-se. Dar ênfase às suas melhores competências é mais importante do que a descrição de funções.

Para que a sua candidatura se destaque, também é importante que dedique algum tempo a escrever uma carta de apresentação sempre que se candidatar a uma oferta. Pense nos problemas que a empresa está a enfrentar e explique como pode ser a solução ideal para os resolver.

Não se esqueça de atualizar o seu LinkedIn, esta é uma ferramenta poderosa no processo de procura de emprego. Destaque estrategicamente as suas melhores capacidades e competências e demonstre que está procura de novo desafio profissional, desta forma vai aumentar as possibilidades de conseguir emprego.

Manter-se ativo no LinkedIn, e até no Facebook, pode levá-lo a oportunidades de emprego imprevistas que nunca encontraria num jornal ou num website de recrutamento.

Ao procurar emprego em tempos de crise, mencionar que tem experiência em teletrabalho pode ser uma mais-valia. Mas só o faça se for mesmo verdade.

Pesquise as suas empresas de interesse

Das primeiras coisas a ter em atenção é o facto de nem todas as empresas e funções estão a ser afetadas da mesma forma. Fique atento às notícias sobre as empresas que lhe interessam, positivas ou negativas, saiba se estão a contratar ou a despedir.

Desde os pedidos de layoff simplificado a outras medidas estabelecidas pelo Governo, as empresas têm de respondido de várias formas a esta pandemia.

Empresas dos setores de Turismo, Retalho, exceto supermercados, e Restauração foram das mais afetadas, mas, por outro lado, existem diversas empresas a recrutar nos setores de Apoio ao Cliente, Call Centers, Telecomunicações, Atividades de Saúde e Apoio Social, etc.

Cultive o networking

Formações, cursos, conferências e workshops, ainda que online, continuam a acontecer. Aproveite estas oportunidades de networking e de melhoria de competências profissionais para procurar emprego em tempos de crise.

Certifique-se sempre do horário do evento para ter a certeza que vai poder participar e confirme que tem, tecnologicamente falando, tudo o que é preciso para participar.

Mantenha a mente aberta e flexível sobre a possibilidade de participar em feiras virtuais de emprego.

Prepare com antecedência o “cenário”. Deve ser um local clean e bem iluminado, caso surja a oportunidade de falar por videoconferência com alguém que está a recrutar e causar assim uma boa primeira impressão.

Pratique, também, o contacto visual virtual para criar uma ligação com a pessoa do outro lado. Por mais estranho que possa parecer, responder olhando diretamente para a webcam pode transmitir algumas informações não verbais que tradicionalmente se perdem na comunicação digital.

Deixamos aqui alguns sites onde poderá encontrar formação online:

Explore as ofertas de teletrabalho

Já há empresas a publicar ofertas de emprego com esta característica, algumas em regime freelancer e outras não.

Os portais de emprego são ótimas plataformas para o ajudar a procurar um emprego nesta modalidade de trabalho, basta pegar no seu computador e começar a pesquisar.

Deixamos aqui alguns sites de emprego para começar a sua procura:

Mantenha a calma e seja compreensivo

Procurar emprego em tempos de crise não é fácil, a COVID-19 teve um grande impacto e implicou várias mudanças na rotina de todos, incluindo empresas e mercado de trabalho.

Se não conseguir notícias logo após a sua candidatura como gostaria, seja paciente e compreensivo com a empresa e os recrutadores. O processo de recrutamento pode ser mais longo e diferente do que o “antigo normal”, mas vai acontecer.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].