Ana Luísa Machado
Ana Luísa Machado
30 Abr, 2018 - 11:30

Referências profissionais: tudo o que deve saber

Ana Luísa Machado

Num mercado de trabalho feroz saiba como se diferenciar dos demais. Saiba quais as referências profissionais fundamentais num processo de recrutamento.

Referências profissionais: tudo o que deve saber
O artigo continua após o anúncio

Atualmente, incluir as referências profissionais no Curriculum Vitae (CV) caiu em desuso. Porém, é importante que esteja preparado e munido das melhores referências durante um processo de seleção para que as possa usar como trunfo na sua candidatura.

A importância das referências profissionais

referencias-profissionais

Se está à procura de emprego, é fundamental que saiba reunir com antecedência as melhores referências profissionais. O recrutador pode querer conhecer melhor o seu perfil profissional e solicitar mais informações sobre a sua dinâmica de trabalho através de referências.

Para isso, deverá escolher as pessoas que conseguem transmitir da forma clara e objetiva o seu valor profissional.

Através das referências profissionais o recrutador terá acesso a informações relevantes sobre o seu desempenho profissional, os seus métodos de trabalho, as suas mais valias e a sua personalidade. Estes dados tornam-se valiosos pois, além de não os conseguir transmitir num currículo ou numa entrevista de emprego, irão reforçar o seu valor profissional.

Como selecionar as melhores referências

Para usar as referências profissionais como trunfo durante o processo de recrutamento, é importante que saiba como solicitar as melhores.

Nos seus antigos postos de trabalho certamente estabeleceu distintas ligações com inúmeras pessoas como por exemplo, superiores, colegas de equipa ou clientes.

O primeiro passo é conseguir identificar e selecionar as pessoas com quem estabeleceu uma relação mais forte e que poderão transmitir a melhor imagem de si e do seu trabalho.

Posteriormente, deve reunir as suas referências mais fortes e apostar unicamente em qualidade. Uma referência mediana pode comprometer a sua imagem e tornar-se prejudicial para o seu processo de seleção.

O artigo continua após o anúncio

Como pedir referências profissionais

Os pedidos de referências profissionais devem ser solicitados através do telefone ou email.

Deve ter algum cuidado na altura de realizar o seu pedido e não se limitar apenas a perguntar à pessoa em questão se pode dar referências suas. Este tipo de atitude pode levar a que a pessoa aceite de forma contrariada ou que se sinta pressionada pela questão.

Para evitar situações embaraçosas, opte por questionar se a pessoa o conhece o suficiente para dar referências suas e se sentiria confortável em fazê-lo. Esta estratégia deixará a pessoa muito mais receptiva a dar-lhe uma resposta verdadeira e evitará constrangimentos. Assim, além da qualidade conseguirá garantir autenticidade nas suas referências profissionais.

Após receber uma resposta positiva, deve disponibilizar o seu CV devidamente atualizado e dar informações adicionais que considere relevantes para o efeito. Desta forma dará acesso a mais dados sobre o seu percurso e ajudará os outros a falarem de si da forma mais detalhada e completa possível.

Caso considere pertinente e a pessoa esteja recetiva a fazê-lo, deve solicitar uma carta de recomendação, que pode anexar ao seu CV num processo de candidatura. Essa será mais uma estratégia que pode utilizar para se destacar perante os outros candidatos e adicionar valor ao seu perfil profissional.

O que não deve fazer

1. Referências profissionais não autorizadas

Nunca deve indicar uma pessoa como sua referência profissional sem o seu prévio consentimento. Isso pode dar origem a constrangimentos e o resultado não será certamente satisfatório. Para evitar esse tipo de situações estabeleça com antecedência os seus contactos e garanta as autorizações necessárias para o efeito.

2. Não ter referências profissionais para fornecer quando solicitadas pelo recrutador

Quando for a uma entrevista de emprego além de uma cópia do seu CV, deve fazer-se sempre acompanhar da sua lista de referências profissionais e/ou cartas de recomendação. A falta destes elementos poderá comprometer a sua seleção mediante outros candidatos.

3. Referências profissionais desatualizadas

As referências profissionais enquadradas nos últimos cargos ocupados terão um impacto mais positivo para o recrutador. As experiências profissionais estarão mais presentes para as pessoas que o vão referenciar e o testemunho destas agregará um maior valor.

O artigo continua após o anúncio

Além disso, deve certificar-se que mantém a lista dos contactos das suas referências profissionais sempre atualizada.

4. Selecionar referências desadequadas ou fornecer falsas referências

Como referimos anteriormente deve garantir qualidade e autenticidade nas suas escolhas. Exclua referências desajustadas para o cargo em questão e principalmente não indique falsos contactos para se tentar destacar.

Deve procurar as melhores referências profissionais para conseguir impressionar o recrutador e aumentar as hipóteses de ser o candidato selecionado. Seja autêntico e exija qualidade em tudo aquilo que faz, essa é a chave para conquistar bons resultados e alcançar o sucesso profissional.

Veja também: