Isadora Freitas
Isadora Freitas
09 Dez, 2019 - 17:18
Senhora da Graça em Mondim de Basto

Mondim de Basto: viagem aos domínios da Senhora da Graça

Isadora Freitas

Uma vila encimada pelo Santuário da Nossa Senhora da Graça onde história e natureza se entrelaçam. Conheça o roteiro por Mondim de Basto.

O artigo continua após o anúncio

Poisada na margem esquerda do Rio Tâmega, na fronteira entre o Minho e Trás-os-Montes, Mondim de Basto é uma pequena vila e sede de município de origens remotas que o fará viajar no tempo por entre a natureza.

Estendida pela encosta do bonito e verdejante Monte Farinha, a vila é encimada pelo Santuário de Nossa Senhora da Graça, situado a mais de 900 metros de altitude, de onde se tem uma vista de cortar respiração para várias serras a norte do rio Douro.

Aliás, esta é tradicionalmente uma das mais difíceis etapas da Volta a Portugal em Bicicleta, com os atletas a serem obrigados a um esforço desmedido para chegar ao cimo em primeiro lugar. Subir à Senhora da Graça é já um clássico e muitas vezes ali se resolveu a prova rainha do calendário ciclista nacional.

Espreite o roteiro que aqui propomos para explorar Mondim de Basto e comece já a fazer as malas.

Um roteiro por Mondim de Basto: 3 sugestões imperdíveis

Santuário da Senhora da Graça em Mondim de Basto

O concelho de Mondim de Basto, no Norte de Portugal, é não só um lugar de uma imensa beleza natural, mas também de incontestável riqueza histórica, onde, nos montes e monumentos, repousam lendas centenárias.

Espaços como a românica Igreja Matriz, as capelas do Senhor, os solares, as casas senhoriais e os pequenos palacetes são prova do fervor religioso dos habitantes de Mondim de Basto e da importância económica da região. Hoje, propomos-lhe um roteiro que combina património histórico e religioso, natureza e adrenalina.

1. Santuário da Nossa Senhora da Graça

Uma vez em Mondim de Basto, comece por visitar o Santuário de Nossa Senhora da Graça, situado a cerca de 13 quilómetros do centro da vila, no cimo do Monte Farinha. Consta que a primeira capela com o título de Senhora da Graça terá sido aí construída no século XVI, sendo que a estrutura actual, em granito da região, data do século XVIII.

Aqui, no topo do monte com quase 1000 metros de altitude, onde História e natureza se entrelaçam, a vista sobre a região é de uma beleza estonteante. Se à procura de uma experiência com tradição, visite o santuário durante as festividades em honra de Nossa Senhora da Graça, no primeiro Domingo de Setembro, quando aqui se reúne uma das mais populares procissões da região.

O artigo continua após o anúncio

2. Parque Natural do Alvão

Situado na zona de transição entre o Minho e Trás-os-Montes, abrangendo territórios pertencentes aos concelhos de Mondim de Basto e Vila Real, o Parque Natural do Alvão é uma zona essencialmente granítica, com algumas manchas de xisto, onde habitam diversas espécies de fauna e flora e são várias as linhas de água encaixadas.

A não perder uma vez no parque é, sem dúvida, a queda de água das Fisgas do Ermelo, que circunda as cascatas do rio Olo, e o belíssimo trilho de 12,5 quilómetros que por aqui passa.

Rafting em Mondim de Basto

3. Canyoning ou rafting

E, para terminar o roteiro por Mondim de Basto com uma experiência plena de adrenalina, sugerimos as actividades de canyoning ou descidas de rafting da Vertical Dream, um projeto nascido em 2012 em Mondim de Basto pela mão de Ilona e Ricardo, ambos com vasta experiência em actividades outdoor. Verá que é uma forma única e memorável de explorar a beleza natural da região.

Veja também