Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
André Freitas
André Freitas
07 Out, 2019 - 16:03

Salão Automóvel de Braga: McLaren Senna foi o centro das atenções

André Freitas

O Salão Automóvel regressou a Braga, e com um convidado de honra que foi o centro de todas as atenções: o McLaren Senna.

Salão Auto Braga

O Salão Automóvel de Braga celebrou a quinta edição do evento na cidade minhota, com 3 dias repletos de emoção. O Ekonomista esteve presente neste salão automóvel que decorreu no Altice Fórum, anteriormente designado por Parque de Exposições de Braga.

A adesão ao evento foi significativa, mesmo com o mau tempo que se fez sentir durante o salão. Foi um evento repleto de carros e atividades relacionadas com os motores, como, por exemplo, a concentração e passeio de automóveis clássicos.

Organização do salão: o que se encontrava?

salão auto braga
Créditos: André Freitas

A principal atração do evento foram os carros, o que era de esperar tendo em conta a natureza do evento. No entanto, para além da exposição de automóveis, o evento contou com a presença de marcas e empresas com equipamentos, serviços e peças auto.

O evento dividiu-se por várias zonas, mais concretamente:

  • piso 0
  • piso 1
  • zona exterior

Em cada uma das zonas encontravam-se atrações de diversos tipos e distintas entre si.

Piso 0

No piso inferior do Altice Fórum Braga encontravam-se presentes os stands das marcas de automóveis. Estiveram presentes várias marcas, tais como: Dacia, Renault, Mercedes-Benz, Jaguar, Lexus e Audi. Para nossa surpresa, apenas uma das grandes fabricantes alemãs do segmento médio/alto é que não marcou presença. Consegue adivinhar qual? Sim, a BMW. E, por consequência, também a Mini.

Escapes AMG
Créditos: André Freitas

Na parte de exposição de viaturas, destacamos a presença de alguns modelos, como o Mercedes AMG GTC, a nova carrinha Mercedes CLA, o Honda Civic Type-R, o Lexus LC 500h e o DS7 Crossback.

No evento também se verificou uma preocupação praticamente transversal a todas as marcas: a presença de carros híbridos e elétricos.

Os visitantes que se deslocaram ao evento tiveram a possibilidade de ver os seguintes carros com componente elétrica: Nissan Leaf, Renault Zoe, Audi E-Tron, Kia Niro, Range Rover, Hyundai Kauai, Jaguar I-Pace e outros.

jaguar i-pace
Créditos: André Freitas

Uma boa forma captar a atenção dos visitantes, uma vez que é um mercado recente em Portugal. No entanto, também há uma tentativa de consciencialização para uma mobilidade “verde” e ecológica.

Jante Porsche
Créditos: André Freitas

Neste piso era onde se encontrava o centro de todas as atenções: o McLaren Senna. Para além do Senna, também se poderia apreciar o Ferrari 488 e o Porsche GT2 RS. Aqui também estavam expostos carros de competição de diversas marcas (BMW, Ford, Audi, Honda, entre outras), desde os mais antigos aos mais recentes.

Piso 1

O grande foco de atenção do piso superior era a exposição de carros clássicos. Nesta estavam presentes a Bicavalaria do Minho, Clube Mini de Braga e ainda o Clube Automóvel Antigo e Clássico de Braga. Eram vários os modelos em exposição. Havia carros para todos os gostos e feitios. Aqui destacamos a presença do Opel GT, Austin Mini, Citroën 2 CV e ainda o Citroën 11 BL, conhecido como “Arrastadeira”.

Para finalizar a apresentação deste piso, nele era ainda possível encontrar as marcas e empresas que comercializam equipamentos, serviços e peças automóveis (exemplo: pneus, embraiagens, e outros), e, ainda, as pistas de Slot Car do Clube de Slot Car de Braga.

Exterior

Para terminar a apresentação da organização do salão, só resta o espaço exterior. Neste encontravam-se algumas das marcas presentes no piso 0, mas com os seus veículos semi-novos para venda. Para além da exposição de automóveis semi-novos, havia ainda a presença de uma pista de Karting.

McLaren Senna

McLaren Senna
Créditos: André Freitas

O McLaren Senna foi lançado para homenagear o brasileiro Ayrton Senna, piloto de Fórmula 1, que morreu num trágico acidente no dia 1 de Maio de 1994 durante o Grande Prémio de San Marino, na curva 4 (Tamburello). O dia em que muitos dizem ter “morrido a Fórmula 1”.

O McLaren Senna está equipado com um motor V8 de 4.0L bi-turbo, que gera 800 cv de potência. Ele atinge os 100 km/h em, apenas, 2.8 segundos, e os 200 km/h em 6.8 segundos. Devido a este desempenho, o Senna é o carro mais rápido da história da fabricante inglesa.

McLaren Senna
Fonte: Salão Auto Braga

Em todo o mundo só foram produzidas 500 unidades deste modelo, que foram vendidas rapidamente a um preço a rondar os 850.000€. O único Senna registado em Portugal esteve presente no evento em Braga.

Há pelo menos mais um português, que todos conhecemos, e que se rendeu aos encantos desta beleza rara. Falamos de Cristiano Ronaldo. O melhor jogador do mundo foi um dos felizardos a ser escolhido pela McLaren para comprar um destes modelos em primeira mão.

Foi também produzida uma versão GTR do McLaren Senna. Esta versão, apresentada no salão de Genebra em 2018, é destinada ao uso em pista. Foram apenas produzidos 75 exemplares deste modelo, que foram imediatamente vendidos na sua apresentação a um preço a rondar os 1,2 milhões de euros.

Para ter noção do impacto que este carro tem na cultura automobilística, em 2019 a Lego criou uma miniatura do super desportivo e adicionou-o à sua edição Speed Champions. Como se não fosse suficiente, a Lego construiu, também em 2019, uma réplica do carro em tamanho real, onde foram precisas quase 500 mil peças e 5 mil horas para a sua construção.

Veja também