Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Júlia Rocha
Júlia Rocha
05 Jun, 2018 - 09:08

7 segredos que os colaboradores da Nestlé não contam

Júlia Rocha

Se espreitar a despensa da cozinha, tem de certeza muitos produtos da Nestlé em casa. Fique com os segredos que os colaboradores da Nestlé não contam.

7 segredos que os colaboradores da Nestlé não contam

As origens da multinacional suíça Nestlé datam à segunda metade do século XIX, e já foi alvo, ao longo das décadas de algumas fusões e cresceu com inúmeras aquisições. Detentora de muitas marcas queridas por muitos, damos-lhe agora a conhecer alguns segredos que os colaboradores da Nestlé não contam.

Algumas curiosidades interessantes, alguns factos históricos e revelações nada positivas, fique a conhecer melhor o nome que já faz parte da vida de milhões de pessoas há mais de 150 anos. Desde produtos para bebé, até café, chocolate, água, e outros produtos alimentares, desvendamos segredos da Nestlé.

7 segredos que os colaboradores da Nestlé não contam

1. Funcionários e colaboradores

A Nestlé emprega atualmente mais de 300 mil colaboradores em todo o mundo, num total de 194 países. Tem também mais de 400 fábricas em 86 países.

nestle

2. Origens comerciais

O primeiro produto vendido pelas Nestlé era comida de bebé, denominada internacionalmente como Henri Nestlé’s Infant Cereal. Henri Nestlé, um dos fundadores, era um farmacêutico alemão. O produto era destinado aos bebés que por alguma razão não podiam ser amamentados e era uma farinha composta por leite de vaca, farinha de trigo e açúcar.

3. O logótipo

Em alemão a palavra nestlé significa pequeno ninho. O que explica as tendências comerciais iniciais da marca (comidas para bebé, que ainda hoje continuam a ser um staple da Nestlé) e que acabou por definir o logo, composto por passarinhos a ser alimentados pela progenitora num ninho.

chocolate

4. Chocolate de leite

A Nestlé quase que inventou o chocolate de leite. Em 1875, Henri Nestlé fornecia o seu vizinho Daniel Peter, o homem que começou a juntar leite condensado ao chocolate ou ao cacau mais forte, para o tornar mais doce. A Nestlé começa a vender chocolate de leite em 1904.

5. A bolacha com pepitas

A mulher que criou as famosas bolachas com pepitas de chocolate, Ruth Graves Wakefield, vendeu a receita à Nestlé por um dólar e pelo fornecimento vitalício de chocolate.

6. Trabalho escravo

A Nestlé foi acusada de perpetuar trabalho escravo e até infantil nas plantações de café e cacau. Apesar de terem admitido que não conheciam tal facto nem conseguirem controlar os trabalhos, a Nestlé confirmou ter adquirido café de duas plantações brasileiras de onde foram resgatadas pessoas (incluindo crianças e adolescentes), mantidas contra a sua vontade, em 2015. A empresa respondeu em tribunal por este e casos semelhantes. Um dos segredos que os colaboradores da Nestlé não contam.

7. Café e mais café

nestle

Recentemente, a Nestlé chegou a acordo para assegurar a distribuição e comercialização de café de marca Starbucks, Mais um ponto para a marca suíça no que toca à distribuição de café, aliado à Nescafé, Nespresso e outras participações.

Veja também: