Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ana Graça
Ana Graça
11 Mai, 2018 - 11:00

Surto psicótico: saiba o que é e como pode ajudar

Ana Graça

O primeiro surto psicótico geralmente tem início durante um período sensível do desenvolvimento: a adolescência e a idade adulta jovem. Fique a saber tudo.

Surto psicótico: saiba o que é e como pode ajudar

Quando ouvimos falar de surto psicótico nos jornais ou na televisão, geralmente, está relacionado com acontecimentos negativos, nomeadamente atos violentos ou sem sentido aparente, cometidos por alguém que até então era considerado saudável e que repentinamente experiencia um episódio de psicose. Mas, afinal, o que é um surto psicótico?

Surto psicótico: o que é?

De forma a simplificar este conceito, vamos analisar as duas palavras separadamente. Assim, surto refere-se a algo que aparece rapidamente, enquanto a palavra psicótico está relacionado com o termo psicose.

Utilizamos a palavra psicose para descrever um conjunto de sintomas que afetam os pensamentos das pessoas, sentimentos e comportamentos. A psicose pode fazer com que alguém se sinta confuso ou faça uma interpretação errada do que vai ocorrendo à sua volta.

Logo, quando dizemos que alguém exibe um surto psicótico é porque essa pessoa apresenta, de forma súbita, os sintomas típicos de uma psicose.

surto psicótico

Quais os sintomas da psicose?

Alucinações

Na psicose a pessoa pode ver, ouvir ou cheirar coisas que não existem realmente. Por exemplo, pode ouvir vozes que mais ninguém ouve, ou ver coisas que não acontecem.

Delírios

É comum uma pessoa que tem um episódio psicótico ter falsos pensamentos. A pessoa pode estar completamente convencida do seu delírio, e o argumento mais lógico não consegue modificar a sua forma de pensar.

Confusão de pensamento

Os pensamentos tornam-se confusos e as pessoas com psicose podem sentir dificuldades de concentração, seguir uma conversa ou recordar-se de algumas coisas. Os pensamentos podem parecer acelerados ou lentificados.

Alterações de comportamento

Uma pessoa com psicose pode comportar-se de forma diferente do habitual: pode estar extremamente ativa ou sentir dificuldade em ter energia para fazer suas tarefas; pode ter comportamentos bizarros e desadequados, como ficar zangada sem causa aparente ou rir-se de situações que não são engraçadas.

Como posso ajudar alguém que sofreu um surto psicótico?

surto psicotico

Se sentir ou conhecer alguém que apresente sintomas que possam de alguma forma colocar a hipótese de ter uma psicose, deve procurar ajuda médica especializada o mais rápido possível. Deve contactar o seu médico de família ou um médico especialista em psiquiatria.

Felizmente, existem já equipas multidisciplinares especializadas para avaliar e acompanhar as pessoas que sofrem de psicose. Existe um consenso alargado sobre o tratamento mais adequado, que passa pela combinação da intervenção psicofarmacológica e da intervenção psicossocial.

Contudo, o tratamento deve ser sempre estruturado de forma individualizada e ser adequado às características específicas de cada pessoa.

Veja também: