Catarina Reis
Catarina Reis
11 Jul, 2022 - 12:00

Tatuagem na entrevista de emprego: que cuidados ter

Catarina Reis

Apesar de maior flexibilidade, ainda há áreas profissionais onde será melhor não mostrar as tatuagens na entrevista de emprego.

tatuagem entrevista de emprego

Apesar de maior flexibilidade, ainda há áreas profissionais onde será melhor não mostrar as tatuagens na entrevista de emprego.

Os recrutadores, além da formação académica e da experiência profissional, avaliam também o comportamento e a imagem dos candidatos – ou seja, avaliam a forma como o candidato apresenta-se. Ainda há muita polémica sobre o assunto, mas será que deve mostrar tatuagens na entrevista de emprego? Nós ajudamos a decidir.

Ainda que as empresas estejam atualmente mais flexíveis, as tatuagens, em algumas áreas profissionais, ainda são vistas como uma atitude de rebeldia, agressividade e são também associadas a comportamentos de risco.

Se está prestes a ser entrevistado para uma vaga de emprego e possui tatuagens, pondere bem a sua decisão e mantenha sempre presente que a sua capacidade de adaptação, com ou sem tatuagens, ao contexto profissional é fundamental em qualquer emprego.

Tatuagens na entrevista de emprego: mostrar ou não mostrar?

Esta questão depende da cultura da empresa e do tipo de função que irá desempenhar. É importante estar informado sobre este assunto porque, ao contrário do que às vezes se possa pensar, o preconceito nem sempre vem da empresa, mas sim do seu público e consumidores. Quem quer contratar vai avaliar os candidatos de acordo com os padrões exigidos pela empresa e, como tal, tatuagens e piercings podem não ser bem acolhidos.

tatuagem no emprego

Mostrar

Se pretende mantê-las visíveis no seu dia a dia, deve mostrar as tatuagens na entrevista – desta forma, ao ser contratado, irá evitar que surjam problemas ou situações desagradáveis no futuro.

Não mostrar

Prefere saber primeiro qual é política da empresa sobre o assunto e não o incomoda esconder as tatuagens sob a roupa? Se para si, conseguir a vaga no mercado de trabalho é o mais importante, então não mostre de imediato as tatuagens na entrevista de emprego.

É possível que o empregador não tenha nada contra as tatuagens, mas o melhor será dar tempo para o conhecer antes. Não precisa, necessaria

mente, esconder as suas tatuagens, mas também não tem que as mostrar.

Afinal, o que define a sua competência profissional não são os desenho que traz na pele ou outros aspetos da sua vida pessoal – certo?

O que diz a lei sobre tatuagem na entrevista de emprego

A lei não regulamenta nem menciona o assunto da tatuagem na entrevista de emprego, pelo que na falta de regras, o seu impacto numa entrevista de emprego ou de alguma forma na vida profissional fica dependente da forma como cada um lida com a situação. 

No entanto, se se provar que um candidato terá sido alvo de exclusão ou de preferência no contexto de uma entrevista de emprego, isso deverá ser considerado um ato discriminatório, tal como quando acontece quando existe discriminação com a raça, género, etnia, deficiência ou idade do candidato.

Existem estudos que apontam para a realidade de que no processo de recrutamento e seleção as pessoas com tatuagens tendem a sentir que têm menos credibilidade e que as oportunidades de obterem trabalho são reduzidas em certas atividades profissionais devido a serem avaliados de forma depreciativa durante a entrevista.

Por outro lado, é também uma realidade que algumas empresas adotam políticas relacionadas com a aparência profissional dos trabalhadores, com o objetivo de manter e fidelizar os seus clientes. A tatuagem poderá ser um elemento discriminatório, e o que poderá acontecer muitas vezes é basear uma decisão negativa relativamente à contratação do indivíduo tatuado, mas não o assumir ou referir.

Tatuagem na entrevista de emprego – as profissões com mais preconceito

Embora haja um caminho de abertura de mentalidade relativamente à questão da tatuagem na entrevista de emprego e no mercado de trabalho em geral, parece existir uma diferença de tolerância consoante a atividade profissional de que estivermos a falar.

Parece haver uma maior abertura em relação à tatuagem em entrevista de emprego em atividades como bombeiros, construção civil, ou agricultura, o que leva a perceber que em profissões mais exigentes a nível físico a tatuagem não é problema. Isto é obviamente um preconceito, mais uma vez.

Esse mesmo preconceito leva a que em certos profissionais, como os administrativos, por exemplo, a tatuagem seja vista com maus olhos.

Tatuagem na entrevista de emprego – as profissões onde poderá não ser permitida

Se tem uma entrevista de emprego marcada para concorrer a um cargo numa destas áreas de atividade, o mais certo é dizerem-lhe que deverá remover a tatuagem.

A tatuagem na entrevista de emprego não deverá ter qualquer peso no fator da decisão, no entanto fica a saber que nestas áreas ou locais o uso de tatuagens poderá não ser bem aceite. Na melhor das hipóteses poderá sentir-se pressionado para esconder a tatuagem.

  • Profissionais de saúde: muitos hospitais e consultórios médicos exigem que alguns piercings e tatuagens sejam removidos ou cobertos.
  • Polícia
  • Escritórios de advocacia
  • Auxiliares Administrativos e Rececionistas
  • Instituições Financeiras e Bancos
  • Professores
  • Hotéis / Resorts
  • Governo
Veja também