Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
25 Jun, 2020 - 12:01

Tendências de decoração de verão: prepare a casa para os dias quentes

Mónica Carvalho

Se está a planear uma mudança em casa, atente primeiro a este artigo. Revelamos as principais tendências de decoração de verão. Tome nota.

tendências de decoração de verão 2020

Cada vez mais a decoração é uma história de tendências e interpretação da mesma. Mas com tanta informação, é natural que se sinta perdido e que não saiba, de facto, o estilo a seguir. Por isso, partilhamos consigo as principais tendências de decoração de verão, para aproveitar os próximos tempos a tornar a sua casa num local mais confortável, útil e trendy.

O verão de 2020 vai ser assim: leveza, conforto, praticabilidade, sustentabilidade e tecnologia. No fundo, o que estas tendências de decoração de verão nos revelam é que a casa é um local mais para ser vivido do que exibido e, nesse sentido, temos sugestões que permitem ter tudo o que precisa no lar, para facilitar todas as tarefas.

Assim, pretende-se privilegiar não só o lazer, como dotar a casa de todos os materiais e equipamentos para poder tirar o máximo de proveito do tempo que passa em casa, enquanto tudo isso reflete um cuidado adicional com o impacto das tendências a adoptar.

8 tendências de decoração de verão para registar

As mudanças devem ser feitas para nos facilitar a vida e aproveitarmos ainda mais o nosso tempo em casa. Por isso, confira as tendências de decoração de verão e aponte as suas preferidas.

Cores suaves

Na seção das cores, o destaque vai para duas cores facilmente associadas aos dias de sol e calor: o verde e o azul. Ainda para mais, a Pantone elegeu o Classic Blue como o tom para dominar as principais coleções deste ano.

A completar a paleta de cores estão os tons suaves e leves, que prometem trazer equilíbrio e sofisticação a cada espaço. Falamos de bege, off white, cinzento, rosa pálido terracota, amarelo queimado e preto opaco.

Aposta em automatismos

Tudo o que nos possa facilitar a vida em casa é bem-vindo e, nesse sentido, a aposta na robótica é um mercado crescente e com cada vez mais implementação em aspetos de casa, que nos podem fazer poupar tempo e maximizar a eficiência de determinadas tarefas.

Não é por acaso que gigantes da tecnologia, como Amazon e Google, conseguiram disponibilizar os seus assistentes digitais em diversas línguas, sendo, atualmente, presença frequente em muitos lares.

A par disso, a automatização e as inovações do mundo da robótica adaptadas à vida caseira podem tornar os eletrodomésticos mais eficientes, mais económicos e, igualmente, mais seguros.

Eco-friendly

Entre as principais tendências de decoração de verão para este ano, a aposta em materiais crus e naturais incentivam maior ligação com o mundo natural, mas também, e acima de tudo, conferem uma sensação de autenticidade a cada casa.

Nesse sentido, passam a ser comuns materiais como madeira, preferencialmente em tons mais claros, assim como os minerais naturais, nomeadamente mármore ou granito, e também o metal e o vidro quando aplicados em acabamentos ou em elementos decorativos.

O reaproveitamento de peças de decoração, que podem ter segundas e terceiras vidas após diferentes tratamentos é outra característica desta tendência decorativa.

Isto remete-nos para uma ideia de sustentabilidade e, como consequência, temos casas mais amigas do ambiente, preenchida de materiais menos agressivos e mais duradouros.

A natureza em casa

À semelhança do ponto anterior, apostar em detalhes que permitem trazer o mundo natural para dentro de portas é algo a ter também em conta para este verão.

Bambu, cerâmica, palha, vime e outros materiais naturais marcam forte presença, seja em objetos decorativos, seja em utensílios ou até como peças de destaque, nomeadamente uma parede.

Claro que não poderiam faltar as plantas: quantas mais melhor. Desde que cuide bem delas, pois claro.

Tudo à vista

Este conceito tem vindo a ganhar força nas tendências de decoração ao longo dos últimos tempos. Os armários pesados e grandes saem de cena, para dar lugar a estantes, prateleiras, nichos e instalações simples, mas úteis.

Esta questão apela ao lado minimalista em cada um de nós. Afinal, quantas coisas não acumulamos, apenas porque sim e sem lhes darmos uso? Fique com o que realmente gosta e com o que realmente precisa. Para isto, destralhar está na ordem do dia.

Formas geométricas

Esta tendência de decoração poderá não agradar a todas as pessoas, porque é bastante marcante e impactante. Quem é fã da simplicidade, poderá achar mais chocante ter um papel de parede, por exemplo, com folhas de bananeira ou outras plantas estampadas, como aconteceu em anos anteriores.

Este ano, os quadrados, os círculos ou as linhas abstratas são mais um dos protagonistas a considerar quando pensar numa remodelação de casa.

Conforto acima de tudo

Independentemente de qual seja o seu estilo de decoração preferido, o conforto é a palavra de ordem e uma constante a ter presente.

Se há algo que o período de confinamento nos provou é que a nossa casa é para ser vivida ao máximo e, como tal, deve estar apetrechada de tudo o que necessitamos para estarmos bem e nos sentirmos felizes.

Sofás grandes cheios de almofadas, tapetes farfalhudos, espaços exteriores bem decorados e aproveitados: é nisto que deve apostar.

Home office

E se por um lado temos de estar confortáveis, por outro, nos últimos tempos temos vindo a testemunhar que a casa também pode ser sinónimo de trabalho e, nesse sentido, convém haver uma separação notória de espaços.

Criar um home office é, atualmente, prioridade para muitos, que viram no teletrabalho uma forma de conseguir, assim, rentabilizar melhor o tempo, pela poupança em deslocações de e para o trabalho. Uma medida que ajuda também o ambiente, visto que há menos viaturas a circular nas cidades.

Das mais simples às mais arrojadas, estas são as principais tendências de decoração de verão 2020. Quais irá implementar na sua casa?

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].