Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Inês Pereira
Inês Pereira
15 Mai, 2018 - 10:53

As unhas de gel são seguras? Descubra os prós e os contras

Inês Pereira

Redondas ou quadradas, compridas ou curtas: está na hora de tirar as teimas e descobrir se, afinal, as unhas de gel são seguras. O que é mito e o que é verdade?

As unhas de gel são seguras? Descubra os prós e os contras

A tendência que conquistou o mundo feminino vem acompanhada de uma dúvida que parece não desaparecer: as unhas de gel são seguras? A verdade é que têm vantagens, mas também oferecem perigos. Fique a conhecer o tema, de A a Z.

Parece que as unhas de gel vieram mesmo para ficar. Desde extensões a brilhos, passando pelo nail art e pelas infindáveis cores, esta técnica já conquistou o coração de milhões de mulheres em todo o mundo – e Portugal não é exceção.

A verdade é que quando se trata de ter as unhas sempre bonitas e bem arranjadas, esta é a opção que faz mais sucesso, uma vez que a duração do gel é muito superior à de um verniz de excelente qualidade. Embora varie de pessoa para pessoa (e consoante a qualidade do trabalho), as unhas de gel podem durar mesmo até um mês.

Mas, a par das vantagens e da facilidade oferecida por esta técnica, é preciso estar, também, de olhos postos na segurança. Será que há desvantagens e perigos na utilização das unhas de gel? Descubra aqui.

As unhas de gel são seguras? Tudo o que precisa de saber

unhas de gel

O gel utilizado na manicure é um produto que se aplica por cima das unhas naturais e que promove um revestimento protetor. Quem prefere unhas mais longas pode usar extensão, isto é, prolongar o tamanho da unha através do gel e de uma base de suporte.

Quando colocado na unha, o gel apresenta uma consistência cremosa que endurece aquando da exposição à luz ultravioleta. As unhas de gel passam por três fases: uma camada base, a cor escolhida e um top coat. Ao longo deste processo, o gel é limado e trabalhado até ter o resultado desejado.

Vantagens das unhas de gel

Em primeiro lugar, e ao contrário do que se pode pensar, o gel não impede as unhas de respirar. De facto, esta técnica tem um efeito fortalecedor, uma vez que protege a unha natural à medida que ela cresce. É, portanto, uma boa opção para quem tem unhas mais fracas.

Por outro lado, as unhas de gel são muito mais resistentes do que o verniz comum e até o verniz de gel. Duram mais e têm um aspeto natural e brilhante, que conquista cada vez mais adeptas.

Em comparação às unhas postiças comuns de acrílico, as unhas de gel são uma opção mais segura a vários níveis, já que são mais resistentes e são facilmente adaptadas ao formato da unha.

Perigos das unhas de gel

Nem tudo é um mar de rosas no que se refere às unhas de gel. Esta técnica acarreta de facto alguns perigos, muitas vezes relacionados com a qualidade dos profissionais e dos materiais utilizados.

A verdade é que um trabalho realizado por alguém sem formação e sem cuidado pode originar lesões e, até mesmo, infeções. Garanta que escolhe profissionais de qualidade para não arriscar a saúde das suas mãos.

Outra desvantagem das unhas de gel é que, com o passar do tempo, as unhas podem mesmo começar a ficar quebradiças e fracas. Não por ação do gel, mas pela exagerada utilização da broca que o remove da unha.

No entanto, o maior perigo é o risco de cancro na pele. Um estudo publicado na revista americana JAMA Dermatology demonstrou que duas mulheres sem qualquer ligação desenvolveram tumores após a exposição aos raios ultravioleta das lâmpadas utilizadas para a criação das unhas de gel.

Veja também: