ebook
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Prático e Descomplicado
Pedro Andersson
Pedro Andersson
04 Jun, 2021 - 08:49

Vale a pena aderir ao IVAucher?

Pedro Andersson

Algumas pessoas perguntaram-me se não compensa mais não usar o saldo e assim ele vai para a dedução do IRS aumentando o reembolso. Para mim a conta é óbvia…

Vale a pena aderir ao IVAucher

Sim, sei que já ouviu falar muito do IVAucher, e estará provavelmente a perguntar-se se não será uma perda de tempo ler esta crónica. Respondo-lhe que depende se para si o dinheiro é importante ou não, e se está disposto a ter algum trabalho para ter o equivalente a duas ou 3 faturas de eletricidade grátis por instalar uma app no telemóvel e preencher alguns dados num formulário. Gratuitamente.

Aqui na página do E-Konomista vai encontrar vários artigos que explicam muito bem o que é o IVAucher e como vai funcionar. Não vou repetir essa informação. O que lhe quero explicar é se vale a pena ou não fazer esse esforço para ficar com algum dinheiro na carteira lá mais para a frente.

Gastar agora para ganhar mais tarde?

Este é – embora não pareça – um dos maiores “problemas” dos portugueses. Verifico que muitos de nós não estão disponíveis para gastar/investir no presente no sentido de ter um benefício no futuro que não esteja absolutamente garantido.

Até em coisas pequenas como comprar um livro que ensina a fazer alguma coisa é visto como um “desperdício” porque não vai ganhar nada no imediato. Por outro lado, não se importam de gastar o mesmo dinheiro numa raspadinha ou em outro jogo em que o resultado é imediato (e na maior parte das vezes dececionante). Acho que temos uma enorme dificuldade em esperar por resultados.

Outro problema que identifico é a dificuldade em investigar e esclarecer dúvidas no sentido de perceber se posso vir a ganhar alguma coisa em determinadas circunstâncias. Verifico isso, por exemplo, em investimentos ligados com as bolsas.

Basta dizer a palavra “bolsa” que surgem logo 50 anticorpos baseados em 3 ou 4 casos que foram de facto maus exemplos. E é logo uma razão para nem sequer tentar perceber que quem não se meteu nesses 3 ou 4 maus exemplos e investiu em 96 ou 97 bons exemplos ganhou dinheiro, enquanto os outros perderam. O segredo estava em perceber no que se metiam.

O IVAucher merece, portanto, que reserve algum tempo para o tentar perceber, porque pode ganhar algumas dezenas ou centenas de euros, conforme o seu nível de rendimentos e despesas em restaurantes, alojamento e cultura (e livrarias).

Quanto posso ganhar?

Pelas minhas contas vou acumular pelo menos 100 euros em IVA para gastar em outubro, novembro e dezembro. Não é uma fortuna, mas para mim são quase 2 meses a almoçar de “graça” na cantina do meu trabalho, ou duas faturas de eletricidade.

Vou acumular esse valor porque almoço todos os dias no meu trabalho, e em agosto – com 2 filhos – vou gastar uma parte grande do meu orçamento para férias em restaurantes e lazer. Nem todas as famílias têm rendimentos para fazer isto nem terão de fazer despesas nestes setores no fim do ano. Têm outras prioridades. Não penso gastar um cêntimo a mais do que o que já planeio gastar. Esse é o “truque”.

Esta medida vai beneficiar as famílias portuguesas com maiores rendimentos e não quem mais precisa. Mas essa é outra questão.

Neste momento basta (até 31 de agosto) pedir tudo com número de contribuinte. Seja muito seja pouco. E depois logo vê quanto tem para gastar no e-fatura ou na app IVAucher que estará disponível no futuro. Mas não caia na armadilha financeira de gastar “de propósito” para depois ter um desconto que nem sabe se terá. Isso não tem racionalidade financeira.

Como vai ter de fazer várias despesas no fim do ano para gastar o saldo que acumulou, deve planeá-las já. Pense em dois ou três sítios onde pode gastar o saldo. Provavelmente, bastará dividir uma compra grande em duas ou 3 vezes e gasta o saldo num instante.

Algumas pessoas perguntaram-me se não compensa mais não usar o saldo e assim ele vai para a dedução do IRS aumentando o reembolso. Para mim a conta é óbvia: 100% no meu bolso é melhor do que 15% no IRS.

É verdade que vai baixar o seu reembolso do IRS em 15 ou 20 euros, mas são 100 euros que ficam no meu bolso para gastar como quiser em outubro, novembro e dezembro. São opções. Eu sei como uso o meu dinheiro e tento não o gastar mal gasto. Se está a pensar gastar mais só para usar o saldo sem tirar daí um benefício real, então provavelmente o IVAucher será um mau negócio para si.

Se sabe fazer algumas contas e quer usar as oportunidades que surgem de forma inteligente pode ser uma boa opção. Eu planeio aproveitar. Avalie.

Veja também