ebook
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Prático e Descomplicado
Marvin Tortas
Marvin Tortas
10 Fev, 2021 - 16:17

Conheça as vantagens e desvantagens do GPL Auto

Marvin Tortas

A flutuação constante do preço dos combustíveis torna o GPL cada vez mais apelativo. Mas será que vale a pena? Conheça as vantagens e desvantagens do GPL Auto.

pessoa a abastecer para analisar vantagens e desvantagens do GPL auto

Tal como existem prós e contras na gasolina e no diesel, também devemos conhecer as vantagens e desvantagens do GPL Auto. Será esta uma boa alternativa aos combustíveis mais utilizados? Será que compensará converter um carro a GPL em vez de adquirir um híbrido ou um elétrico?

Se apenas tivermos em consideração o preço dos combustíveis e o facto de que não perdemos nenhuma capacidade com um veículo a GPL, ao contrário de outras energias alternativas, então nesse caso nem deveríamos pensar duas vezes, pois os veículos a GPL são mais baratos de rodar do que qualquer outro veículo, mesmo incluíndo os automóveis movidos a eletricidade.

No entanto, o Gás de Petróleo Liquefeito (GPL) também tem algumas contrapartidas. Por isso, devemos estar a par tanto das suas vantagens, como das desvantagens.

Veículos a GPL não são seguros: mito ou realidade?

Antes de avançarmos para os dados factuais e para as vantagens e desvantagens do GPL Auto, vamos começar por desmistificar uma das principais teorias que existem sobre os veículos a GPL.

O principal mito relacionado com este tema prende-se com o facto de, supostamente, estes carros não serem seguros e, em caso de acidente, poderem explodir. Esta é, naturalmente, uma questão gera sempre dúvidas a quem está a considerar um veículo com GPL. Ora, podemos desde já afirmar que isto é totalmente falso.

O GPL é efetivamente mais perigoso e mais inflamável do que a gasolina, mas precisamente por isso os tanques de combustível preparados para receber GPL são extremamente robustos e testados sob as situações mais extremas, por forma a garantir total segurança e integridade dos passageiros em caso de acidente.

Uma vez esclarecidos, vamos, então, conhecer agora as vantagens e desvantagens do GPL Auto, para que possa decidir qual é o melhor combustível para si. 

Baseamo-nos em factos reais, para que possa ponderar e decidir se vale mesmo a pena comprar ou adaptar o seu veículo a este combustível, que custa, em média, apenas 0,65 euros.

Vantagens e desvantagens do GPL Auto

Optar por um veículo a GPL pode ser bastante benéfico em dois sentidos. Por um lado, o condutor verá os gastos reduzidos com a utilização deste combustível, uma vez que o seu preço por litro é cerca de 50% mais barato que o preço por litro da gasolina.

Por outro lado, a autonomia cresce nos veículos de tecnologia Bi-Fuel, onde os consumos são combinados entre GPL e gasolina ou diesel. Se um condutor viajar em modo combinado, o veículo poderá percorrer mais de 1500 km sem necessidade de abastecer.

Para além destas, há ainda outras vantagens que podem influenciar o condutor na altura da tomada de decisão. Há, por outro lado, algumas desvantagens que devem ser tidas em conta. Saiba quais são.

Vantagens

Preço

É indiscutível dizer que o preço do GPL Auto é uma das vantagens mais apelativas para a sua compra ou a conversão de um veículo movido com outro tipo de combustível convertido para GPL Auto.

Para que fique com uma ideia, atualmente o preço médio da gasolina 95 anda à volta dos 1,526 euros por litro. Por sua vez, o custo por litro do gasóleo é de 1,376 euros.

A diferença surpreendente do preço do GPL Auto não passa despercebido a ninguém. Comparativamente aos custos apresentados da gasolina e do gasóleo, o valor comercial do GPL Auto difere habitualmente entre os 0,60 euros e os 0,70 euros por litro.

A estimativa é que um condutor com uma viatura movida a GPL consiga poupar cerca de 50 euros de cada vez que ateste o depósito.

Amigo do ambiente

Por ser composto por partículas refinadas, o GPL Auto não liberta partículas nocivas para a atmosfera, provando ser uma boa alternativa para pouparmos o nosso planeta dos níveis de poluição na atmosfera.

Além do mais, as emissões de gases que liberta são significativamente reduzidas, quando equiparadas com motorizações a gasolina ou a gasóleo.

Na verdade, em comparação com um veículo a gasolina, o GPL emite menos 75% de CO2 e menos 10% de CO2. Comparativamente com um veículo movido a gasóleo, um veículo que circule a GPL envia para a atmosfera menos 60% de emissões de CO2.

Mais amigo do motor

Está comprovado que o GPL, ao contrário do que se possa pensar, reduz o desgaste do motor e assegura a sua durabilidade.

O segredo encontra-se na sua fórmula mais refinada do que a gasolina ou o gasóleo, nos quais existem partículas que condicionam e comprometem a vida útil do motor.

Comprovadamente seguro

Embora seja verdade que o GPL Auto é mais inflamável do que a gasolina, também é verdade que as empresas fabricantes dos depósitos concebidos para o seu armazenamento, fazem-no com a consciência do perigo de explosão.

Desta forma, os depósitos são projetados quase como que à prova de bala, em aço. Isto faz com que estes resistam até aos embates mais violentos e de forma completamente segura.

É importante que se tenha consciência de que o GPL é um combustível seguro e que resulta de uma tecnologia também ela segura, cujos resultados estão comprovados.

Tem a mesma potência do que um carro a gasolina

Existe o mito de que conduzir um carro a GPL acarreta consigo uma potência menor do que um carro a gasolina. Contudo, se a conversão for feita corretamente, e preferencialmente por um bom profissional, o carro não irá perder aproveitamento da potência base do motor.

Desvantagens

Escassez de postos de abastecimento

Um forte entrave que os condutores apontam aos carros movidos a GPL é o facto dos postos de abastecimento para este tipo de combustível serem limitados.

O GPL não se encontra facilmente, uma vez que este não é distribuído por todas as estações de serviço (como é habitual com a gasolina e o gasóleo). Este é um factor que limita as viagens e requer alguma gestão por parte dos condutores.

Converter para GPL pode ser dispendioso

A conversão de um veículo a gasolina para GPL Auto não é uma opção propriamente económica. De facto, a conversão pode alcançar os 1500 euros. Este valor serve também de referência para que o condutor faça as contas às suas despesas anuais com o carro e perceba se, a médio/longo prazo, compensa e faz sentido a conversão.

Por vezes, poderá fazer mais sentido sentido considerar marcas que vendam veículos a GPL já de origem.

Proibições na circulação

Os carros movidos a GPL foram, durante muitos anos, proibidos de estacionar em parques cobertos. Foi também em 2013, ano em que se impunha este impedimento, que se promulgou a Lei nº 13/2013, de 31 de Janeiro.

De acordo com o artigo 4º da referida lei sobre a Utilização de GPL e GN em veículos, um veículo a GPL cujas componentes estejam instalados de acordo com o regime, pode estacionar em parques de estacionamentos coberto abaixo do nível do solo.

Ainda assim, como descrito no nº2 do artigo 4º,

Os parques de estacionamento referidos no número anterior devem ser ventilados e cumprir as disposições do regime jurídico da segurança contra incêndios em edifícios, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 220/2008, de 12 de Novembro, e demais legislação aplicável ao estacionamento de veículos.

Por outro lado, se as componentes não forem aprovadas, há exceções. Por exemplo, poderão estacionar caso os parques disponham de ventilação natural, como descrito no nº3 do mesmo artigo.

Em suma

Tal como qualquer outro combustível, também o GPL Auto tem as suas vantagens e desvantagens. Desta forma, torna-se relevante que entenda toda a política de uso deste combustível para uma coerente tomada de decisão.

Embora a conversão tenha os seus custos no momento da aquisição, a curto/médio prazo irá compensar, através de faturas mais reduzidas sempre que abasteça com GPL Auto.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].