ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Sofia Martins
Sofia Martins
25 Abr, 2017 - 09:11

Os 3 voos mais longos do mundo

Sofia Martins

Se é daquelas pessoas que quando viaja evita fazer escalas a todo o custo, então este artigo é para si. Conheça os 3 voos mais longos do mundo.

Os 3 voos mais longos do mundo

A companhia aérea Qantas anunciou os planos para operar o que será um dos voos mais longos do mundo. A próxima rota sem escalas da companhia aérea será Perth para Londres e irá ter uma duração de cerca de 17 horas, num percurso de 9008 milhas. Assim, quando este voo for lançado em março de 2018, vai tornar-se no terceiro voo mais longo no que diz respeito à distância, de acordo com um porta-voz da Qantas.

As companhias aéreas estão constantemente a tentar superar-se para conseguir o voo comercial mais longo do mundo. No que diz respeito a distância e de acordo com um porta-voz da Qantas, as rotas mais longas que existem atualmente são três: de Deli para São Francisco, Auckland para o Dubai e Dallas para Sydney.

Os voos mais longos do mund

1. Deli para San Francisco pela Air India

No outono de 2016, a Air India mudou a rota deste voo do Atlântico para o Pacífico de forma a torná-lo o mais longo do mundo pela distância. Apesar da nova rota do Pacífico ser 870 milhas mais longa, a Air India consegue economizar tempo e combustível por causa dos ventos de cauda. Atualmente, este que é um dos 3 voos mais longos do mundo abrange cerca de 9.400 milhas e dura cerca 14,5 horas.

2. Auckland para Dubai pela Emirates

O voo da Emirates que liga Auckland ao Dubai tem um percurso de cerca de 8.820 milhas em pouco e dura pouco mais de 17 horas num Boeing 777 propositadamente construído para voos de longa distância.

3. Dallas para Sydney pela Qantas

Os passageiros que decidirem optar por um voo direto que liga Dallas a Sydney, têm de ir preparados para umas longas 16 horas de voo, num percurso de cerca de 8.577 milhas.

A questão que agora se coloca é: durante quanto tempo é que este ranking vai estar atual? É que não é apenas a companhia aérea Qantas que está decidida a agitar as coisas em 2018.

A Singapore Air, por exemplo, está a planear restabelecer uma rota sem escalas entre Singapura e Nova York que vai abranger um percurso de 10.252 milhas em 19 horas. Se assim for, teremos outro novo recorde de viagem de avião mais longa e o top três terá de ser reformulado.

Veja também: