Crédito Pessoal – Perguntas frequentes

Conheça as respostas às perguntas mais frequentes sobre o crédito pessoal. Tudo o que precisa esclarecer sobre o crédito pessoal.

Crédito Pessoal – Perguntas frequentes
Esclareça as suas dúvidas.

O crédito pessoal, quando utilizado de forma racional, pode ser muitas vezes a melhor solução para resolver uma situação de emergência ou para satisfazer o desejo de compra de um determinado bem ou serviço, de forma rápida e simples. No entanto, antes de adquirir um crédito pessoal é importante conhecer todas as particularidades associadas a este tipo de empréstimo. Saiba a resposta às perguntas mais frequentes (FAQ’s) sobre o crédito pessoal.
 

As 9 perguntas mais frequentes sobre crédito pessoal e as suas respostas

 

O que é um crédito pessoal?

O crédito pessoal é um empréstimo destinado a satisfazer quaisquer necessidades de crédito ao consumo (bens ou serviços), tais como: férias, eletrodomésticos, viagem, remodelações da casa, etc. O montante do crédito e as respetivas mensalidades, bem como os prazos de reembolso e taxas associadas, são variáveis e estabelecidos no início do contrato.
 

Tenho de abrir uma nova conta ou mudar de banco se contratualizar um crédito pessoal com outra entidade financeira?

Normalmente não é necessário. Se o seu pedido de crédito pessoal for aprovado, a entidade financeira fará a transferência do valor estabelecido para a conta bancária que indicar.
 

Qual a documentação (habitualmente) necessária?

  • Proposta/contrato devidamente preenchida e assinada conforme documento de identificação entregue;
  • Fotocópia do B.I./C.C. (ou equivalente) e do cartão de contribuinte (NIF);
  • Comprovativo de morada fiscal (através, por exemplo, de uma fatura da água, eletricidade ou telefone);
  • Última declaração de IRS;
  • Últimos recibos de remuneração;
  • Comprovativo de NIB.
 

Quais os montantes mínimos e máximos e prazos de reembolso que pode contratualizar num crédito pessoal?

Os limites de montante mínimo e máximo, assim como os prazos de reembolso, dependem da entidade financeira e tipo de crédito pessoal em questão. Consulte as condições (FIN) das ofertas disponíveis nas várias entidades financeiras. O dinheiro será transferido para a sua conta no momento da contratação do crédito, estando disponível, normalmente, no período de 48 horas.
 

O que é a TAN (Taxa Anual Nominal)?

É a taxa de juro indicada numa percentagem fixa e aplicada numa base anual ao valor do crédito utilizado, à qual são calculados os juros do crédito, mas não são incluídos outros encargos ou impostos. 
 

O que é a TAEG (Taxa Anual Efetiva Global)?

É a taxa efetiva que traduz o custo total do crédito pessoal para o consumidor, expresso em percentagem anual do montante do crédito acordado. Genericamente representa quanto é que lhe custa pedir o dinheiro emprestado. Saiba mais sobre a TAEG.
 

O que é a FIN (Ficha de Informação Normalizada)?

Documento padrão (instituído pelo Banco de Portugal – BdP) que todas as instituições financeiras e bancárias têm de adoptar. Na Ficha de Informação Normalizada pode consultar a informação detalhada relativa ao crédito, permitindo uma comparação simples entre as diferentes ofertas disponibilizadas.
 
FIQUE ATENTO:
Se procura uma solução que lhe simplifique as contas, não deixe de consultar especialistas em crédito consolidado. Ao juntar os seus créditos, fica com apenas uma mensalidade e paga sempre ao mesmo dia do mês. Registe-se gratuitamente no E-Konomista e esteja sempre a par das melhores soluções financeiras.

O que é o MTIC (Montante Total Imputado ao Consumidor)?

Nos produtos como o crédito pessoal, o MTIC corresponde ao montante total imputado ao consumidor, ou seja, é o resultado da soma do valor de crédito concedido + o valor total dos custos (juros, despesas, impostos, comissões, outros encargos, etc.).
 

O que é a taxa de esforço?

É a proporção dos empréstimos nos rendimentos do agregado. Serve para aferir a capacidade do agregado cumprir com as responsabilidades assumidas com um crédito como o pessoal ou de consumo. Para que essa capacidade seja garantida a taxa de esforço do seu agregado não deve ultrapassar os 30%. Calcule aqui a sua taxa de esforço.
 
Veja também: