25 maneiras rápidas de poupar dinheiro

Se procura maneiras rápidas de poupar dinheiro chegou mesmo ao sítio certo. Temos 25 soluções e todas elas eficazes.

25 maneiras rápidas de poupar dinheiro
Corte nas pequenas coisas para grandes poupanças

Maneiras rápidas de poupar dinheiro? É para já! Sugerimos 25 formas de poupar dinheiro de forma rápida e efetiva mas podíamos continuar a lista indefinidamente. Tome nota das nossas dicas e comece já a poupar! Depois dê cá um saltinho para nos contar como correu.
 

25 Maneiras rápidas de poupar dinheiro

 

1. Compre em quantidade

Aproveite as promoções nas grandes superfícies para comprar grandes quantidades de produtos não perecíveis como champô, desodorizante, fraldas, detergentes ou papel higiénico. Muitas vezes com descontos de 50%, poupa fortunas no final do ano.
 


2. Faça os seus detergentes

Já aqui explicamos como pode fazer os seus detergentes por menos de 50 cêntimos. Com água, vinagre branco, bicarbonato de soda, um pouco de detergente da loiça ou sabão e tem produtos de limpeza para toda a casa, eficazes, mais ecológicos e por muito pouco dinheiro.
 


3. Compre marca branca

Não é novidade mas já fez bem as contas ao dinheiro que pode poupar? Uma garrafa de azeite extra virgem de uma marca conhecida pode custar cerca de 4,70€, já de marca branca fica por apenas 3,10€ ou menos! 
 


4. Leve marmita para o trabalho

Há muitos anos que esta prática faz parte do dia a dia dos portugueses e vale bem a pena. Se não tem possibilidade ir almoçar a casa, leve a casa para o escritório. Quanto é que gasta em cada almoço fora? Cinco euros? Seis? Dez? Faça as contas e comece já esta semana a poupar.
 


5. Beba água

Seja a comer fora ou em casa, prefira beber água a sumos, refrigerantes ou bebidas alcoólicas. Poupa a sua carteira e o seu corpo agradece a hidratação.
 


6. Cancele o ginásio

Em vez de pagar a mensalidade num ginásio, faça desporto de borla! Se tem motivação para ir para o ginásio, também tem para pegar na bicicleta e suar 15 km, para calçar as sapatilhas e partir para uma corrida pela vila ou para fazer exercício a partir de uma das centenas de tutoriais que existem online.
 


7. Baixe o termóstato

No inverno, há dias em que mais uma peça de roupa não resolve e é muito difícil não ter o aquecimento central ligado. Mas sabia que se baixar o termóstato apenas um grau, vai reduzir a sua conta de energia em cerca de 3%? Sem dúvida, uma das maneiras mais rapidas de poupar dinheiro sem prejuízo do seu conforto.
 


8. Corte nas saídas

Não há nada melhor do que umas horas a rir com os amigos, conhecer um novo restaurante na terra ou uma sessão de cinema fora de portas. Pode continuar a fazer tudo mas também pode poupar. Junte os amigos em casa, reduza os jantares fora a uma vez por semana ou por mês e prefira o videoclube das operadoras.
 


9. Mude de banco

Ou não mas, pelo menos, faça as contas. Sabe quanto paga, anualmente, de custos de comissão de conta, transferências e outras operações bancárias? Pois, nunca se lembra destes valores, verdade? Confirme quanto paga por mês porque há bancos onde, mediante algumas condições, paga muito pouco ou nada. 
 


10. Use uma app de combustível

Hoje em dia, há uma aplicação para tudo e também há para controlar o preço dos combustíveis. A app VivaGas mostra-lhe os postos de abastecimento mais próximos e mais económicos. Além disso, procure tirar partido de todas as vantagens oferecidas pelas gasolineiras como dias específicos de descontos, acordos com cadeias de hipermercado ou sistemas de pontos.
 


11. Tenha uma horta

Se tem espaço e talento para a jardinagem e agricultura, porque não cultivar as próprias hortícolas, ervas aromáticas ou frutos? Não só poupa no supermercado como tem produtos mais frescos, saudáveis e saborosos. 
 


12. Faça listas

De supermercado, de presentes, de tarefas, de viagens, de objetivos, enfim, faça tantas listas quantas forem necessárias. Ao listar o que tem a fazer ou comprar, não se perde no caminho e não gasta mais do que deve. Além disso, ter objetivos definidos, ajuda a focar no que quer alcançar, logo, se sabe que tem que poupar para comprar um frigorífico, vai obrigar-se a controlar os gastos.
 


13. Deixe os cartões em casa

Sempre que possível, levante apenas o dinheiro que precisa e deixe os cartões em casa, assim, evita as compras por impulso. Se não estava na sua lista ou se não foi esse o orçamento que estipulou, não gaste. 
 


14. Peça fatura com contribuinte

Com as novas regras do IRS, já sabe que se não pedir fatura com contribuinte não vai poder deduzir esse valor e acaba por perder o reembolso a que tem direito. Além disso, não se esqueça que, mensalmente, deve validar as suas faturas no portal E-Fatura para não ficar de fora do sorteio da Fatura da Sorte.
 


15. Prefira genéricos

Atualmente, muitos medicamentes já têm a versão genérica que, em muitos casos, pode significar uma poupança significativa. A única diferença está, precisamente, na marca. Sempre que possível, prefira os medicamentos genéricos.
 


16. Prepare uma ementa semanal

Ao definir, previamente, a ementa para todos os dias da semana, vai poupar bastante dinheiro a tempo. Porquê? Porque já sabe exatamente que ingredientes comprar, evita idas ao supermercado de última hora que resultam em compras de impulso. Controla melhor o que tem na despensa e no frigorífico e evita o desperdício.

 

17. Cancele a TV por cabo

Quantos canais tem em casa? 200? Quantos deles usufrui? 10? E o pacote de dados… precisa mesmo de estar sempre ligado? Ligue para a sua operadora e cancele aquilo que está a pesar-lhe no orçamento ou negoceie os valores.

 

18. Aproveite o wi-fi grátis

Seja dos estabelecimentos, seja aquele que a sua operadora disponibiliza (Fon Zon ou Meo Wi-Fi, por exemplo). Mas não para estar colado ao telefone enquanto está a almoçar com amigos! Apenas para fazer alguma comunicação que seja mesmo necessária, como enviar algum e-mail ou mensagem. 

 

19. Lave a roupa com água fria

Mais ou menos como a solução do termóstrato, esta é uma das maneiras mais rapidas de poupar dinheiro! Se lavar a roupa com água fria está a fazer uma poupança significativa na conta da energia e, garantimos, a sua roupa vai sair tão ou mais limpa do que se a lavasse com água quente.

 

20. Cancele o cartão de crédito

Precisa mesmo de um cartão de crédito? Se não tem dinheiro, não gaste. Este é meio caminho para se envolver em dívidas das quais vai ser muito difícil livrar-se. 

 

21. Compare os preços

Vai surpreender-se com a poupança que vai conseguir ao fazer uma coisa tão simples e básica como comparar os preços online antes de avançar com uma compra. As páginas Kuanto Kusta, ShopMania ou Izideal ajudam a descobrir onde está o preço mais baixo de um artigo.

 

22. Desligue a luz

Não vale a pena negar porque nós sabemos que se não sempre, pelo menos, de vez em quando, deixa as luzes de divisões vazias acesas. Quem diz a luz, diz o computador, a televisão, a impressora e por aí vai.  Ora, com isto, está a fazer apenas uma coisa: queimar dinheiro.

 

23. Mude as lâmpadas

As estatísticas dizem que as lâmpadas economizadoras permitem uma poupança de cerca de 30% na fatura da luz. Poupa na conta da eletricidade e poupa também o ambiente. Só vantagens naquela que é uma das maneiras rápidas de poupar dinheiro (vê logo na primeira conta da luz!).

 

24. Corte nos banhos

Calma! Tomar banho todos os dias (até mais do que uma vez) parece-nos uma excelente prática que não deve perder, porém, pode cortar no tempo que demora a lavar-se. Das duas uma: ou é mega rápido e demora menos de 5 minutos ou fecha a torneira sempre que se ensaboar.

 

25. Tenha uma arca congeladora

Com a ajuda de uma arca congeladora, vai conseguir fazer boas poupanças. Assim, pode aproveitar mais promoções porque tem onde armazenar tudo o que comprou e pode, também, congelar comida já preparada para dias em que não lhe apetece cozinhar. Assim, poupa corridas ao supermercado ou jantares fora.



26. Faça bem as contas

Não podíamos terminar sem lhe falar da nossa regra de poupança preferida. Para conseguir viver sem dívidas e poupar, deve dividir o seu oçamento familiar de acordo com o seguinte: 
  • Habitação - 35%: para todas as despesas relacionadas com a renda, condomínio e seguros, água, luz, gás internet, telefone, alimentação e despesas diárias.
  • Poupança - 10%: valor que deve guardar, sempre, no início de cada mês. 
  • Alimentação e compras - 25%: almoços ou jantares fora de casa, lazer e férias.
  • Transportes - 15%: despesas com prestação do veículos e seguros.
  • Outros empréstimos - 15%: para prestações relacionadas com crédito pessoal e cartões de crédito. Se puder evitar este gasto, tanto melhor!
 

Acabe o mês com mais dinheiro na conta graças às Dicas de Poupança da nossa Newsletter


Veja também: