Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Inês Pereira
Inês Pereira
24 Set, 2018 - 11:00

5 alimentos que os gatos não podem mesmo comer

Inês Pereira

Um bocadinho de atum aqui, um bocadinho de leite ali – todos os gatos gostam. Mas sabia que há alimentos que os gatos não podem mesmo comer?

5 alimentos que os gatos não podem mesmo comer

É quase impossível não cair na tentação de mimar o seu animal de estimação com comida deliciosa e diferente da ração que parece tão sem graça – e quem lhe disser o contrário está a mentir. E também não é novidade que qualquer amigo de 4 patas adora comida humana. Contudo, existem alimentos que os gatos não podem mesmo comer e dos quais devem manter-se afastados, já que podem resultar em problemas de saúde.

Se há coisas pelas quais os gatos são conhecidos são a astúcia e a agilidade, pelo que o melhor será mesmo esconder qualquer produto que possa ser nocivo para eles. Deste modo, salva o seu felino e o seu almoço. Tome agora nota de tudo o que deve guardar a 7 chaves.

Alimentos que os gatos não podem mesmo comer: conheça 5

Apesar de sabermos que tem as melhores intenções e que só quer satisfazer o seu amigo felino, a verdade é que pode prejudicá-lo quando lhe oferece comida humana. Desde problemas de saúde até mesmo à morte, muitos são os perigos à espreita numa tigela que contenha algo que não ração ou comida apropriada à espécie. Assim, é importante que conheça de A a Z os alimentos que os gatos não podem mesmo comer e que deve evitar dar-lhes.

Uvas e passas

uvas e passas são alimentos que os gatos não podem mesmo comer

As passas não reúnem consenso: há quem adore e quem não possa sequer pensar nelas. Já para os gatos podem mesmo ser venenosas, já que é bastante provável que levem à falência dos rins do animal. E as uvas, essas, têm o mesmo efeito. Esteja atento a sinais como vómitos, sede excessiva, letargia e quantidades exageradas de urina.

Os casos de intoxicação por uvas e passas foram apenas cientificamente descritos em cães. Já houve relatos de casos em gatos, no entanto, com poucas evidências – ou seja, não ficou 100% comprovado que nos gatos ocorre a intoxicação por uvas e passas. Mas, em caso de dúvidas, não custa evitar – certo?

Ovo cru

ovo cru é um dos alimentos que os gatos não podem mesmo comer

Neste caso a regra deve ser a mesma que é aplicada aos humanos: evitar ovos crus a todo o custo. A verdade é que este é um alimento que acarreta grandes riscos bacteriológicos, desde salmonelas a E. coli.

Chocolate

chocolate é um dos alimentos que os gatos não podem mesmo comer

O chocolate é um alimento extremamente perigoso para os gatos, já que pode tornar-se tóxico aquando da entrada no organismo dos felinos. Estimula excessivamente o sistema nervoso central do animal, o que se traduz em sintomas como vómitos, tremores, convulsões, temperatura corporal elevada, entre outros problemas.

Leite e outros produtos lácteos

Dar leite a um gato é um clássico, certo? Pois, fique a saber que é um grande erro, tendo em conta que, especialmente quando na idade adulta, muitos gatos são intolerantes à lactose e o seu sistema digestivo não consegue processar produtos lácteos corretamente. Pode mesmo originar desidratação e diarreia.

Peixe cru

peixe cru é um dos alimentos que os gatos não podem mesmo comer

Tal como acontece com os ovos, também o peixe cru é um dos alimentos que os gatos não podem mesmo comer. Ao fazê-lo, o animal corre o risco de ter uma intoxicação alimentar devidos às bactérias. Por outro lado, o peixe cru contém uma enzima que destrói uma vitamina essencial para os gatos, o que pode causar convulsões e problemas neurológicos.

Veja também