ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
David Afonso
David Afonso
03 Fev, 2021 - 17:10

Tudo o que precisa de saber sobre o alternador do motor

David Afonso

Sabe o que é o alternador do motor? Como funciona? Ou quais os seus principais componentes? Descubra tudo neste artigo para evitar problemas futuros.

pessoa a mostrar alternador do motor

O alternador do motor é uma parte fundamental para o bom funcionamento do carro. Com um alternador avariado a bateria descarrega, deixa de funcionar bem e em muitos casos nem deixa o carro arrancar.

Por esta razão, as funções e o papel do alternador do carro são fundamentais no seu funcionamento.

Neste artigo, vamos explicar tudo o que precisa de saber sobre este componente: o que é, como funciona e quais as consequências de um mau funcionamento.

Alternador do motor: o que é

O alternador do motor é um componente que tem como missão transformar a energia mecânica em elétrica. Essa eletricidade é usada para alimentar o sistema elétrico do carro, os seus sistemas de bordo e para recarregar a bateria do carro, ou manter a sua carga.

No fundo, acaba por ser uma das principais artérias do coração automóvel que, é o motor.

Como funciona o alternador do motor

O princípio de funcionamento é relativamente simples. O alternador do carro é acionado por uma corrente ligada ao motor, gerando corrente alternada que pode ser transformada em corrente contínua.

Tecnicamente, o processo ocorre da seguinte forma: quando colocamos a chave na ignição, a bobina do rotor do alternador é alimentada com corrente e, quando começa a girar, começa a gerar energia.

Assim, quando o motor é ligado, o regulador é autoalimentado com energia produzida pelo próprio alternador. Desta forma, torna-se autossuficiente e fornece a energia necessária para atender às demandas dos sistemas que facilitam a condução e a vida a bordo no carro, como o ar condicionado, a direção hidráulica ou o sistema de rádio.

Se o alternador estiver a funcionar corretamente, a luz do painel de instrumentos apaga-se. Se a luz não apagar após o arranque do carro, então pode ser uma indicação de que o alternador não fornece energia aos sistemas auxiliares.

Para que serve o alternador?

Após definirmos o que é e como funciona o alternador, importa também perceber o principal propósito deste elemento.

Os sistemas elétricos de um carro convencional operam com uma voltagem de 12 volts. Estamos, portanto, a falar dos sistemas de luzes, rádio, sistema de ventilação, escovas, etc. No fundo, todos os componentes que pressupõem componente elétrica.

Quando o carro está desligado, é a bateria que fornece energia a estes componentes. Quando o motor liga, é o alternador que passa a despenhar essa função e a repor a carga na bateria. Sem um alternador, a bateria precisaria ser recarregada externamente.

No caso dos carros mais recentes, com outro tipo de evolução tecnológica, o sistema elétrico de 48 volts não têm alternador. Por outro lado, estes veículos possuem um gerador de energia ligado a uma bateria de alta tensão.

É um alternador inteligente, e reversível, que também atua como motor de arranque e gerador de energia elétrica. Para além disso, auxilia o motor de combustão em momentos específicos.

Importa, ainda, referir que, nos carros elétricos, o alternador convencional não faz sentido porque existem baterias próprias. Logo, não há necessidade de gerar corrente elétrica para alimentar os sistemas do carro.

alternador do motor

Principais componentes do alternador do motor

Agora que já sabe como funciona, conheça as peças que possibilitam este processo.

Polia

É a peça que recebe a força mecânica do motor de combustão através de uma correia, geralmente um V-poly. Esta polia é fixa no eixo do alternador e é responsável por movimentar o rotor que está no seu interior.

Rotor

É a parte móvel do alternador. É formado por um eletroíman que recebe corrente do regulador através de anéis coletores localizados no eixo (Mancal de Acionamento e Mancal do coletor).

Assim, este eletroíman produz um campo magnético, que produz, por sua vez, a corrente elétrica necessária para alimentar os componentes elétricos do carro.

Regulador

É responsável por manter uma tensão máxima de saída do alternador e regular a amperagem de que a bateria necessita, consoante o tipo de veículo, mais antigo ou moderno.

Estator

É a parte fixa sobre a qual está localizado o enrolamento trifásico. Pode ter a forma de uma estrela ou de um triângulo.

Retificador Placa de Diodos

Este componente do alternador do motor é o elemento encarregue de retificar a corrente de saída do alternador (por ser alternada), tornando-a contínua e viável para uso no carro.

O alternador do carro pode avariar?

Claro que sim. As luzes do painel permitem identificar qualquer avaria no alternador do carro. Antes de se colocar em gastos, tente perceber como pode resolver o problema.

Com efeito, esteja atento, a possíveis sinais como:

  • Perda de energia nos sistemas de assistência à direção (ABS, Controlo de Estabilidade, Controlo de Tração ou Direção Hidráulica);
  • Intermitência no sistema de luzes;
  • Mau funcionamento dos vidros;
  • Escova limpa para-brisas;
  • Etc.

A título de curiosidade, o preço de um alternador pode rondar os 400-600 euros. Não obstante, a este valor deve ainda acrescentar mão de obra e a sua instalação. Por isso, esteja sempre em cima de qualquer sintoma que assinalámos. Estes valores já dão para ter uma ideia dos custos que pode vir a ter.

Em suma, agora que sabe a importância do alternador do motor, tenha sempre em atenção qualquer sinal vindo do painel de instrumentos. Estes podem ser os seus melhores amigos e evitar uma série de problemas ao seu carro.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].