Publicidade:

Aprenda a fazer arranjos de flores naturais que vão impressionar

Adora arranjos de flores naturais mas não sabe bem por onde começar? Damos-lhe algumas sugestões de como o fazer e impressionar.

Aprenda a fazer arranjos de flores naturais que vão impressionar
Dicas para ter os arranjos mais bonitos

Se há coisa que embeleza automaticamente um espaço são os arranjos de flores naturais. O ambiente fica mais leve, mais fresco, mais colorido e mais cheiroso. Mas comprar um arranjo de flores já pronto, além de ser bastante caro, pode não lhe encher totalmente as medidas.

Veja as sugestões que temos para lhe dar e crie os seus próprios arranjos de flores naturais, sem ter de gastar um balúrdio em produtos já feitos ou num curso de arranjos florais.

Como fazer arranjos de flores naturais que vão surpreender


Para conseguir elaborar arranjos de flores naturais elegantes não precisa investir rios de dinheiro. Basta um pouco de imaginação, algumas dicas, delicadeza e, claro está, bom gosto. No que diz respeito às flores as opções são quase infinitas. Existem para todos os gostos e permitem inúmeras combinações.

Conhecer as flores e espécies

Quando faz um arranjo de flores naturais, a ideia é que se mantenha bonito o máximo de tempo possível. Para consegui-lo, é muito importante que conheça a “matéria-prima”, isto é, a época das flores e sua durabilidade. Se estivermos nas estações de inverno, existem algumas espécies mais adequadas, enquanto que no verão pode arriscar um pouco mais.

Na dúvida, opte por espécies que existem durante todo o ano, como as rosas, por exemplo. Faça umas pesquisas na internet ou informe-se com uma florista para tirar as suas dúvidas. Entretanto, nós damos uma ajudinha com as principais espécies de flores para cada estação:

  1. Primavera: prefira os lírios, girassóis, narcisos, gipsófila, túlipas, petúnias e, claro, rosas;
  2. Verão: nesta estação opte por orquídeas, suculentas, peónias brancas ou cor-de-rosa, hortênsias e flores do campo;
  3. Outono: use e abuse de flores secas. Pode também optar por hibiscos, amores-perfeitos, perpétuas, túlipas, camélias, lírios e orquídeas;
  4. Inverno: esta é a estação mais complexa para escolher flores, mas as orquídeas, lisiantos, cravos e lírios serão boas escolhas.

Saber onde vai colocar os arranjos

Outra questão importante é perceber onde vai colocar os arranjos de flores naturais. No exterior ou dentro de casa? Tudo isso tem implicações na hora de fazer o arranjo. Se for colocar lá fora, mesmo em dias de sol e sem vento, deve optar por espécies mais resistentes. No caso de espaços mais protegidos e interiores, é possível ser um pouco mais ousado e experimentar flores mais sensíveis.

arranjos flores

Finalize com um pouco de brilho

Para quem gosta de dar um toque especial no fim, esta dica pode ser muito útil. Na água de borrifar os arranjos, misture um pouco de glitter (existem brilhos próprios para este efeito). No final do processo pulverize folha a folha e flor a flor e comprove por si mesmo o resultado final.

Caso prefira algo mais natural, junte antes um pouco de álcool na água do pulverizador e passe delicadamente um pano macio nas folhas.

Teste várias vezes

“Depressa e bem, há pouco quem”. E de facto não há nada como a prática. Não espere que, à primeira tentativa, os seus arranjos de flores naturais fiquem logo iguais aos da Martha Stewart. Vai mesmo ter de praticar, de experimentar, de falhar e de voltar a tentar. Não desista, use a criatividade e o engenho e, acima de tudo, divirta-se a fazê-lo.

Escolha bem os vasos

Esta questão é igualmente importante. Imagine que consegue fazer um arranjo bonito e do qual se orgulha imenso. Mas depois, na hora de o colocar no vaso, apercebe-se de que a escolha não foi a mais adequada… Nunca tire o protagonismo das flores com o vaso. Escolha peças discretas e elegantes para dar um ar sofisticado à decoração. Se é daquelas pessoas que prefere mesmo vasos bem berrantes, contraste então com flores mais discretas e menos vibrantes.

Trate bem dos seus arranjos

Depois de todo o trabalho e esforço para conseguir resultados bonitos, não deite tudo a perder com uma má manutenção. Cuide bem dos seus arranjos. Não descuide a luz solar, hidratação, e higienização dos vasos onde os vai colocar. Lembre-se ainda de os deixar respirar. A água gelada também deve ser evitada, uma vez que causa choque térmico, o que pode diminuir a resistência das plantas.

Como fazer arranjos de flores naturais passo a passo


arranjos flores

Ao elaborar os seus arranjos de flores naturais, há algum material básico que deve ter à mão. Reúna todos estes elementos, para que nada lhe falhe:

  • Tesoura simples ou de jardinagem. Opte por uma de qualidade, vai usá-la para cortar fitas, elásticos, plásticos e embalagens;
  • Uma faca pequena, muito útil para para cortar a espuma floral e para podar o talo das flores;
  • Uma tesoura de poda bem afiada é fundamental para deixar os talos impecavelmente arranjados;
  • Espuma floral: use idealmente uma espuma verde para que seja menos detetável aos olhos. Deve deixá-la de molho para que facilmente absorva e fixe os arranjos;
  • Borrifador de água: ideal para dar o toque final.

Sugestão de processo:

  1. Comece por separar todos os materiais que vai utilizar para montar os arranjos de flores naturais. Coloque a espuma floral dentro de água, até que fique totalmente ensopada;
  2. Corte os caules das folhagens e das flores sempre na diagonal (isto faz com que a água seja melhor absorvida e, consequentemente, com que os ramos durem mais tempo);
  3. Coloque a espuma já repleta de água sobre o prato onde vai montar o arranjo e comece então a fixar as folhagens;
  4. Depois das folhagens, é altura de fixar as flores;
  5. Para finalizar, borrife ao arranjo com água (perfumada se desejar) e com algum brilho se for da sua preferência.
  6. Transfira para o suporte onde vai deixar o arranjo e contemple o seu lindo enfeite.

Veja também: 

Helena Peixoto Helena Peixoto

‘If you can dream it, you can do it’: é assim que gosta de pensar e viver a vida. Casada, com um filho e com um cão, vê na família e amigos os seus bens mais preciosos, mas não passa sem um bom desafio profissional. Comunicar é a ‘sua praia’, seja em canais mais institucionais ou meios mais informais. Adora um bom filme, uma viagem dentro ou fora do país, é apaixonada por animais e anda sempre ‘à caça’ das últimas promoções.

Limpeza e Arrumação