Publicidade:

Conta à ordem: o que é e como funciona

A conta à ordem é o produto bancário mais usado pelos portugueses, sendo quase impossível não ter uma. Fique a conhecer melhor este tipo de conta.

Conta à ordem: o que é e como funciona
Saiba tudo sobre a conta à ordem

Hoje em dia, quase toda a gente tem uma conta à ordem, também conhecida por conta corrente ou depósito à ordem, sendo quase impossível viver sem uma.

Este é, provavelmente, o produto bancário mais generalizado e serve para que as pessoas coloquem todo o seu dinheiro num lugar seguro, em vez de o deixarem guardado nas suas casas.

Conta à ordem: tudo o que precisa de saber


conta à ordem

Abrir uma conta à ordem é estabelecer um contrato entre o cliente e o banco, que se torna no fiel depositário do dinheiro colocado na conta, do qual o titular da mesma é proprietário.

Nesta modalidade, o banco fica obrigado disponibilizar ao titular da conta cartões ou cheques e ainda a restituir a qualquer altura o dinheiro que o cliente lhe confiou, ou seja, o valor inserido na conta à ordem encontra-se sempre disponível para o cliente.

O titular pode levantar o seu dinheiro em caixas Multibanco ou usá-lo para fazer transferências bancárias ou pagamento de serviços, por exemplo.

Facilidade na movimentação do dinheiro

A conta à ordem permite ao seu titular uma maior facilidade de gestão e movimentação de dinheiro sempre que o mesmo precisar, tendo vindo a ser alvo de melhorias pelos bancos em relação às formas de movimentação desse montante.

Os cartões bancários, o serviço telefónico e a Internet têm contribuído bastante para a crescente comodidade e rapidez de acesso a vários produtos e serviços bancários.

Como movimentar o dinheiro da conta à ordem

Os meios mais usados pelos clientes para a movimentação do dinheiro são:

Características da conta à ordem

Este tipo de conta permite:

  • Flexibilidade de movimentação;
  • Gerir melhor o dia a dia;
  • Acesso a vários produtos e serviços.

Montante necessário para abrir uma conta à ordem

Existe um valor estabelecido pela maioria dos bancos para que o cliente consiga abrir uma conta à ordem, não podendo ser geralmente inferior a 250€, a quantia necessária para ser o saldo médio da conta.

É possível abrir a sua conta à ordem com um valor inferior ao mencionado, mas acabarão por lhe serem cobradas despesas de manutenção.

Custos associados à conta

À exceção de contas à ordem com características especiais, como, por exemplo, contas ordenado ou contas jovem, todas as outras possuem encargos de manutenção que serão determinados consoante o envolvimento comercial ou o uso da conta à ordem.

Uma vez que o custo de manutenção varia de banco para banco, pesquise as melhores opções disponíveis no mercado para conseguir, assim, economizar mensalmente algum dinheiro.

Juros da conta à ordem

Cuidado com o valor dos juros quando escolher o banco para abrir a sua conta, pois estes costumam ser contados diariamente e de acordo com o saldo médio e a taxa de juro em vigor.

As taxas podem ser determinadas consoante os escalões ou pelo sistema de taxa única. No caso do titular da conta ter direito a juros, os bancos costumam creditá-los todos os meses.

Documentos necessários para abrir uma conta à ordem

Quando for abrir uma conta no banco, terá de apresentar documentos e elementos que contenham estas informações:

  • Nome completo e assinatura;
  • Morada completa;
  • Data de nascimento;
  • Nacionalidade;
  • Profissão e Entidade Patronal, se houver;
  • Cargos Públicos que exerça;
  • Tipo, número, data e entidade emitente do documento de identificação.

No caso de Pessoas Coletivas, os documentos e elementos a apresentar são:

  • Número de Identificação de Pessoa Coletiva;
  • Endereço da sede;
  • Objeto;
  • Denominação Social;
  • Identidade dos titulares dos órgão de gestão da Pessoa Coletiva;
  • Identidade dos titulares de participações no capital e nos direitos de voto da pessoa coletiva de valor igual ou superior a 25%.

Depois de apresentar todos os documentos e elementos de acordo com Aviso n.º 11/2005 do Banco Portugal, deve preencher a ficha de assinaturas que o banco disponibiliza para a abertura da conta à ordem.

É nessa ficha, que representa o contrato realizado entre o banco e o cliente, que deverão estar referidas todas as condições, direitos e obrigações para as partes envolvidas.

Não se esqueça de ler com atenção as condições gerais da abertura de conta, que surgem em anexo à ficha mencionada. O banco tem a obrigação de disponibilizar esta informação ao cliente.

Veja também:

Cátia Tocha Cátia Tocha

Formada em Ciências da Comunicação pela Universidade Autónoma de Lisboa, onde concluiu Licenciatura e Mestrado, começou o seu percurso como jornalista na Rádio. Hoje, escreve sobre diferentes áreas e tem já alguns anos de experiência na escrita para meios online.