Publicidade:

10 dicas para melhorar perfil no LinkedIn

Siga as nossas dicas para melhorar o seu perfil no LinkedIn. Coloque-as em prática, e o seu perfil será mais valorizado. Experimente!

10 dicas para melhorar perfil no LinkedIn
Saiba como atrair recrutadores através do LinkedIn

Aqui ficam as nossas dicas para melhorar o perfil no LinkedIn. Umas mais relacionadas com o conteúdo, outras com a imagem, mas sempre com um foco essencial: saber que será do cruzamento destes fatores que resultará no aumento da sua visibilidade na rede.

10 dicas para melhorar perfil no LinkedIn


Como tornar o seu perfil irresistível?

Por muito importante que seja ter um perfil de qualidade no LinkedIn, não é de todo fácil sobressair num universo de cerca de 500 milhões de utilizadores. No entanto existem inúmeras maneiras de contornar o problema.  Conheça as nossas 10 dicas para melhorar perfil no LinkedIn.

perfil no linkedinFonte: Pexels/Licença cc0

1. Promova-se dentro e fora da rede

Uma das dicas mais importantes para melhorar o alcance do perfil do seu LinkedIn é promovê-lo além do próprio LinkedIn. Tenha em conta que em 500 milhões de utilizadores, é muito fácil existirem centenas de perfis com nomes e profissões idênticas, e só esse fator poderá levar a que muitos perfis estejam condenados à obscuridade.

Uma das maneiras de contornar essa situação é criar um website pessoal, com link de e para a sua página de LinkedIn. Com um pequeno investimento poderá colocar o seu site bem posicionado nos motores de busca. O Google Adwords é uma ferramenta concebida para dar mais visibilidade ao seu site.

2. Headline ou Tagline?

Use o seu headline como se fosse uma tagline. Ou seja, no campo “headline” escolha as palavras-chave certas, pois essas palavras funcionam como tags, que vão ser decisivas quando alguém fizer uma pesquisa no motor de busca do LinkedIn. Use as palavras-chave, e as expressões pelas quais gostava de ser encontrado pelas empresas onde gostaria de trabalhar.

Esta área tem 120 caracteres à sua disposição, por isso, aproveite para se dar a conhecer um pouco mais, em vez de simplesmente colocar a sua profissão, ou a sua área de formação.

3. Ter uma excelente foto de perfil

Não nos cansamos de o dizer: a foto que usa para se mostrar às empresas deve ser realmente boa, e profissional. Ter a foto de perfil certa no LinkedIn é fundamental para conseguir provocar empatia nas pessoas que quer que reparem em si.

Para isso deve escolher uma foto apropriada para o tipo de atividade profissional em que atua. Se tiver dúvidas, tire ideias. Visite vários perfis de pessoas que estão em posições que admira, e inspire-se. Estudos referem que uma boa foto aumenta a probabilidade de o perfil ser visto em 40%. Resulta sempre melhor uma foto em que o rosto aparece em primeiro plano, centrado, sem qualquer elemento de fundo que possa distrair a atenção.

4. Foto de capa – uma forma de completar visualmente o seu perfil

Use uma boa foto de capa, que sirva como complemento à foto de perfil. Como a foto de perfil se pretende que transmita uma imagem profissional de si próprio, a foto de capa poderá ter outros elementos que ajudem a compor a imagem geral que quer transmitir. Por exemplo, se for um músico, porque não ter uma foto de capa com uma imagem icónica de um concerto? Poderá ser também uma imagem abstrata, que funciona como uma imagem de marca.

perfil no linkedinFonte: Pixabay/mohamed_hassan

5. Ter um perfil noutro idioma

Construa um perfil também noutro idioma. Talvez seja boa ideia, por exemplo, ter um perfil em inglês e um em português, uma vez que poderão pesquisar por si com palavras-chave em inglês, ou noutras línguas.

6. Utilize Palavras-Chave no seu perfil

Aqui pode residir o sucesso ou a “morte do artista”. Ao completar o seu perfil no LinkedIn, tenha sempre em mente que quanto mais localizável pelos motores de busca (Google, Bing, etc.), maiores serão as hipóteses de ser encontrado. Inclua termos que estejam diretamente relacionados com a sua área de atividade e com a sua experiência profissional.

7. Estabeleça uma rede de contactos estratégica

É certo que quanto maior for a sua rede de contactos no LinkedIn, maiores serão as probabilidades de constar na pesquisa de outros utilizadores (podendo um deles ser o seu futuro recrutador).

No entanto, mais que ter uma grande rede de contactos, importa que tenha uma boa rede de contactos. Significa que deve tentar filtrar as pessoas a quem se liga. Colegas de profissão ou especialistas na sua área de atividade são bons exemplos. Estes contactos podem ser facilmente conseguidos através da participação nos grupos do LinkedIn.

8. Incorpore as suas Recomendações Profissionais

No que às recomendações diz respeito, embora os especialistas recomendem que estas sejam espontâneas, não se iniba de contactar antigos colegas de trabalho, por exemplo. Estas recomendações podem ser essenciais para que os recrutadores percebam quais são as suas competências profissionais e os seus pontos fortes. Os recrutadores vão querer saber que tipo de conhecimentos técnicos detém ou quais são as áreas em que é mais experiente e nada melhor que ver essas características destacadas por outros colegas.

9. Personalize o seu URL

Ter um URL personalizado pode ser essencial para que o seu perfil no LinkedIn apareça nos resultados de pesquisa dos motores de busca, além de que se torna mais atrativo para partilhar.

10. Seja pró-ativo

Seja ativo, publique textos relacionados com as suas áreas de interesse profissionais, interaja com outros utilizadores, partilhe artigos especializados… Deixe a sua pegada e torne-se “apetecível” para os recrutadores.
Esperamos que estas dicas para melhorar perfil no LinkedIn lhe sejam úteis. Não se esqueça: além de aprimorar a sua página nesta rede social, deve publicar regularmente conteúdo de qualidade e que enriqueça a rede. O seu contributo será valorizado!

Veja também:

Catarina Reis Catarina Reis

Consultora de carreira com mais de 10 anos de experiência, possui formação superior em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia. É naturalmente curiosa, desenvolvendo múltiplos projetos paralelos que envolvem a Fotografia, a Música, o Marketing Digital e o Cinema.