Publicidade:

Provas de aferição 2018: tudo o que precisa saber

Pelo segundo ano consecutivo, após a sua implementação, as provas de aferição para o Ensino Básico estão aí à porta. Fique a par de tudo.

Provas de aferição 2018: tudo o que precisa saber
As provas de aferição avaliam, mas não contam para a nota

Tal como o nome indica, as provas de aferição servem para aferir o grau de aquisição de conhecimentos do aluno.

As provas de aferição avaliam, mas não contam para a nota


Extintos os exames nacionais do quarto e do sexto anos, foram implementadas as provas de aferição desde 2016 para avaliar os conhecimentos que os alunos portugueses têm de Português, de Matemática e de outras matérias curriculares. As provas são realizadas no final do ano letivo, no fim do primeiro ciclo e do segundo ciclo do ensino básico, e também na segunda classe e no oitavo ano.

provas de aferição

Provas de aferição: perguntas e respostas

Ao contrário do ano letivo de 2016-2017, em que o Governo determinou a não-obrigatoriedade da realização das provas de aferição, tendo tido apenas adesão por parte de 57% das escolas nacionais, em 2017-2018 a sua aplicação já tem um carácter universal e obrigatório, sendo realizadas numa fase apenas, nos 2.º, 5.º e 8.º anos de escolaridade.

Quais os procedimentos associados à realização das provas de aferição?

Em termos logísticos, as provas de aferição exigem quase o mesmo das escolas que os exames nacionais. Por exemplo, é necessário nomear professores vigilantes que possam estar presentes nas salas enquanto se realiza a prova. Porém, deixou de ser necessário suspender as aulas das turmas que não fazem prova, como acontecia no passado para os alunos sujeitos a exame nacional. A suspensão das aulas terá criado agitação entre as famílias e a necessidade de modificar as rotinas das crianças, o que não foi bem acolhido pela comunidade.

Que novidades serão implementadas este ano?

Este ano letivo foram introduzidas algumas alterações. Assim, além das provas de expressões artísticas, expressões físico-motoras,  português e estudo do meio, matemática e estudo do meio, história e geografia de Portugal, matemática e ciências naturais, ciências naturais e físico-químicas, e português, teremos também provas de educação musical e educação visual e educação tecnológica no quinto ano. No oitavo ano, deixa de haver lugar às provas de ciências naturais e físico-químicas e de português, para dar lugar às de matemática, educação física e educação visual.

Calendário das provas de aferição para 2018

Entre 2 e 18 de maio realizam-se as provas do segundo ano. Já entre 21 de maio e 08 de  junho terão lugar as provas do quinto ano, enquanto que as provas do oitavo ano realizam-se entre 21 de maio e 12 de junho.

Há vantagens em aferir os conhecimentos dos alunos sem os avaliar?

As provas de aferição são corrigidas e dessa correção resulta um relatório que destaca os pontos fortes e menos fortes de cada aluno nas disciplinas avaliadas. A avaliação é externa, pelo que tanto os alunos como os professores têm acesso a uma visão objetiva e independente dos conhecimentos demonstrados pelos alunos.

Veja também:

Catarina Reis Catarina Reis

Consultora de carreira com mais de 10 anos de experiência, possui formação superior em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia. É naturalmente curiosa, desenvolvendo múltiplos projetos paralelos que envolvem a Fotografia, a Música, o Marketing Digital e o Cinema.