Publicidade:

Quanto custam as escolas privadas

Está a pensar colocar o seu filho a estudar em escolas privadas mas não tem noção dos preços? Pesquisamos os valores médios para o ajudar a fazer as contas.

Quanto custam as escolas privadas
Mensalidade, transportes e alimentação fazem parte das contas

Para além dos cuidados de saúde, a educação escolar é das coisas que qualquer pai faz questão de proporcionar aos filhos. Em Portugal, temos a vantagem de ter uma boa oferta de escolas públicas, mas há quem prefira ter os filhos em escolas privadas. Mas quanto custa a educação nestas instituições?

Regra geral, as escolas privadas dominam o ranking anual das melhores instituições de ensino, avaliadas pelos resultados dos exames nacionais. O bom desempenho dos alunos das escolas privadas reflete, à partida, o ensino de qualidade destas instituições. Como em tudo na vida, a qualidade paga-se bem, e no ensino não é exceção.

Custos da educação em escolas privadas

escolas-privadas

O ensino obrigatório em Portugal é até ao 12º ano de escolaridade, sendo que a inscrição no infantário e pré-escola (antes dos 6 anos) são facultativas. Considerando apenas os 12 anos de ensino obrigatório, consultamos a tabela de preços de algumas das principais escolas privadas em Portugal para perceber quanto custa, em média, ter um filho a estudar no ensino particular.

A mensalidade é a grande variável que faz com que os preços vão aumentando à medida que o aluno passa para o grau escolar seguinte. As restantes despesas fixas, como matrícula ou transportes, são iguais para qualquer ano. Deixamos os valores indicativos para que possa fazer as contas.

Despesas fixas comuns

  • Matrícula: 300€
  • Seguro escolar: 50€
  • Transporte (ida e volta): 100€
  • Alimentação (1 refeição e 1 lanche): 100€

Mensalidades (10 prestações)

  • 1º Ciclo do Ensino Básico (1º ao 4º ano): 450€/mês = 4500€ por ano
  • 2º Ciclo do Ensino Básico (5º e 6º ano): 460€/mês = 4600€ por ano
  • 3º Ciclo do Ensino Básico (7º ao 9º ano): 470€/mês = 4700€ por ano
  • Ensino Secundário (10º ao 12º ano): 495€/mês = 4950€ por ano

Para além destas despesas, deve também equacionar outros gastos como: livros escolares (até 300€ dependendo do ano), prolongamento de horário, atividades extra curriculares (cada modalidade custa em média 50€/mês), fardas, cartão de estudante, mensalidade para apoio da reprografia e outras atividades escolares (70€) e quotas da associação de pais.

Contas feitas, manter um filho a estudar em escolas privadas pode custar, em média, entre 5500€ e 6000€ por ano, dependendo do ano em que estiver inscrito. Se multiplicar estes valores por 12 anos de escolaridade obrigatória vai gastar entre 66 mil euros e 72 mil euros. Portanto, se ainda não começou convém começar já a poupar para educação dos seus filhos!

Veja também:

Alexandra Nunes Alexandra Nunes

Alexandra Nunes é jornalista com experiência em imprensa e rádio. Depois de quase uma década a trabalhar na Rádio TSF partiu rumo ao Médio Oriente. A sede de conhecer novos mundos levou-a até ao Dubai, onde vive atualmente. Por lá, tem-se dedicado a explorar novas áreas da Comunicação e escreveu a biografia “Uma Mulher no Topo do Mundo” sobre a primeira portuguesa a chegar ao topo do Monte Evereste. É apaixonada por viagens, pessoas e as suas estórias.

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].