Publicidade:

Trabalhar no fim de semana: tudo o que deve saber

Trabalhar no fim de semana faz parte da rotina de vários setores profissionais com horário contínuo. Conheça a legislação em vigor e fique a saber os seus direitos.

Trabalhar no fim de semana: tudo o que deve saber
Saiba o que implica trabalhar no fim de semana

Trabalhar no fim de semana pode ser uma prática definida para quem trabalha por turnos, uma necessidade de horas extra por parte da empresa ou simplesmente uma oportunidade de rendimento extra. Seja qual for a situação é fundamental conhecer a legislação em vigor. Saiba mais.

Trabalhar no fim de semana: horas extra


Está definido na lei que o trabalho suplementar só deve ocorrer quando a empresa tiver necessidades pontuais de horas extra face a um aumento transitório de trabalho.

O trabalho suplementar em período normal de trabalho não pode exceder as duas horas diárias, nem as 50 horas semanais e confere ao trabalhador o direito a um descanso remunerado.

O descanso compensatório é atribuído ao trabalhador quando este atingir um número de horas equivalente a um dia de trabalho. Esse direito deve ser usufruído nos 90 dias seguintes.

Se as horas extra forem atribuídas a um dia de descanso obrigatório, o descanso remunerado deve ocorrer nos 3 dias seguintes.

Dispensa de trabalho suplementar

Existem casos em que o trabalhador não é obrigado a cumprir as horas extra na sua empresa, desde que apresente motivos que justifiquem a sua dispensa:

  • causar riscos para a saúde do trabalhador;
  • apoio a familiares durante o período atribuído ao trabalho suplementar;
  • grávidas ou com filhos até um ano;
  • trabalhadores-estudantes;
  • menores;
  • portador de deficiência.

Pagamento de horas extra

A primeira hora extra em dia de trabalho normal é paga com um acréscimo de 25% e a partir da segunda 37,5%. Se as horas extra forem realizadas num dia de descanso semanal – obrigatório ou suplementar – ou a um feriado, a compensação aumenta em 50% por cada hora adicional.

Trabalhar no fim de semana dentro do período normal de trabalho

Existem casos em que o período normal de trabalho inclui um horário ao fim de semana, como é o caso do setor do turismo, restauração, hotelaria, comércio, serviços de saúde, proteção civil, entre outras atividades profissionais semelhantes.

Neste tipo de situações em que o funcionamento da empresa ou entidade exige um trabalho contínuo, os horários e as folgas estão distribuídos por norma de forma rotativa.

Como nestes sectores se prevê o horário de trabalho ao fim de semana, o trabalhador não tem direito a qualquer acréscimo remuneratório ou de descanso associado.

Para mais informações sobre a legislação em vigor, deverá consultar o Código do Trabalho disponível no site da Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego (CITE).

Se considera trabalhar ao fim de semana

Com a atual situação financeira do país muitas pessoas optam pelo trabalho ao fim de semana para obter uma renda adicional. Alguns assumem essa necessidade justificando que o rendimento obtido durante a semana não é suficiente para suportar os gastos mensais.

Outros usam esse dinheiro como única fonte de rendimento, como é o caso, por exemplo, dos estudantes. Há ainda quem goste de aproveitar o seu tempo livre para amealhar dinheiro a fazer aquilo que lhe dá mais prazer.

Seja qual for o seu caso, é importante que saiba que existem inúmeras soluções para investir o seu tempo ao fim de semana e ganhar um dinheiro extra. Saiba mais.

Trabalhar no fim de semana: 9 sugestões para aumentar o rendimento


1. Cliente Mistério

E se o seu trabalho ao fim de semana fosse ir às compras? Sim, isso pode ser uma realidade. Hoje em dia existem muitas organizações que recorrem a clientes mistério para avaliarem a qualidade dos produtos e serviços de determinadas empresas.

Para conseguir uma oportunidade de trabalho nesta área poderá inscrever-se em plataformas direcionadas para estes serviços, como por exemplo:

2. Part-time em bares, restaurantes ou lojas

Se tem interesse por estas áreas saiba que muitos estabelecimentos dispõem de ofertas específicas para o fim de semana.

Para se candidatar a este tipo de part-time deverá:

  • consultar ofertas disponíveis em anúncios da internet;
  • enviar o seu curriculum vitae e carta de motivação por email para estabelecimentos da sua preferência;
  • dirigir-se pessoalmente aos estabelecimentos, demonstrar o seu interesse e disponibilidade para uma eventual vaga. Não se esqueça de se fazer acompanhar do seu currículo devidamente atualizado. A facilidade de comunicação, a proatividade, a empatia, o sentido de responsabilidade, o domínio de línguas e uma apresentação cuidada são alguns dos requisitos fundamentais para se ser bem-sucedido nestas atividades.

3. Explicador

Se tem uma paixão pelo ensino e domina uma ou mais disciplinas, poderá trabalhar ao fim de semana a dar explicações. O valor deve ser estipulado à hora ou ajustado em packs de horas mediante o objetivo de cada aluno.

Neste tipo de atividade conseguirá ter uma grande flexibilidade de horários e ainda lhe sobrará tempo para aproveitar o resto do fim de semana.

Quanto mais explicações conseguir dar, maior será o seu rendimento. Em épocas de exames, a procura destes serviços é ainda maior, o que irá permitir que aumente a sua renda num curto espaço de tempo.

4. Promotor

Neste tipo de atividade o foco é a dinamização e promoção de vendas, marcas e eventos. Usualmente o valor é pago à hora e varia consoante a empresa que contrata o serviço.

Para aceder a ofertas nesta área poderá realizar uma pesquisa na internet ou efetuar a sua inscrição diretamente numa das várias empresas especializadas para o efeito, como por exemplo:

5. Serviços complementares em eventos

Pode usar, por exemplo, os seus talentos musicais, de fotografia ou de animação infantil para garantir uma renda extra através de serviços prestados em eventos. Poderá trabalhar como freelancer em casamentos, batizados, aniversários, festas particulares ou eventos empresariais.

Para se iniciar nesta área deve começar por divulgar os seus serviços na internet ou entrar em contacto direto com espaços ou empresas da área.

Existem muitas empresas especializadas em animação e organização de eventos que possuem uma base de clientes e um fluxo de trabalho que será interessante para quem quer aumentar a sua renda mais rapidamente. Faça uma pesquisa pelas empresas mais próximas da sua área de residência, entre em contacto e demonstre o seu talento.

6. Ensino de línguas

Se domina um ou mais idiomas, saiba que pode aumentar os seus rendimentos a ensinar os outros. Conseguirá não só ajudar pessoas do seu país como poderá ensinar novas línguas a pessoas de todo mundo. Poderá fazê-lo presencialmente ou através da internet.

De forma a aumentar mais rapidamente o seu nº de alunos, deverá inscrever-se em plataformas direcionadas para este tipo de atividade, como a Verbalplanet, a Verbling ou a Italki.

7. Babysitting

Ganhe um dinheiro extra a fazer serviços de babysitting. Se adora crianças, saiba que pode arranjar um trabalho ao fim de semana a tomar contas dos mais pequenos.

Hoje em dia esta necessidade é cada vez mais frequente em muitas famílias e os pais precisam de alguém de confiança para cuidar dos seus filhos.

Inicialmente poderá divulgar os seus serviços junto de familiares, vizinhos ou amigos. Se quiser aumentar a sua renda mais rapidamente coloque anúncios na internet e inscreva-se em sites especializados nesta área, como por exemplo:

Para se destacar perante outros profissionais e ser mais bem-sucedido nesta atividade, deverá ponderar realizar uma formação em cuidados de crianças e em primeiros socorros infantis.

8. Freelancer

Inúmeras empresas e particulares podem estar a precisar do seu talento. Porque é que não realiza o seu trabalho ao fim de semana em regime de freelancer?

Poderá explorar inúmeras áreas como por exemplo, tradução, escrita, design, programação, fotografia ou outra qualquer que esteja associada a um talento seu.

Aceda a plataformas direcionadas para este regime de trabalho e comece hoje mesmo a explorar oportunidades:

9. Workshops

Se tem um dom não o esconda. Partilhe os seus talentos com outras pessoas e ganhe dinheiro com esse trabalho ao fim de semana.

Organize e divulgue, por exemplo, workshops de fotografia, costura, culinária ou artesanato e permita que os outros aprendam a sua arte.

Para o ajudar a iniciar esta atividade poderá recorrer à plataforma Workshops.pt e ligar-se a potenciais interessados no seu talento.

Lembre-se: Para ser bem-sucedido profissionalmente é fundamental que consiga sempre garantir organização, profissionalismo, capacidade de resposta aos desafios e qualidade nos seus serviços.

Veja também:

Ana Luísa Machado Ana Luísa Machado

Ana Luísa Machado é Mestre em Psicologia e possui formação em Marketing Digital & Ecommerce. É uma foodie assumida e uma apaixonada por comunicação, tecnologia e viagens. Adora partilhar experiências e acrescentar valor a todos os que se cruzam na sua vida.