Publicidade:

Descubra como o trabalho pode estar a afetar a sua saúde

Já parou para pensar de que forma o seu trabalho está a afetar a sua saúde? Vamos descobrir! A boa notícia é que há pequenos hábitos que podem ajudar.

Descubra como o trabalho pode estar a afetar a sua saúde
Passa a maior parte do tempo a pensar em trabalho?

O nosso emprego e a nossa carreira são uma parte importante da nossa vida. Além de serem uma fonte de rendimento, ajudam-nos a cumprir os nossos objetivos pessoais e a construir importantes redes sociais, mas também podem ser uma fonte de stress emocional.

Tendo em conta que a maioria de nós passa uma boa parte do tempo no trabalho, não é surpreendente que o ambiente de trabalho desempenhe um papel tão significativo na nossa saúde psicológica. Já refletiu sobre se o seu trabalho pode estar a afetar a sua saúde?

Stress no trabalho e saúde


Todos os trabalhos implicam stress, prazos apertados a cumprir, expectativas de desempenho às quais corresponder e grandes responsabilidades. Se em alguns momentos o stress pode servir como força motivadora, noutras alturas podemos sentir-nos emocionalmente sobrecarregados, exaustos e deprimidos.

Quando nos preocupamos dia e noite com determinado projeto, quando nos sentimos injustiçados pela desvalorização do nosso superior, quando não existe bom ambiente de trabalho, ou quando trabalhamos bem mais do que aquilo que devíamos, o trabalho pode trazer-nos consequências negativas ao nível da nossa saúde, do nosso bem-estar profissional e pode, inclusive, afetar a qualidade das nossas relações pessoais.

O stress prolongado frequentemente leva à adoção de hábitos alimentares erráticos e à diminuição da prática de exercício físico, que por sua vez podem contribuir para o surgimento de variadas patologias, nomeadamente, problemas de peso, hipertensão, colesterol elevado, entre outros.

stress no trabalho

Como ser mais feliz e saudável no trabalho?


Todas as organizações deveriam prestar atenção a estes fatores, de forma a cultivar um ambiente de trabalho mais saudável, funcionários mais felizes e, como consequência, ter melhores resultados.

1) Reconhecer e valorizar os funcionários: uma das coisas mais poderosas que um empregador pode fazer é colocar os seus funcionários em posições que lhes permitam dar uso e potenciar os seus pontos fortes;

2) Encontrar o equilíbrio entre a vida profissional e a vida familiar: é importante que os funcionários sintam que a organização valoriza e reconhece a importância do equilíbrio entre trabalho e vida pessoal;

3) Disponibilizar recursos de saúde mental e gestão de stress: o que mais contribui para que as pessoas se mantenham longe do tratamento psicológico é o estigma e a falta de tratamento disponível a preços que as pessoas possam pagar. Há organizações que disponibilizam programas de bem-estar e de ajuda aos funcionários;

4) Disponibilizar programas que incentivem à adoção de um estilo de vida saudável: tanto os problemas de saúde mental como os problemas de saúde física contribuem para um maior absentismo e uma menor produtividade. As organizações podem disponibilizar programas que incentivem, por exemplo, à prática de exercício físico, a uma alimentação saudável e à cessação tabágica.

Em conclusão

A sua organização pode implementar as medidas acima descritas, mas há muitas formas de se ajudar a si mesmo. Porque não experimentar combinar algumas técnicas de relaxamento, com uma alimentação cuidada e com a prática de exercício físico?

Aproveite ao máximo os dias de folga e aceite que a perfeição não existe, nem a sua, nem a dos seus colegas, nem a do seu emprego.

Veja também:

Ana Graça Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Além da Psicologia. é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que traga mais felicidade!