Publicidade:

10 dicas para treinar no frio: diga adeus às desculpas

Se treina com alguma frequência, é importante que não perca o ritmo com a chegada do frio. Neste artigo, temos 10 dicas para conseguir treinar no frio.

10 dicas para treinar no frio: diga adeus às desculpas
Treinar no frio pode ser uma luta para quem não está habituado

Com a chegada do frio, vem a preguiça de treinar também. A predisposição para fazer algum tipo de exercício físico é sempre maior quando o tempo está bom ou no mínimo ameno. Queremos acabar com os pretextos para não ir treinar no frio, por isso, fique connosco neste artigo!

Benefícios de treinar no frio


benefícios de treinar no frio

No inverno torna-se mais difícil acordar de manhã cedo, as noites são mais longas e por isso, se tiver o hábito de ir treinar bem cedo depara-se sempre com um ambiente ainda meio escuro. Para contrariar essa preguiça, tem de fazer um esforço para se levantar e sair do ambiente de casa bem quentinho, mantendo o seu foco num objetivo a longo prazo.

Quando as temperaturas baixam, é normal que exista uma maior ingestão de alimentos. Isto acontece devido ao facto de o nosso organismo gastar mais calorias no Inverno do que no Verão.

Treinar no frio tem benefícios

Gasta mais calorias: é essencial que pense na quantidade de comida que ingere nos dias mais frios do ano. Lembre-se que, quando treina no frio, está a gastar mais calorias do que ao treinar com temperaturas altas. Por isso, se o seu objetivo é perder peso, esta é a melhor altura do ano ao contrário do que se diz.

Prepara o seu corpo para o verão: se o seu objetivo é treinar para ficar em forma para os dias quentes, esta altura é a ideal. É no inverno que deve começar a preparar o corpo com treinos adequados a fim de ter resultados no verão.

Os treinos são, geralmente, mais tranquilos: se costuma treinar em ginásios ou noutro tipo de espaços para praticar exercício físico, vai reparar que nos dias em que está frio, não há quase ninguém a frequentar os espaços. Ou pelo menos, a quantidade de pessoas que os frequenta é mais reduzida em comparação com outras alturas do ano. Por isso se gosta de treinar sem grandes confusões à sua volta, esta é a melhor época do ano para o fazer.

Ajuda a combater o mau humor e a depressão: é comum que as pessoas se sintam mais tristes no inverno e sem grande disposição para nada. É muito comum o aparecimento de depressões durante o inverno, por isso, a prática de exercício físico pode ajudá-lo a combater esses estados de espírito menos agradáveis e pode servir como um bom tratamento no que diz respeito à depressão.

Melhora o sono: está provado que as pessoas que praticam no mínimo 150 minutos de exercício por semana, são as que dormem melhor. Evite treinar até três horas antes de se deitar, pois o esforço provocado pelos exercícios que fizer, irá liberta hormonas que poderão dificultar o sono.

Combate o sedentarismo: é muito comum o sedentarismo no inverno. Sempre que podem, a maioria das pessoas tende a ficar em casa, bem aconchegado. No entanto, treinar no frio pode ser a chave para combater essa vontade.

Ideias de locais para treinar no frio

Se costuma treinar em ginásios ou outro tipo de espaço fechado para o efeito, nos dias frios torna-se ainda mais cómodo o treino. Afinal não está tanto frio dentro dos ginásios, como em espaços abertos.

Contudo, se é um amante da prática de exercício físico ao ar livre, queremos deixá-lo com algumas ideias de locais para fazer o seu treino:

  • ginásios;
  • parques de estacionamento cobertos;
  • na linha da praia;
  • jardins públicos;
  • parques públicos;
  • passadiços.

10 dicas para treinar no frio


reinar no inverno

1. Utilize roupa quente e confortável

A escolha da roupa é essencial para um treino confortável e motivador. Deve optar por colocar sempre uma t-shirt ou top de desporto por baixo de um casaco de fecho corrido. Desta forma, sempre que sentir calor durante o treino pode retirar o casaco. Para além disto, a utilização de várias camadas de roupa durante o treino aumenta a acumulação de ar quente entre cada uma das camadas que, por sua vez, permite um melhor isolamento térmico.

Se utilizar calções é importante que se proteja do frio colocando umas leggings por baixo.

2. Deixe o saco de treino pronto

Prepare o saco na noite anterior, desta forma irá facilitar todo o processo quando acordar.

3. Evite sair de casa em horas de ponta

Uma das principais razões para a desmotivação nos dias mais frios do ano, também está ligada ao trânsito. Assim, se sair de casa mais cedo conseguirá evitar esse tipo de stress.

4. Opte por treinar à hora do almoço sempre que possível

Como sabemos, mesmo nos dias mais frios, é na hora de almoço que as temperaturas sobem ligeiramente. Por isso, sempre que possível opte por treinar nestes horários, até mesmo pelo facto de aumentar a sua produtividade nas horas de trabalho que se podem seguir. No caso de treinar à noite, deve fazê-lo logo a seguir ao trabalho sem passar por casa, desta forma torna-se mais fácil contrariar a vontade de ficar por casa.

5. Estabeleça um objetivo

Ao estabelecer metas a atingir, está automaticamente a motivar-se para o cumprimento de todos os treinos, pois só terá os resultados que determinou depois de atingir todas as metas.

6. Procure ter alguns estímulos

Por exemplo treinar com algum amigo, poderá ser algo que ajude a manter-se fiel aos treinos. Certamente que não vai faltar ao compromisso, estando frio ou calor.

7. Escolha a sua atividade favorita

Ao optar por uma atividade que lhe dá prazer em praticar, está automaticamente a facilitar o processo. Os resultados são mais fáceis de obter quando estamos focados a fazer alguma coisa de que gostamos.

8. Valorize os seus progressos

Crie um diário de treino, onde descreva os treinos que fez e irá fazer bem como os resultados obtidos. Caracterize os exercícios que executou como por exemplo “Corrida de 30 minutos – produtiva”.

9. Procure fazer exercícios e atividades diferentes

Tente fugir um pouco à rotina daqueles exercícios ou atividades que fazem parte do seu plano, a fim de experimentar novas atividades e não se sentir aborrecido por fazer sempre a mesma coisa. Estipule um dia em cada duas semanas, para o fazer e vai ver que a produtividade e a motivação para treinar irão aumentar.

10. Nunca se esqueça de se hidratar

Não é pelas temperaturas estarem mais baixas que deve deixar de se hidratar. Aliás, deve beber água sempre durante os treinos, seja no inverno ou no Verão.

Veja também:

Catarina Milheiro Catarina Milheiro

Finalista da licenciatura em Gestão de Marketing, entende a partilha de informação através da escrita, como uma forma nobre da comunicação.