ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
28 Jun, 2021 - 10:59

10 Baloiços em Portugal: ver o país embalado pelo vento

Mónica Carvalho

Se acha que é uma brincadeira para crianças, engane-se. Existem vários baloiços em Portugal, que permitem desfrutar melhor de alguns locais.

Baloiços em Portugal

Parecem ter-se tornado moda e por aqui aderimos em grande. Na verdade, estes baloiços em Portugal permitem desfrutar de paisagens e cenários absurdamente magníficos e, com isso, ter ainda uma experiência única e muito especial.

São já muitos os locais no estrangeiro que já possuem este tipo de atrações que resultam em fotografias que vão trazer uma avalanche de gostos e comentários ao seu perfil de Instagram. Agora, em Portugal, poderá fazer o mesmo – mas com paisagens ainda mais bonitas.

10 Baloiços em Portugal que deve conhecer

Os baloiços fazem parte do nosso imaginário infantil, pelo que nos provoca uma enorme sensação de liberdade e traz-nos à memória inúmeros momentos felizes. Conheça os principais baloiços em Portugal que estão a ser um sucesso.

Baloiço do Mezio, Arcos de Valdevez

Bem a Norte do país, como que a dar um balanço necessário a esta lista, temos o Baloiço do Mezio, localizado em Arcos de Valdevez. E começamos, realmente, da melhor maneira, visto que é considerado o maior do país, possuindo mais de sete metros de altura.

Enquanto baloiça, poderá deslumbrar-se com as vistas magníficas da Serra do Soajo, que fica bem ao lado do Parque Nacional Peneda-Gerês. Nesse sentido, verá a Natureza em todo o seu esplendor, que mais parece um espetador atento a si. Opte por fazer esta experiência especialmente ao nascer e pôr-do-sol, que são, de facto as melhores alturas do dia.

Baloiço do Cervo, Vila Nova de Cerveira

Situado no Miradouro do Cervo, este baloiço – ou melhor dois baloiços – quase que atravessa fronteiras, visto que tem atraído milhares de visitantes portugueses e espanhóis. Além disso, a vista magnífica enquanto balança estende-se até Espanha, o que faz deste um momento que nunca mais vai esquecer.

Mas no local existem mais atrações além do baloiço, como, por exemplo, o Monumento do Cervo, obra de José Rodrigues, ali instalada em 1985, o Penedo dos Ninhos e a capela da Senhora da Encarnação, onde pode até aproveitar para fazer um piquenique em família.

Baloiço de São Gens, Castelo de Paiva

Em Castelo de Paiva e com uma vista panorâmica sobre o Douro, encontramos o baloiço de São Gens, no monte homónimo.  

Fica bem perto do conhecido baloiço da Boneca, mas este tem a vantagem de ainda ser um segredo bem guardado e, como tal, ser menos concorrido, pelo que terá menos dificuldade em experimentá-lo.  

Os acessos ao Monte forma melhorados, sendo o percurso bastante fácil, mesmo de carro, e quando chegar bem lá ao cimo, verá o baloiço de imediato.

Baloiço Nossa Senhora da Luz, Marco de Canaveses

Na freguesia de Bem Viver – o nome não poderia ser mais adequado – encontramos mais um dos baloiços em Portugal que lhe permitem viver a vida com mais leveza e ao som do vento.

Falamos do Baloiço Nossa Senhora da Luz, instalado no Parque do Divino Salvador, junto à Igreja de Magrelos.

Tem ainda o lado positivo de ter sido construído pela comunidade local da freguesia e da paróquia, que uniram esforços para proporcionar uma bonita forma de apreciar a bonita paisagem do Douro.

Baloiço 440, Fafe

“O amor que nos une”: mais romântico que isto não poderia ser. Por isso, este é um baloiço dedicado aos apaixonados, mas não só. O amor expressa-se em diversas formas e há que o celebrar, por isso, seja com a sua outra metade, seja com a família ou amigos, aproveite para assinalar o que vos une – que é, como diz a música, muito mais do que aquilo que vos separa.

Encontra-se na freguesia de Travassós em Fafe, numa terra ainda mais antiga que a monarquia portuguesa, e onde existem inúmeros vestígios de vivência pré-histórica e com uma grande construção megalítica.

Baloiço do Meco, Trofa

O Baloiço do Meco foi erguido no Meco da Guerra, no Monte de Paradela, especialmente por ser um local de passagem de muitos amantes das bicicletas e um dos pontos mais altos do concelho.

Como tal, o baloiço funciona como miradouro panorâmico com vista para a cidade da Trofa, tendo sido montado pela Associação Recreativa de Paradela, organizadora de eventos de ciclismo como o Raid BTT e o Trofa Urban Race.

Baloiço de Canelas, Vila Nova de Gaia

Chegamos a Vila Nova de Gaia e a uma das suas maiores áreas verdes, a Serra de Negrelos. Em tempo ali existiram pedreiras que contribuíram para a prosperidade económica do interior do município. O local tem também, desde 1983, uma Trilha de Interpretação da Natureza, com o objetivo de transformar a serra num espaço de educação ambiental.

E agora também tem um baloiço que permite simplesmente para o tempo e desfrutar deste espaço verde em plena cidade.

Baloiço de Moldes, Arouca

Situado no Geopark de Arouca, o Baloiço de Moldes parece transportar-nos numa viagem pelo tempo. Porque ele parece mesmo parar. Ali deixam de existir problemas, dificuldades, stress, ansiedade: a única companhia é mesmo a Natureza e a beleza deste local ímpar.

Baloiço do Trevim, Lousã

O Baloiço do Trevim está localizado a 1200 metros de altitude, no ponto mais alto da Serra da Lousã. Se tem vertigens, talvez não seja a melhor aventura a que se deve dedicar… Mas a sensação provocada pela liberdade e pelo facto de poder voar sem asas fará compensar todo o medo que possa eventualmente sentir.

É um dos mais famosos baloiços de Portugal, mas as atrações não se ficam por aqui. O local é perfeito para descobrir as muitas aldeias de xisto das redondezas: Talasnal, Vaqueirinho, Catarredor, Chiqueiro, entre outras.

Baloiço da Boa Vista, Pampilhosa da Serra

O Baloiço da Boa Vista tem uma vista deslumbrante e muito convidativa, um local já de si muito apreciado pela beleza de turismo rural, onde a Natureza exibe todas as suas melhores características, de modo a cativar até os corações mais pesados.

Ao redor, existem ainda ótimos miradouros que lhe permitem sentir que faz parte daquela imensidão.  

Veja também