Ana Graça
Ana Graça
15 Jun, 2018 - 09:00
Conheça 10 benefícios da música para bebés

Conheça 10 benefícios da música para bebés

Ana Graça

Os bebés adoram música e ouvir a mãe cantar, mesmo quando estão na barriga. Mas será que, além de lhe dar prazer e alegria, há vantagens da música para bebés?

O artigo continua após o anúncio

A música tem um papel extremamente importante na vida de todos nós. Está presente no nosso dia-a-dia das mais diferentes formas e nos mais variados momentos, e os bebés não são exceção. Mas quais serão os benefícios da música para bebés?

A música faz parte da nossa vida desde cedo

A nossa relação com a música começa desde cedo, sendo que alguns autores afirmam inclusive que, mesmo antes de nascer, o feto já é sensível à música.

Algumas semanas após a fecundação, o ouvido inicia o seu desenvolvimento e, por volta das 20 a 24 semanas, aparecem as primeiras respostas do feto a estímulos acústicos. Por volta dos 3/4 meses antes do nascimento, a audição fetal torna-se mais elaborada.

Após o nascimento, mas ainda antes de completar o primeiro ano, os bebés demonstram que são sensíveis à música, no sentido em que já são capazes de manifestar preferências musicais, nomeadamente por harmonias simples.

Por volta dos 9/10 meses, o bebé começa a associar o cantar a tudo o que faz e começa a acompanhar os jogos e as brincadeiras com canções.

Por sua vez, aos 18 meses, o bebé é habitualmente capaz de cantar melodias breves percetíveis e, durante o primeiro ano de vida, desenvolve a capacidade de memorizar e reconhecer músicas.

beneficios da musica para bebes

10 benefícios da música para bebés

Os benefícios da música para bebés são tantos e tão grandiosos que descrevê-los a todos seria uma tarefa exaustiva. Sabemos que a música tem um papel fundamental no processamento da informação e na regulação do comportamento, mas há muitos mais benefícios que importa conhecer:

1) Permite desenvolver aptidões artísticas;

O artigo continua após o anúncio

2) Aperfeiçoa a sensibilidade estética e a capacidade criadora;

3) Estimula a que a criança se expresse de forma individual, rica e criativa;

4) Melhora a consciência corporal e favorece o desenvolvimento do sistema vestibular: dançar e balançar ao som de um ritmo musical estimula o sistema responsável por auxiliar o cérebro a entender a gravidade, a adquirir equilíbrio e a desenvolver a consciência espacial;

5) Desenvolve o sentido auditivo, rítmico e corporal do bebé;

6) Permite desenvolver a coordenação motora e o relacionamento social;

7) A utilização de instrumentos musicais pode favorecer o desenvolvimento das competências psicomotoras finas;

8) Desenvolve habilidades de escuta discriminatória dos bebés: aprendem a detetar e a distinguir diferentes sons;

9) Ajuda a relaxar: um ambiente relaxante contribui para o desenvolvimento do bebé a todos os níveis;

O artigo continua após o anúncio

10) As atividades musicais em grupo favorecem o desenvolvimento social e emocional do bebé.

Veja também:

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp