Inês Pereira
Inês Pereira
27 Set, 2019 - 11:39
varias propostas de emprego em simultaneo

Que qualidades deve um bom profissional ter? Descubra tudo!

Inês Pereira

Será que todos concordam que é um bom profissional? Conheça as características que deve ter para conseguir essa distinção.

O artigo continua após o anúncio

Se há algo que toda a gente quer é ter sucesso no emprego e construir uma carreira sólida que satisfaça as próprias exigências e ambições. Ora, um dos aspetos mais importantes para conseguir alcançar estes objetivos é ser um bom profissional e deixar a sua marca nas empresas por onde passa ao longo da vida profissional. Então, mas afinal quais são as características que se atribuem a um bom profissional? Será que as tem a todas?

A verdade é que se trata de um tema cuja discussão implica uma boa dose de subjetividade, já que nem todas as pessoas terão a mesma opinião. Contudo, pode dizer-se que existem qualidades consideradas comuns a quase todos os trabalhadores que têm um bom desempenho no emprego, independentemente da profissão ou da organização em que trabalham.

Ser um bom profissional implica um esforço contínuo e uma dedicação diária, pelo que nem sempre será uma tarefa fácil. Porém, está na altura de saber quais são as características que empregadores e colegas mais valorizam para que esteja sempre no caminho certo.

7 características que fazem um bom profissional

características de um bom profissional

Não  há uma fórmula mágica que lhe garanta uma trajetória profissional de sucesso. No entanto, existem alguns aspetos na sua conduta que poderão ajudar e muito, basta analisar o perfil de outras pessoas bem sucedidas para perceber quais as qualidades que deve priorizar.

Independentemente da profissão, existem certas características que são valorizadas e que distinguem os excelentes trabalhadores daqueles que são apenas medianos. Por esse motivo, quem procura desenvolver a sua carreira da melhor maneira possível tem mesmo de estar atento a estes traços de personalidade.

1. Alinhar-se com a cultura da empresa

A maioria das empresas cria um manual ou uma página na web que descreve as políticas e os procedimentos que os funcionários devem seguir. Regra geral, este código de conduta é entregue ao colaborador assim que entra na empresa.

Informe-se sobre estas regras para garantir que está a fazer o seu trabalho de forma adequada e eficiente. Ao garantir que respeita os procedimentos aconselhados pela empresa conseguirá ganhar pontos e impressionar positivamente aqueles que o rodeiam.

2. Ser pontual

Este é um ponto crucial. Infelizmente, não ser assíduo ou pontual no seu dia a dia pode mesmo prejudicar a impressão que têm de si e do seu trabalho. Claro está que todos temos infortúnios e afazeres que poderão interferir com o horário de trabalho, mas é importante que sejam situações excecionais e não a regra.

O artigo continua após o anúncio

Uma boa dica é antecipar os horários. Por exemplo, se tiver uma reunião às 9 horas pode marcá-la na sua agenda para meia hora antes e adaptar a sua rotina a essa alteração para conseguir cumprir o agendamento.

3. Ser organizado

A organização é a chave para várias coisas na vida e o sucesso no emprego não é exceção. Por esse motivo, deve arranjar um método de trabalho rentável e que o ajude a alcançar bons resultados. Tenha sempre a sua secretária organizada, os seus ficheiros ordenados e os documentos importantes à mão.

Pode também criar um sistema de listagem de tarefas, com respetivos prazos, para que nunca lhe falhe nada. Afinal, todos sabem quão fácil é perder-se no meio de todo o trabalho que há para fazer.

4. Ter uma atitude positiva

Um bom profissional é aquele que enfrenta os desafios e aproveita as oportunidades que cada dia pode trazer. A capacidade de se mostrar confiante e de motivar os outros é, sem dúvida, uma mais valia para qualquer local de trabalho.

Deve esforçar-se por se adaptar às mudanças normais de qualquer organização e por conseguir lidar com os obstáculos que poderão surgir. Não é por acaso que as empresas investem cada vez mais na contratação de elementos resilientes e positivos.

5. Ter paixão pelo que faz

Um profissional apaixonado pelo seu trabalho é alguém que está sempre motivado e empenhado. É alguém que procura realizar todas as suas tarefas e contribuir para que a empresa e a sua equipa estejam em constante crescimento e desenvolvimento.

Geralmente, estão interessados em saber sempre mais e adquirir novas competências, de modo a melhorar a sua atuação no dia a dia. Resultado? Estes trabalhadores destacam-se entre os seus pares e marcam a diferença.

6. Ser honesto e ético

Ser um bom trabalhador também é assumir que pode mudar de opinião e, quando necessário, pedir desculpas. Os bons profissionais não têm medo de assumir a responsabilidade e admitir quando estão errados. De facto, só assim conseguirão o respeito e admiração de colegas e chefes.

O artigo continua após o anúncio

Por outro lado, não deve também ter medo de colocar as suas dúvidas e reconhecer que não tem resposta para tudo. Afinal, só assim poderá aprender, tornar-se melhor a desempenhar o seu cargo e crescer profissionalmente.

7. Ser pró-ativo

As empresas adoram os colaboradores que tomam a iniciativa de dar seguimento às tarefas e não esperam que lhes sejam dadas indicações. A realidade é que a proatividade é uma qualidade muito valorizada nos dias que correm e qualquer bom profissional a deve ter.

Um trabalhador proativo assume maiores responsabilidades e riscos mas, ao mesmo tempo, ganha novos conhecimentos e destaca-se dos restantes funcionários. Por outro lado, em alguns casos é também um verdadeiro team player, capaz de aliviar a carga de outro colega.

Veja também