Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
André Freitas
André Freitas
31 Jul, 2020 - 09:11

Estas são as 10 marcas de carros que dão menos problemas

André Freitas

A Warrantywise criou um índice de fiabilidade com base nos dados das garantias dos carros dos seus clientes. Conheça as marcas que apresentam menos falhas.

Mini

Quando pensa em comprar carro, o preço, claro, é o principal dos fatores a ter em conta. Ainda assim, há outras variáveis que devem pesar na sua escolha. Entre elas, a fiabilidade

Fazendo a adaptação de uma frase célebre do cinema português, “estudos há muitos” e, por isso, criamos a nossa própria lista, tendo por base dois estudos distintos lançados este ano.

Tendo por base esta realidade, a empresa britânica de garantia automóvel Warrantywise criou um Índice de Fiabilidade com base nos dados das garantias dos veículos dos seus clientes.

Este índice considera a frequência de reparações e os custos das mesmas, no mercado inglês. Com base nos resultados obtidos, foi atribuída, a cada marca, uma pontuação entre 0 e 100.

A partir destes resultados poderá ficar a conhecer as marcas de carros que dão mais problemas, e ter uma ideia se vale a pena investir num veículo de uma destas marcas.

Claro que a fiabilidade de um automóvel depende de fatores que ultrapassam aqueles que estão dependentes do fabricante. Se não for realizada uma correta manutenção ou utilização, os carros vão avariar, independentemente de tudo o resto.

Contudo, existem alguns problemas que podemos considerar “típicos” ou “crónicos” associados a cada marca ou modelo, e que nos permite traçar avaliação de alguns exemplares a toda uma marca.

Veja quais são essas marcas e pondere se vale a pena comprar um modelo de uma destas marcas.

os carros que dão menos problemas: o top 10

Surpreendentemente, ou talvez não considerando que uma das variáveis analisadas é o custo médio de reparação. Nesta lista é possível encontrar várias marcas do segmento superior, e, até, do segmento de luxo.

Isto significa que, para além do elevado investimento inicial, será expectável que, ao longo da vida útil destes automóveis, os seus proprietários tenham que abrir os cordões à bolsa para pagar as reparações.

Não é, certamente, por não serem marcas com elevados níveis de fiabilidade que vão, agora, deixar de vender os seus automóveis. Existem diversos fatores que levam um indivíduo a optar por determinada marca.

Feitas as contas e analisados os rankings, estas são as marcas que, à partida, causam menos dores de cabeça aos proprietários.

10. Land Rover

Land Rover Defender

Em primeiro lugar, sendo que, neste caso, nenhuma marca gostaria de estar nesta posição, mais uma marca de luxo inglesa: a Land Rover.

A percentagem de fiabilidade de apenas 38% foi obtida considerando uma amostra de 9.280 unidades dos modelos Discovery, Range Rover e Evoque, e um custo médio de reparação de 1385€.

Curiosamente, a Land Rover é uma marca da holding Jaguar Land Rover. Ambas as marcas figuram no pódio das marcas de carros que dão mais problemas, o que não afigura nada de positivo para esta holding.

Ao custo inicial elevado, é necessário acrescentar o elevado custo das reparações e várias reparações que serão necessárias ao longo da vida útil destes automóveis. Se optar por um dos automóveis desta lista, prepare a carteira.

9. Porsche

Porsche Taycan

Mais uma marca alemã. A Porsche, marca de luxo, tal como a Jaguar, está em 2.º lugar na lista de marcas de carros que dão mais problemas.

Após analisadas 1.792 unidades dos modelos Cayenne, 911 e Panamera, apurou-se que a Porsche tem uma percentagem de fiabilidade de apenas 40%.

Com reparações que custam, em média, mais de 1700€, esta marca dificilmente poderia ser considerada das mais fiáveis.

8. Jaguar

jaguar i-pace

Entramos no pódio com uma marca de luxo: a Jaguar.

Analisadas 2.518 unidades dos modelos XF, XJ e XK, apurou-se que a marca inglesa tem apenas 51% de fiabilidade.

Com um custo de reparação médio de cerca de 1.320€, comprar um Jaguar é dispendioso, e pagar as suas avarias também. O pior é que, de acordo com os dados recolhidos pela Warrantywise, as avarias são mais frequentes que o desejado.

7. Chevrolet

chevrolet camaro

A única marca norte-americana a figurar nesta lista aparece em 4.º lugar.

A amostra não foi divulgada, mas foram analisados os modelos Lacetti, Captiva e Spark. Com um custo médio de reparação de 989€, a Chevrolet tem igualmente uma percentagem de fiabilidade de 53%.

Porque és que foi esta a marca a ficar em 4.º lugar? Das quatro, os Chevrolet são os carros que dão mais problemas.

6. Alfa Romeo

Alfa Romeo

Em quinto lugar surge a marca italiana Alfa Romeo.

Com base em 866 unidades dos modelos Giulietta e Mito, e tendo em conta que a reparação de veículos desta marca custa, em média, 792€, a  Alfa Romeo obteve a mesma percentagem de fiabilidade que a BMW e a Audi, ou seja, 53%.

5. Audi

Audi A3

Como não há duas sem três, em sexto lugar surge mais uma marca alemã: a Audi.

A Audi, tal como a BMW, também tem uma percentagem de fiabilidade de 53%.

Este valor foi apurado com base numa amostra de 13.346 unidades dos modelos A4, A6 e Q5.

Embora o custo médio da reparação seja ligeiramente mais baixo que o da BMW, situando-se nos 1.066€, a Audi avaria com uma maior frequência.

4. BMW

BMW Série 4

A segunda marca alemã desta lista aparece logo de seguida. Em 7.º lugar encontra-se a BMW.

Os 53% de fiabilidade da marca foram calculados considerando uma amostra de 16.110 unidades dos modelos Série 3, Série 5 e X3, e um custo médio de reparação de 1.198€.

3. Mercedes

Mercedes_GLC

É a primeira de várias marcas alemãs a aparecer nesta lista. A Mercedes, com 56% de fiabilidade, fica no 8.º lugar.

Esta classificação tem por base 11.333 unidades dos modelos Classe C, Classe E e Classe GLA, e considera que o custo médio de reparação é de 1.011€.

É muito provável que já tenha ouvido falar na durabilidade de alguns dos carros Mercedes. 

Em Portugal esta marca é largamente utilizada por profissionais da condução, nomeadamente taxistas, precisamente por se tratarem de carros fiáveis. Existem até alguns exemplares que ultrapassaram a marca dos 2 milhões de quilómetros.

Então como é que esta marca aparece nesta lista? São várias as reparações necessárias nestes veículos, e de valor elevado.

2. Mitsubishi

Mitsubishi Outlander PHEV

No lugar acima, encontra-se a nipónica Mitsubishi.

Conhecidos pela sua elevada fiabilidade, é até estranho ver, nesta lista, uma marca japonesa.

Contudo, com base numa amostra de 1.146 unidades do ASX, Mirage e Lancer, e considerando que o custo médio da reparação dos automóveis desta marca é de 1,165€, a Warrantywise atribuiu à Mitsubishi uma percentagem de fiabilidade de 56%.

1. Mini

Mini Cooper

De entre as 10 marcas de carros que dão mais problemas, a Mini é aquela que, embora problemática, apresenta uma maior percentagem de fiabilidade: 60%.

Tendo por base uma amostra de 7.572 unidades dos modelos Hatchback, Clubman e Countryman, foi possível apurar que, ao longo da vida útil destes Mini, são necessárias várias reparações. Em média, cada reparação custa cerca de 868€.

Veja também