ebook
GUIA DO IRS
Patrocinado por Reorganiza
Márcio Matos
Márcio Matos
03 Mar, 2022 - 13:07

Chaves: guia para conhecer o verdadeiro espírito flaviense

Márcio Matos

Reunimos um conjunto de sugestões e criamos um pequeno roteiro que serve como guia para conhecer o melhor de Chaves. Não perca.

vista de chaves

Há muitas cidades e recantos de Portugal que, por diversas razões, passam entre os pingos da chuva e não constituem uma opção quando se quer marcar um passeio ou uma escapadinha. Chaves é um desses casos.

É uma pérola da região de Trás-os-Montes e encontra-se a poucos quilómetros de Espanha, sendo muito simples chegar a Orense, por exemplo. Mas pode esquecer “nuestros hermanos” e fixar-se no que a cidade flaviense tem para oferecer. 

A paisagem de Chaves é tremendamente bela. A natureza encantadora própria fascina o olhar, mas o rio Tâmega tende a reivindicar protagonismo em algumas das melhores fotos que se pode tirar na região.  

Chaves: uma cidade repleta de história

Ao longo do tempo, foram vários os povos a deixarem obras que comprovam o contacto com esta terra, algo que acontece desde os tempos pré-históricos. Chaves tem uma história milenar. 

Por isso, recomendam-se passeios por Chaves e arredores de forma a conhecer o vasto património que se pode encontrar neste local de rara beleza. Momentos históricos estão gravados no granito, em monumentos que encantam todos os visitantes.  

Assim, passear por Chaves e pelos arredores da cidade, permite o conhecimento do património que comprova a sua rica história. Isto para além de se poder contemplar a beleza natural e singular do local, as paisagens deslumbrantes, onde o rio e as montanhas assumem grande protagonismo. Fique com 9 sugestões do pode ver na cidade. E, claro, o que pode e deve comer…

1

Zona ribeirinha

Esta cidade tem o rio como a sua espinha dorsal, tendo o Bairro do Castelo situado na margem direita, e o Bairro da Madalena, na margem oposta. 

A zona ribeirinha é particularmente encantadora, propícia a caminhadas ou a momentos de lazer, nomeadamente para bons minutos de leitura. 

2

Centro Histórico de Chaves

Entre as Ruas de Santo António e do Sol pode encontrar-se o núcleo mais antigo da cidade. As artérias do centro histórico revelam-se encantadoras. 

A Praça de Camões destaca-se no centro histórico, sendo o espaço nobre, onde o edifício dos Paços do Concelho se ergue. Este palacete é singular, será mesmo o mais belo de Chaves. Foi construído em meados do século XIX.

3

Igrejas centenárias

A Igreja Matriz ou de Santa Maria Maior são duas igrejas notáveis presentes na zona medieval. A Igreja da Misericórdia é do século XVII, de estilo barroco, sendo tida por muitos como a mais bela da cidade.

igreja chaves
4

Construções civis e militares

A Ponte romana de Trajano encontra-se a montante do troço do rio que corre junto às termas. Foi concluída entre finais do século I e princípios do século II d.C. Tem 150 metros de comprimento, sendo mesmo a obra de maior notoriedade deixada pelo povo romano.

O Castelo pode ser encontrado no ponto mais alto da cidadela medieval. O que resta do antigo castelo de Chaves é muito pouco: a Torre de Menagem (elevada à altura de um edifício de 9 andares) e a muralha. O museu militar encontra-se por lá instalado, desde 1978.

O Forte de São Francisco é uma construção de meados do século XVII. Foi erguido numa colina onde anteriormente existia um convento franciscano. 

Os sucessivos ataques da  artilharia castelhana ao Forte de S. Francisco fez surgir a necessidade da construção do Forte de S. Neutel, conseguindo-se assim proporcionar uma maior defesa da povoação.

5

Museu Militar de Chaves

Este museu encontra-se instalado na Torre do Castelo, ocupando os 4 pisos deste monumento histórico. 

Neste museu, poderá ver a exposição de armas, existindo ainda outros pontos de interesse, nomeadamente: uniformes, plantas militares, bandeiras e troféus. Estes artigos vão desde a Idade Média até à atualidade.

6

Museu da Região Flavienses

Este museu foi construído no século XV, tendo servido o propósito de receber D. Afonso, primeiro Duque de Bragança

No Museu da Região Flaviense, poderá encontrar diversos pontos de interesse, que vão desde a estatuária da idade do bronze e vestígios da pré-história a arte moderna que se encontra na sala Nadir Afonso.

câmara de chaves
7

Castelo de Mau Vizinhos

Esta construção encontra-se a 35 quilómetros de Chaves, na freguesia de Roriz. Estando situada no cimo de uma colina, esta construção é constituída pelas ruínas de uma muralha. Tenha em conta que para lá chegar será necessário recorrer a veículos de todo o terreno. 

8

Castro da Curalha

Junto à aldeia da Curalha, está o Castro da Curalha que está datado dos séculos V a III antes de Cristo. Pode ser encontrado a cerca de 7 quilómetros da cidade, sendo o melhor exemplar das dezenas de castros que ficaram da ocupação celta.

9

Gastronomia de Chaves

O Presunto de Chaves deve ser colocado num pedaço de pão de centeio e acompanhado por um bom vinho da região. Isso proporciona uma boa experiência do que se faz em Chaves. 

Mas ainda existem os pastéis folhados com recheio de carne de vitela que são deliciosos. Há também as bolas e folares com enchidos. 

A gastronomia flaviense é rica e diversificada, sendo a carne a sua grande riqueza. Não faltam pratos de carne, nomeadamente vitela, cabrito, leitão, coelho e galinha. No entanto, o porco bísaro revela-se especial…

Veja também Estrada Nacional 2: o que deve saber para atravessar Portugal

Onde comer 

Casa Os Três Lagares

Este espaço encontra-se a 7 quilómetros de Chaves, no Redondelo, numa adega que integrou uma casa senhorial. O fumeiro da casa é de produção própria, tal como o pão de centeio e a bola. 

Entre os pratos mais emblemáticos da casa estão: cabrito assado no forno, arroz de pato à antiga com fumeiro e bacalhau no forno. 

Este espaço funciona de quinta a domingo, por marcação.

Contactos: 933 572 592.

Casa do Souto Velho

Este espaço encontra-se a meros 20 quilómetros de Chaves (perto de Vidago), mas a oportunidade de saborear os pratos proporciona uma viagem à autenticidade da cozinha ancestral, apresentando sabores esquecidos ou ignorados. 

O ambiente fica ainda mais encantador com o fogo da lareira que surge nos dias frios. O porco bísaro servido na casa é criado no lugar. O mesmo acontece com os galos, galinhas e coelhos. Recomenda-se arroz de cabidela, arroz de espigos, arroz de grelos com costelas, arroz de fumeiro e leitão bísaro.

Este espaço funciona todos os dias por marcação.

Contactos; 276 999 250 / 934 817 259

Onde dormir

Castelo Hotel 

  • Morada: Rua da Muralha 2 a 4, 5400-414 Chaves, Portugal.
  • Mais informações, aqui.

Forte de São Francisco Hotel Chaves 

  • Morada: Forte De São Francisco, 5400-435 Chaves, Portugal.
  • Mais informações, aqui.

Guest House Chaves 

  • Morada: Rua da Solidão nº 46, 5400-518 Chaves, Portugal.    
  • Mais informações, aqui.

Ester Guest House 

  • Morada: Rua do Sol, 56, 5400-000 Chaves, Portugal.
  • Mais informações, aqui.
Veja também