Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ana Graça
Ana Graça
18 Ago, 2018 - 09:00

Como lidar com a chegada de um irmão mais novo?

Ana Graça

A chegada de um irmãozinho pode tornar-se um acontecimento perturbador. Saiba como preparar o seu filho mais velho para a chegada de um irmão mais novo.

Como lidar com a chegada de um irmão mais novo?

Vem aí um bebé, e agora? Como preparar o seu filho para a chegada de um irmão mais novo? De facto, a chegada de um novo bebé implica uma grande mudança na vida familiar, que deve ser gerida da melhor forma.

É importante que os pais consigam preparar de forma positiva o filho mais velho para a chegada de um irmão mais novo, para que após o nascimento a rotina familiar decorra de forma feliz e tranquila. Não faça de conta que nada vai mudar na vida do seu filho mais velho e ajude-o a adaptar-se a esta nova realidade. Mas não complique em demasia. Por vezes, nós adultos, complicamos mais as situações que as crianças.

Como lidar com a chegada de um irmão mais novo?

saiba como lidar com a chegada de um irmão mais novo

Deixar de ser filho único e passar a ser a criança mais crescida da casa é uma mudança significativa, mas não tem que ser atribulada. Estas dicas vão ajudar a simplificar:

1) Não espere demasiado tempo para contar ao seu filho: muitos pais optam por esperar até ao fim do 1º trimestre para falar com o filho mais velho sobre esta nova gestação. Não adie a conversa muito mais tempo. Ver a mãe a sentir os sintomas da gravidez sem perceber o que passa pode ser muito mais aterrador para o seu filho;

2) Simplifique! Conte a novidade de forma simples e feliz: mostre ao seu filho que está contente por lhe poder dar um irmão, de quem vai poder cuidar e com quem vai poder brincar;

3) Não faça de conta que nada vai mudar: entenda que a vida do seu filho mais velho mais mudar e que não vale a pena escamotear esse facto. Não faça crer ao seu filho que a rotina familiar ficará igual. Prepare-o serenamente para as mudanças que vão acontecer, sempre de forma positiva;

4) Ajude o seu filho a compreender o conceito e a duração de uma gravidez: para as crianças pequenas, a gravidez pode parecer um período de tempo interminável. Assegure ao seu filho que vai ter que esperar ainda algum tempo e ajude-o dando-lhe marcas temporais que ele compreenda (por exemplo, o bebé só nasce depois do Natal). Pode também usar um calendário para, em conjunto, monitorizarem a chegada do bebé;

5) Antecipe as mudanças de rotina: alguns meses antes de o bebé nascer, as rotinas com o filho mais velho (o banho; o deitar) podem começar a ser realizadas quase em exclusivo pelo pai. Esta habituação vai fazer com que a criança não sinta que foi por causa da chegada do irmão que a mãe deixou de estar tão presente. Isto não implica que a mãe não deva estar presente, mas se o pai assumir estes momentos, a dinâmica familiar após o nascimento vai ser mais simples;

6) Não exija demasiado: se já explicou ao seu filho as mudanças que vão acontecer não há necessidade de as repetir constantemente. Deixe o seu filho desfrutar dos últimos meses como filho único;

7) Dê uma atenção especial ao seu filho mais velho: há várias formas de mostrar a importância que o seu filho tem para si e de o mimar antes e após o nascimento do bebé. Comprem juntos uma prenda para ele dar ao irmão mais novo quando este nascer. Tenha sempre em casa pequenas prendas para o filho mais velho, no caso das visitas apenas levarem prendas para o bebé.

8) Envolva-o nas atividades relacionadas com a chegada de um irmão mais novo: o seu filho mais velho pode ajudar a escolher o nome para o irmão mais novo ou ajudar na decoração do quarto do bebé, por exemplo;

9) Não permita que esta situação seja uma forma do seu filho não respeitar as regras: é perfeitamente natural que haja alguma condescendência para algumas das chamadas de atenção que o seu filho mais velho possa fazer. Mas as regras mais importantes devem sempre ser mantidas e nem tudo é aceitável para chamar a atenção;

10) Aceite a ajuda de quem lhe é próximo: após o bebé nascer, peça aos seus amigos e familiares que passem tempo com o seu filho mais velho, para que este se sinta especial e perceba que nem todos os momentos são centrados no bebé.

Veja também: