Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
22 Out, 2020 - 09:49

Estas são as coisas que nunca deve deitar na pia da cozinha

Mónica Carvalho

De modo a evitar maus cheiros e entupimentos indesejados, há várias coisas que nunca deve deitar na pia da cozinha.

coisas que não deve colocar na pia da cozinha

Se não quer ter canos entupidos e pretende evitar uma visita do canalizador, deve saber que há coisas que nunca deve deitar na pia da cozinha. Até pode ser prático e uma solução rápida. Porém, a longo prazo, deixar restos de comida ou outros detritos irem pelo cano abaixo não é, de todo, boa ideia.

Na realidade, todos esses resíduos (por mais pequenos e insignificantes que possam parecer) vão acumular-se na tubagem e acabar por entupir ou danificar a sua canalização. Certamente, agora, a ideia de mandar coisas pelo cano já não parece tão boa, pois não?

Além disso, a pia é um dos locais da casa mais facilmente contamináveis. Assim, deve ser o mais cuidadoso possível com esta peça de grande utilidade não só pela própria preservação da mesma, mas também pela sua saúde.

Fazer da pia um lugar seguro

lavar loiça na pia

A pia da cozinha é um local multifacetado. Serve para lavar loiça, preparar alimentos, lavar as mãos, lavar objetos de cozinha, entre outras atitudes menos recomendáveis e que podem afetar o seu correto funcionamento. De que forma? Pode aparecer o indesejado mau cheiro, bem como entupimentos na canalização que nos entupem a vida e a carteira.

Por isso, há que fazer da pia um local seguro e tratá-la com o respeito que merece, por muito prática que seja. E isso passa por conhecer as coisas que nunca deve deitar na pia da cozinha, de modo a manter a pia livre de entupimentos e o mais organizada possível, para evitar acidentes.

A começar, então, pelo que colocamos na pia: idealmente nada. Portanto, a esponja, o líquido da louça e demais materiais de que necessite devem ser guardados dentro de um recipiente próprio quando não estão a ser utilizados. Além de proteger a pia, está a salvaguardar o bom estado da esponja.

E depois prevenir os entupimentos, através de atitudes simples, como:

  • Retirar o excesso de comida quando coloca loiça na pia;
  • Colocar uma rede no ralo para previna que os alimentos entrem na canalização;
  • Lavar os alimentos num recipiente e não diretamente na pia.

Saiba o que nunca deve deitar na pia da cozinha

É tudo uma questão de hábito: reconhecer as coisas que não deve deitar na pia vai ajudá-lo a tratar melhor esta peça da cozinha e evitar muitos problemas.

lavar legumes

Rótulos e etiquetas autocolantes de alimentos

Muito frequentes em frutas como bananas, maçãs, kiwis ou abacates, por exemplo, as pequenas etiquetas que vêm coladas nos alimentos são uma das coisas que nunca deve deitar na pia da cozinha. O mesmo se aplica aos rótulos de outros alimentos (como compotas e doces, por exemplo).

Quando descartados na pia e não retirados tendem a ficar depositados nos canos. Porque não são de fácil decomposição, ou, pior, serão empurrados pelos sistemas de canalização e acabam por ser descarregados nos esgotos e numa estação de tratamento de águas residuais (ETAR), são prejudiciais para o sistema de tratamento e para o ambiente.

Papel absorvente

Pode até achar que o papel absorvente biodegradável se desfaz com a água, mas acredite que não vai querer ter restos de papel acumulados nos seus canos. Isto porque na realidade, por ser papel absorvente, ele não se irá desfazer, mas sim expandir quando em contacto com a água, o que pode entupir a tubagem.

Cascas de ovo

Podem até parecer (e ser) frágeis, mas na realidade podem fazer muitos estragos na sua canalização se as deitar na pia da cozinha. Isto porque podem criar resíduos granulares que, quando agrupados, com outros detritos podem obstruir os canos.

Óleos e gorduras

As substâncias gordurosas (seja óleo de cozinha, azeite, manteiga, margarina, restos de gorduras ou molhos – como maionese) são na realidade uma das razões mais comuns para canos entupidos.

Ao misturarem-se com outros detritos vão criar obstruções na canalização. Definitivamente, uma das coisas que não deve deitar na pia da cozinha se quiser manter a sujidade longe.

As gorduras devem ser colocadas num recipiente, uma garrafa ou garrafão de plástico, por exemplo, para depois depositar nos postos de coleta que encontra nos supermercados ou, por vezes, junto dos ecopontos de rua.

Os óleos e demais gorduras semelhantes não se diluem na água, e além de causar entupimentos da pia da cozinha, acabam por dificultar a limpeza do esgoto nas estações de tratamento.

Espuma

Quando vai lavar a loiça não precisa de encher a pia com espuma provocada pelo detergente, porque lembre-se que não é isso que vai fazer com que tudo fique mais limpo, mas sim a eficácia do detergente que eleger.

De igual modo, com o passar do tempo, a espuma poderá ficar mais sedimentada e acumular-se a outros resíduos sólidos provocando obstruções nos tubos.

Se tem espuma a mais, então, deixe-a escorrer e depois, durante alguns segundos, leve deixar a água a correr na pia. Não é a medida mais amiga do ambiente, pelo desperdício de água que isso implica, por isso, faça um uso correto dos detergentes.

Restos de comida

A comida é feita de diversas partículas sólidas que, naturalmente, não se desfazem ainda que tenham muito contacto com a água. Pelo contrário, vão-se acumulando ao logo dos tubos e verá que, com o tempo, a água começará a escorrer cada vez mais lentamente.

Exemplos de alimentos que mais frequentemente são colocados na pia são restos de legumes ou vegetais, como as cascas, massa, farinha, ossos, espinhas e grãos de arroz.

Os conselhos que deixamos vão fazer uma grande diferença na correta manutenção e tempo de vida da pia da cozinha e a sua carteira vai agradecer que a poupe de despesas desnecessárias.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].