Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
04 Jun, 2018 - 16:41

6 truques infalíveis para cortar a relva e fazer inveja aos vizinhos

Teresa Campos

Quer deixar de contratar os serviços de um jardineiro? Nós apoiamo-lo nessa decisão e, para tal, deixamos-lhe informações muito úteis sobre como cortar a relva.

6 truques infalíveis para cortar a relva e fazer inveja aos vizinhos

A relva do vizinho parece sempre mais verde que a sua? Não mais. Cuidar do seu próprio jardim não é uma tarefa impossível, desde que se informe de algumas regras básicas para garantir a saúde da sua relva. Há momentos mais indicados para proceder ao corte e, por isso, há que conhecê-los para garantir que executa essa delicada operação no momento e da forma certa. Portanto, aprenda já em quatro itens muito breves como cortar a relva sem segredos nenhuns.

Como cortar a relva? Nós ensinamos-lhe como atingir o corte perfeito

1

Fonte: Pexels/Oliur Rahman

1. Frequência do corte

A regularidade do corte depende das condições climatéricas, da época do ano e do tipo de relva. No geral, podemos considerar que a relva deve ser cortada com mais frequência no verão  – aproximadamente, uma vez por semana.

Já na primavera e no outono, poderá bastar cortar duas a três vezes por mês. No inverno, pode até nem ser necessário apará-la.

2. Hora do corte

Corte a relva sempre ao final da tarde, quando começar a anoitecer. Assim, evita as horas de mais calor. Também nunca deve aparar a relva se ela estiver molhada, pois isso não garante um corte homogéneo.

3. Altura do corte

A altura ideal é entre os 5 e os 10 centímetros. Estas medidas irão garantir que mantém a biomassa e, por conseguinte, continuar o crescimento são e a bom ritmo. Caso corte a uma altura demasiado baixa, pode até prejudicar as próprias ferramentas de corte que usa. Limite-se a aparar, ou seja, a manter o nível e verá que em estações como o verão, a sua relva aguentará toda a estação.

4. Máquinas de corte

O uso de umas ferramentas vai ser determinante para conseguir um bom corte. Ao falar de ferramentas estamos a referir-nos a, por exemplo, os corta-relvas e os aparadores de relva.

5. Corta-relvas

No caso de usar um corta-relvas, planifique bem o percurso que vai fazer, de forma a evitar viragens bruscas. Corte o relvado realizando círculos concêntricos, de fora para dentro. Varie também a direção de condução para não repetir o padrão de corte. Tal garante o endurecimento dos caules e a dispersão dos restos de relvado de forma mais homogénea.

6. Aparador de relva

No caso do aparador de relva, a nossa sugestão é que regule a altura do corte, para evitar cortar em demasiado e, em zonas mais delicadas, deve recortar primeiro ao redor dos obstáculos.

Comece já a planificar o seu próximo corte de relva. Faça-o num dia com tempo, para que não apresse a tarefa e despenda o tempo necessário para que tudo fique perfeito. Peça ajuda a um familiar e amigo, para que possa dividir o trabalho e, também, torná-lo mais divertido. Irá ver como cortar a relva é simples e, assim, já não precisará de gastar dinheiro em serviços de manutenção e jardinagem.

Veja também: