Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
23 Abr, 2018 - 15:33

Para jardins pequenos, 10 grandes ideias

Teresa Campos

Sabe aquela pequena parcela de terreno que tem no seu quintal e com a qual não sabe o que fazer? Venha descobrir 10 ideias incríveis de jardins pequenos para reproduzir aí em casa.

Para jardins pequenos, 10 grandes ideias

É possível desenhar um sem número de jardins pequenos. Românticos, verticais ou rústicos são apenas alguns exemplos das soluções que pode aqui encontrar. Adapte as propostas à realidade do seu quintal e veja o que melhor se adequa tendo em conta as dimensões e, acima de tudo, o seu propósito, ou seja, a função que pretende que o jardim cumpra. Espreite as nossas sugestões!

Jardins pequenos: 10 deslumbrantes soluções

1. Jardim romântico

Neste tipo de jardim, pode privilegiar a criação de um caminho de pedras ou dar uso ao barro, delimitando as áreas verdes compostas por arbustos, por exemplo. Juste flores e esta composição dará um toque encantado e muito romântico ao seu jardim. Aposte, por isso, em flores de tons coloridos e fortes, como vermelho e rosa.

 

2. Jardim num canto

Se quer aproveitar alguma esquina do quintal para fazer o seu jardim, saiba que essa é uma solução muito inteligente e que dá um resultado fantástico. Para isso, coloque sobre uma cama de areia ou cascalho duas caixas retangulares de madeira. Encha-as de terra e plante uma palmeira – ou outra árvore que não precise de muita água -.  Preencha o espaço restante com lírios, espadas de São Jorge ou, simplesmente, relva.

3. Um pequeno bosque

Comece por delimitar uma área com pedras brancas ou de mármore. Atrás desse limite, plante uma linha de pequenos arbustos de cor clara que devem contrastar com a parte interna, composta por plantas de cores mais intensas. Termine com pequenos pinhos e palmeiras. Dê as boas vindas ao seu pequeno bosque caseiro.

4. Jardim vertical

Há jardins que, na verdade, têm uma função secreta: esconder equipamentos que não queremos ter à vista. Para tapar os aparelhos de ar condicionado, os tanques de gás, o aquecedor de água ou simplesmente embelezar a cerca, o jardim vertical é a escolha certa. Faça uso de lírios da terra, algumas palmeiras pequenas e trepadeiras floridas.

 

5. Jardim na entrada

Para dar as boas-vindas aos convidados, nada melhor do que um jardim no percurso de acesso à casa. Opte por um desenho simétrico, com uma palmeira central acompanhada de duas menores dos lados. Abuse dos arbustos e das flores amarelas e rosa.

 

6. Jardim de fácil manutenção

Para quem tem pouco tempo, é muito fácil manter este jardim em ótimas condições. Num espaço do quintal, erga uma cerca com pequenas estacas de madeira e encha-a com cascalho rosa ou amarelo. Nessa área, plante arbustos de clima seco – para não precisarem de muita rega -, como é o caso das palmeirinhas.

7. Jardim junto à garagem

Para trazer alguma graça à zona onde estaciona o seu automóvel, nada como criar um jardim. Crie uma pequena jardineira ao fundo revestida com pedrinhas brancas e alguns lírios com flores vermelhas, ou crie ao lado uma espécie de caminho com vasos de plantas altas. Verá como vai trazer alegria e vida ao espaço.

 

8. Jardim mais que pequeno

Para delimitar apenas uma determinada zona – da churrasqueira ou da varanda, por exemplo -, faça um jogo de canteiros de madeira ou argila com lírios. Terá um grande impacto, se em contraste com uma parede de tijolo ou alvenaria.

9. Jardim rústico

Neste caso, deve dar preferência a materiais reciclados. Use um revestimento de madeira reciclada com estrutura de ferro ou, simplesmente, use troncos de árvores. Acrescente-lhe uma jardineira comprida também de madeira reciclada e plante ervas aromáticas, arbustos com flores, lírios e roseiras. Fantástico!

 

10. Jardim-muro

Use um muro como jardim, preenchendo-o com o tom verde e a frescura das plantas. Inclua também alguns arbustos de folhas amarelas e acastanhadas, bem como lírios brancos ou rosa.

 

A dimensão de um jardim não diz nada sobre ele. O importante é que ele seja bem planeado, esteja adequado ao espaço que ocupa e, principalmente, que seja bem cuidado. Portanto, não deixe ao abandono essa pequena porção de terra que tem no seu quintal. Dê-lhe um uso, delineando um destes jardins pequenos que, como viu, são cheios de graça e beleza. Inspire-se!

Veja também: