Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
13 Mai, 2018 - 00:00

Como fazer a melhor posta à mirandesa: tenra e suculenta

Teresa Campos

Gostamos de partilhar segredos que, afinal, pertencem a todos nós, herdeiros de uma gastronomia super saborosa. Hoje vai aprender como fazer a melhor posta à mirandesa.

Como fazer a melhor posta à mirandesa: tenra e suculenta

Antes de ficar a saber como fazer a melhor posta à mirandesa, é importante conhecer um pouco da sua origem e história. Para confecionar um prato de alta qualidade, tenha em conta a qualidade dos ingredientes utilizados, pois eles são um dos principais segredos de como fazer a melhor posta à mirandesa. Para os menos dados à cozinha, também temos propostas: vá aos melhores restaurantes da especialidade e aprenda com o chef como fazer a melhor posta à mirandesa.

Como fazer a melhor posta à mirandesa: desvende todos os segredos

Posta à mirandesa: origem e história

posta a mirandesa

A posta à mirandesa nasceu numa rua de Sendim (Mirando do Douro) pelas mãos de Ti Gabriela – que, nas feiras, servia nacos de carne sobre pão. Mais tarde, havia de adaptar esta mesma receita ao seu restaurante. A origem da raça bovina mirandesa não é consensual. Mas, há quem creia que possa descender da raça fusca do planalto superior castelhano que deriva do tronco ibérico de um conjunto de raças europeias e que tem em comum a coloração castanha.

O mais importante a destacar é a sua excecional qualidade – característica que a fez merecer a classificação de “Denominação de Origem Protegida”. Cortada da perna em nacos com a dimensão da palma de uma mão, a posta é passada pela brasa e temperada com sal. Simples e absolutamente deliciosa!

Como fazer a melhor posta à mirandesa: requisitos essenciais

  • A carne deve ser de vitela mirandesa, pois estes animais são criados em pastagens naturais, ao ar livre, e são alimentados exclusivamente à base de produtos naturais.
  • O lume deve estar forte no início da confeção e as brasas devem estar distribuídas de forma regular para distribuirem uniformemente o calor.
  • Quando virar a carne, certifique-se que o lume está forte para que crie uma crosta que impeça a saída dos sucos interiores.
  • A grelha deve ser colocada a uma distância de aproximadamente 10 cm das brasas.
  • Quando a carne estiver pronta, retire e coloque-a próxima de uma fonte de calor, para que o seu molho escorra e possa ser aproveitado.
  • A carne deve ser servida mal passada.

Receita de posta à mirandesa

1

Fonte: Pixabay/jereskok

Ingredientes
1,2 kg de carne de vitela mirandesa
Sal grosso, q.b.

Modo de Preparação

  1. Corte a carne em quatro nacos com uma espessura de 3 a 4 cm, com cerca de 300 g cada.
  2. Coloque a carne na grelha, sem tempero, e só depois polvilhe com sal grosso a gosto.
  3. Quando começar a ver pequenas gotas de sangue à superfície, vire a carne sem a picar para que se mantenha tenra e suculenta.
  4. Acompanhe com batata cozida com casca e grelos salteados, tudo regado com molho.

Receita do molho da posta à mirandesa

Ingredientes
1dl de azeite
20 ml de vinagre branco
25 g de alho
25 g de pimentão doce
Sal grosso, malagueta picada finamente e louro em pó, q.b.

Modo de Preparação

  1. Pique o alho.
  2. Junte e mexa bem com os restantes ingredientes.
  3. Acrescente o molho da confeção da carne.
  4. Regue tudo e delicie-se!

Onde comer a melhor posta à mirandesa

RESTAURANTE O ABEL, BRAGANÇA

RESTAURANTE ROMA, PORTO

RESTAURANTE O MIRANDÊS, MIRANDO DO DOURO

RESTAURANTE GONÇALO’S, LISBOA

Saber como fazer a melhor posta à mirandesa pode não ser fácil, mas vale a pena cumprir cada requisito e respeitar cada passo para, no fim, saborear este verdadeiro manjar dos deuses. Partilhe todas estas informações com os seus amigos e ensine-lhes também a eles como fazer a melhor posta à mirandesa, tenra, suculenta e 100% portuguesa.

Veja também: