ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
29 Jun, 2021 - 10:00

Como lavar roupa na máquina corretamente: 8 coisas que está a fazer mal

Catarina Milheiro

São dicas de ouro para que saiba como lavar roupa na máquina corretamente. Este pode não ser o maior mistério do mundo, mas há boa práticas a seguir.

como lavar a roupa na máquina corretamente

As regras básicas quase todos conhecemos – como separar os pretos dos brancos e evitar temperaturas muito altas para tecidos sensíveis – mas há uma série de outros cuidados que deve ter e que o ajudam a desvendar a questão: “como lavar roupa na máquina corretamente?”.

Para que não restem dúvidas, consulte o nosso guia completo. Mostramos ainda alguns motivos para o fazer, tendo em vista a preservação do seu eletrodoméstico, das suas roupas e a poupança em casa.

Como lavar a roupa na máquina corretamente: 8 erros a evitar

colocar roupa na máquina
1

Não ler as etiquetas das roupas

Se há coisa que quase ninguém faz é ler as etiquetas das peças. Mas, a verdade é que isto é meio caminho andado para saber como lavar a roupa na máquina corretamente.

É que com estes ícones vai obter informação do tipo de ciclo que deve usar, temperatura máxima ou até se é adequado para a máquina ou não.

2

Não separar as roupas por cores

Esta é uma das regras básicas de como lavar a roupa na máquina corretamente, mas nem toda a gente a cumpre. Pretos e escuros de um lado, brancos e tons claros noutro – e, não se esqueça: cuidado (muito cuidado) com os rosas fortes e vermelhos.

Estas duas últimas cores podem ser muito perigosas e facilmente “oferecem” cor a outras peças. Para evitar, pode sempre utilizar umas toalhitas que evitam esta transferência – estão à venda em qualquer supermercado e são bem acessíveis.

3

Não separar a roupa por tipo de tecido

Não junte algodão com renda, por exemplo. Falamos de dois tipos de tecidos muitos diferentes que vão “pedir” diferentes ciclos na máquina de lavar. Tente agrupar por tecidos mais standard, sensíveis e muito sensíveis. Assim, à partida, não vai sair mal.

4

Não utilizar bolsinhas próprias para roupa delicada

Outra das dicas importantes para saber como lavar a roupa na máquina corretamente é a de ganhar o hábito de colocar peças de roupa pequenas e sensíveis numas bolsinhas de rede próprias para o efeito. Collants, lingerie e roupa de bebé são alguns dos exemplos que pode colocar nestas “bolinhas”.

5

Não fazer a pré-lavagem de uma peça com nódoas antes de colocar na máquina

Se está a enfrentar peças com nódoas bem feias, não espere que a máquina seja milagrosa e faça todo o trabalho por si. O ideal será preparar a roupa antes de entrar na máquina – hoje em dia já encontra líquidos ou pó anti nódoas de pré lavagem muito eficazes, pouco agressivos e a um preço bastante justo.

6

Usar o mesmo detergente para todos os tipos de roupas

Não é por acaso que existe uma gama tão variada de produtos à venda. Se, por um lado, é verdade que há algum “marketing” à mistura, também não é mentira que cada tipo de tecido e de cor precisa de uma atenção especial. Tenha sempre em casa líquido próprio para roupa preta, roupa delicada e hipoalergénica – e teste a qualidade dos mesmos.

O detergente da roupa é daqueles produtos que vale a pena investir um bocadinho mais – o resultado final faz toda a diferença. Por último, é preciso ter atenção também à quantidade. Siga as orientações do produto que estiver a utilizar, cada um tem um nível de concentração diferente.

7

Não estar a par do funcionamento dos diferentes tipos de máquina

Saber como lavar a roupa na máquina corretamente também passa por esta questão: a sua máquina tem uma porta frontal ou uma porta superior?

Nas máquinas que têm uma porta frontal, as roupas são inseridas pela frente. Ou seja, será necessário reservar um espaço à frente para que seja possível abrir e fechar a porta. Para além disto, neste tipo de máquinas a lavagem é feita pelo movimento da roupa “tombar” – um processo que conserva os tecidos por muito mais tempo, tendo em consideração que ocorre um menor desgaste.

Contudo, apesar de se tratar do modelo mais vendido no mercado, as máquina com porta frontal não permitem, muitas vezes, a abertura durante um ciclo de lavagem.

Caso tenha em casa uma máquina com porta superior, saiba que neste caso o espaço reservado para a abertura e fecho da máquina também deve existir. No entanto, é sempre menor comparativamente à máquina com porta frontal.

Aqui, o processo de lavagem ocorre de uma forma diferente – através de ficção – onde ocorre um maior desgaste dos tecidos sendo por isso necessária uma utilização de um volume maior de água. A grande desvantagem destas máquinas é realmente o facto de terem, normalmente, menos funções do que as tradicionais.

Contudo, neste tipo de máquinas é possível abrir a porta durante o processo de lavagem.

8

Exagerar no detergente em pó

É importante percebermos que colocar mais detergente em pó não irá fazer uma melhor lavagem das nossas roupas. Na verdade, se o produto for colocado em exagero na máquina as suas roupas vão precisar de ser muito mais enxaguadas, acabando por causar alguns danos nas cores e tecidos.

Além disso, é mais provável que a roupa saia com algumas marcas de detergente – o que pode causar algum tipo de alergia em peles mais sensíveis.

roupa na máquina de lavar

A importância de lavar a roupa na máquina corretamente

Por muito que não pareça, lavar a roupa na máquina da forma correta faz toda a diferença. Se o objetivo é cuidar das suas peças e prolongar o seu tempo de vida, então é crucial que saiba o que deve ou não fazer na hora de as colocar na máquina.

Poupança de água

Menos água, menos gasto. A utilização de máquinas de lavar a roupa evita o desperdício de água e, consequentemente, uma fatura mais alta.

Já pensou na água que gastaria se tivesse que lavar as suas roupas à mão? Seria um gasto abrupto tanto para si, como para o ambiente. Por isso mesmo, o investimento numa máquina de lavar a roupa é sempre melhor do que qualquer outra solução. Poupará água, ajudará o ambiente e ainda tem menos custos no fim do mês.

Poupança de luz

Antes de comprar um novo equipamento, deve estar sempre atento à sua classe energética, que mudou a 01 de março.

Opte sempre por uma máquina de lavar a roupa com uma eficiência energética elevada – existem entre A (mais eficiente) e G (menos eficiente). Embora as máquinas de classe A sejam mais caras, elas consomem quase metade da energia de um equipamento de classe G.

Para que consiga poupar mais energia com a utilização da sua máquina, atente nas seguintes dicas:

  • Não sobrecarregue a máquina;
  • Opte, sempre que possível, por programas de baixas temperaturas;
  • Aproveite a capacidade de carga da sua máquina (não lave somente 5 ou 6 peças de roupa de uma vez só);
  • Utilize o temporizador e programe a sua máquina para os períodos com tarifas elétricas reduzidas.

Maior durabilidade da roupa

Como já explicamos, lavar a roupa na máquina de forma adequada pode fazer toda a diferença no tempo de vida das suas roupas. Isto porque quando é feita uma lavagem com detergente a mais, ou onde as cores são misturadas e o programa mal escolhido, os tecidos podem-se ir desgastando ao ponto de se estragarem por completo.

Por isso já sabe, seja amigo do ambiente e utilize a sua máquina de forma correta – verá que as suas roupas irão durar muito mais!

Poupança no detergente

Utilize a quantidade certa de detergente. Afinal, não há necessidade de colocar detergente a mais na máquina visto que, não existe qualquer tipo de vantagem associada. Lembre-se: a roupa não fica mais limpa, quanto mais detergente utilizar. Pelo contrário, poderá até fazer com que tenha que lavar algumas peças mais do que uma vez.

Para que não restem dúvidas, confirme sempre na embalagem a dose recomendada. Desta forma, estará não só a economizar como ainda contribui para uma responsabilidade ambiental.

Veja também