Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Marta Maia
Marta Maia
05 Fev, 2020 - 18:36

Recebe subsídios sociais? Veja as datas de pagamento em fevereiro

Marta Maia

Já se sabe quais são as datas de pagamentos da Segurança Social em fevereiro. Saiba quando vai receber o seu apoio.

datas de pagamentos da segurança social em fevereiro

As datas de pagamentos da Segurança Social em fevereiro já foram anunciadas e, como sempre, em função do tipo de prestação a que têm direito, há portugueses que vão receber primeiro e outros que terão de esperar mais uns dias.

Consulte de seguida a data em que deverá receber a sua pensão, apoio ou subsídio.

DATAS DE PAGAMENTOs DA SEGURANÇA SOCIAL EM FEVEREIRO

31 de janeiro

Os subsídios e pensões por doença profissional começaram a ser processados pela Segurança Social no dia 31 de janeiro, apesar de dizerem respeito ao mês de fevereiro.

E ao contrário das transferências bancárias, que são processadas no imediato, o envio dos vales de correio, que começa a ser feito na mesma data (31 de janeiro), pode levar vários dias até estar concluído. Se somar a este atraso o tempo de entrega dos correios, é possível que o apoio só chegue às mãos dos destinatários na primeira semana de fevereiro.

10 fevereiro

As pensões pagas por vale de correio são processadas, por ordem alfabética, logo a partir do dia 5 e as transferências bancárias são ordenadas no dia 10.

Como já vem sendo hábito, o complemento solidário para idosos também é processado no dia 10 de fevereiro, para que possa ser pago juntamente com a pensão.

Ao décimo dia do mês são também efetuadas as transferências bancárias e começam a ser enviados os vales de correio relativos à Prestação Social para a Inclusão. Como já se sabe, quem receber este apoio pela via postal pode levar mais uns dias a ver os vales chegar ao destino final.

14 de fevereiro

Em pleno dia dos namorados, é a vez dos beneficiários de prestações familiares receberem os respetivos apoios, quer seja por transferência bancária, quer por vale de correio.

Também a primeira prestação dos subsídios de desemprego, de doença ou de parentalidade é paga no mesmo dia.

Ainda assim, se nos seus planos estiver um jantar especial com a cara-metade, convém ter atenção ao dia em que recebe. É que, mais uma vez, só as transferências bancárias relativas a estes apoios terão efeito imediato, já que os vales de correio demoram uns dias e, com o fim de semana pelo meio, é expectável que só cheguem aos destinatários já na semana seguinte.

21 de fevereiro

Para os beneficiários do rendimento social de inserção, a data de pagamento anunciada pela Segurança Social é o dia 21 fevereiro.

O mesmo em relação aos beneficiários da ação social, que podem contar com mais dinheiro na conta a partir desse dia.

Mais uma vez, transferências bancárias e vales de correio são processados na mesma data, embora possam chegar em momentos diferentes ao destinatário final.

28 de fevereiro

Já bem perto do fim do mês, os beneficiários dos subsídios de desemprego, doença e parentalidade têm direito à segunda prestação das respetivas prestações. Neste dia a Segurança Social processa os pagamentos, quer por transferência bancária, quer por vale de correio.

como receber as prestações mais rápido

É um tema que já temos abordado antes, mas a verdade é que faz muita diferença receber um apoio social por transferência bancária ou por vale de correio.

No caso da transferência bancária, tudo é mais simples: a Segurança Social transfere o valor para a sua conta, que pode mesmo ficar disponível poucas horas depois, dependendo do dia e do horário em que a transferência seja feita.

Já no caso do vale de correio, a Segurança Social tem de processar, emitir e enviar o vale para o destinatário. Este terá ainda de se deslocar a um posto dos CTT e trocar o vale pelo montante devido.

Nestes casos, o beneficiário não só fica sujeito aos atrasos do correio como também aos horários de funcionamento dos balcões dos CTT, já para nem falar nos tempos de espera (que aumentam em alturas de maior fluxo, como dias de pagamento de apoios sociais ou alturas festivas).

Assim, se tiver uma conta bancária, o melhor é mesmo receber os apoios sociais por transferência direta. Só tem de ir ao site da Segurança Social Direta ou a um balcão deste serviço e pedir para atualizar o NIB.

Veja também