Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
30 Jan, 2020 - 10:06

Algumas dicas para lidar com a distração digital

Catarina Milheiro

Numa era em que o digital está fortemente presente no nosso dia-a-dia, aprenda a lidar com o novo fenómeno intitulado por distração digital.

distração digital

O seu telemóvel não para de tocar? Recebe notificações do Whatsapp e das redes sociais a toda a hora? Pois então deve ficar a saber que o nome disso é distração digital.

Atualmente é inevitável passarmos os nossos dias de trabalho sem um aparelho digital, seja um telemóvel, um computador ou um tablet.

Por isso mesmo, somos bombardeados de informações e algumas interações que comprometem a nossa vida pessoal, o desempenho no ambiente de trabalho e, muitas vezes, chegam mesmo a refletir-se na nossa saúde.

A distração digital é uma realidade que invade diariamente a vida de cada um de nós.

O QUE É A DISTRAÇÃO DIGITAL E POR QUE MOTIVO SURGIU

telemóvel

A distração digital é a chamada sobrecarga digital, ou seja, quando os seus dias e as suas noites são invadidos pela presença do simples toque das notificações que recebe no seu telemóvel.

E a verdade é que o medo de que as distrações digitais estejam a dar cabo das nossa vidas e das relações que mantemos com aqueles que nos rodeiam é generalizado.

O vício digital é real. Pense na quantidade de vezes que pega no seu telemóvel todos os dias, o pânico que sente quando perde temporariamente um dos seus dispositivos e a experiência da síndrome da vibração fantasma (quando pensamos que sentimos a vibração do telemóvel).

Já parou para refletir sobre como apenas uma notificação ou um alerta de uma mensagem pode ser tão perturbador como verificar a própria mensagem? E, no fundo, tudo isto pode trazer algumas consequências reais para as nossas vidas.

Nem sempre somos capazes de reconhecer que estamos totalmente viciados nos dispositivos tecnológicos que nos acompanham diariamente. No entanto, é cada vez mais importante sabermos parar para refletir sobre o tipo de atitude que temos quando recebemos alertas de notificações, mensagens ou emails.

A distração digital faz parte da realidade atual, sendo que surgiu devido à crescente necessidade de nos mantermos sempre em contacto e atualizados em relação àquilo que se está a passar na sociedade e no nosso círculo de amigos/colegas de trabalho.

Evidentemente que se o seu trabalho exige que utilize um computador, é perfeitamente normal que se distraia com maior facilidade se tiver a sua caixa de entrada do email constantemente aberta.

QUE TIPO DE IMPLICAÇÕES ESTÃO ASSOCIADAS À DISTRAÇÃO DIGITAL

Certamente que se passa o dia com o telemóvel ao seu lado na secretária onde trabalha, ou se o seu tablet anda consigo de um lado para o outro, é quase inevitável receber uma notificação e não clicar para ver do que se trata.

Sabemos que estamos perante uma era digital, na qual se torna quase impossível não lidarmos com os mais diversos aparelhos eletrónicos durante o dia de trabalho.

No entanto, se as suas contas nas redes sociais e o seu email estiverem abertos, torna-se muito mais fácil cair na tentação.

Quando isto acontece, ou seja, quando está perante uma sobrecarga digital ou uma distração digital, o resultado é a redução de produtividade, do comprometimento (seja em casa ou no trabalho), o desperdício de tempo, de atenção e de energia.

Para que consiga ter uma noção clara das implicações que a distração digital pode trazer para o seu dia-a-dia, explicamos algumas. Tome nota.

usar telemóvel

O tempo excessivo em frente ao ecrã afeta as nossas interações

Todos nós sabemos que passar tempo demais em frente ao ecrã pode trazer sérias complicações para a nossa saúde física e mental.

No fundo, todos tememos sobre o impacto da quantidade crescente de tempo de ecrã quer seja para nós próprios, ou para os nossos filhos. Por isso, refletimos constantemente sobre a dependência, a saúde mental e ainda sobre o nível de envolvimento com aquilo que está a acontecer à nossa volta, na vida real.

Especialmente nos adolescentes, é extremamente importante que se coloquem alguns limites em relação ao tempo em frente ao ecrã, uma vez que são cada vez mais os estudos que relacionam a depressão com a dependência do telemóvel, por exemplo.

Se pensarmos bem sobre este assunto, quando passamos tempo demais em frente ao ecrã do telemóvel ou do tablet, estamos a isolar-nos um pouco daquilo que nos rodeia, que é o mundo real.

Ao focarmos todas as nossas energias naquele ecrã, nem nos apercebemos que estamos simplesmente a viver a vida dos outros durante alguns bons minutos ou horas até.

Dificuldade para adormecer e, consequentemente, menor capacidade de concentração

Uma das implicações da distração digital é mesmo a dificuldade para adormecer com que o indivíduo se depara depois de ter passado horas a verificar as suas redes sociais e o email.

Ora, consequentemente, não irá conseguir sentir-se fresco e recuperar todas as energias para o dia seguinte de trabalho e estará menos concentrado, cansado e claro, os seus níveis de produtividade serão também menores.

É por isso crucial que imponha alguns limites em relação ao tempo que passa em frente ao ecrã e que modifique as suas atitudes perante todas as ferramentas que utiliza.

Sentimento de frustração, angústia e perda de tempo

Quando já não consegue ignorar o som de uma notificação e limita-se simplesmente a pegar no telemóvel, por exemplo, é natural que se comece a sentir um pouco viciado.

Ou seja, o que queremos dizer com isto é que quando se apercebe que a distração digital começa a afetar os seus relacionamentos, seja com amigos ou família, é muito provável que se sinta angustiado e frustrado.

Além disso, pode ainda sentir que perdeu alguns momentos importantes com os seus filhos, só porque estava totalmente focado e conectado ao mundo virtual.

ALGUMAS DICAS PARA CONTORNAR ESTE FENÓMENO

Combata o excesso de ferramentas digitais de forma estratégica

Utilize de filtros de email, leitores de notícias, seja criterioso em aceitar ser inserido em grupos de conversas e também haja com bom senso com os participantes.

Estipule pequenos intervalos ao longo do dia para verificar todas as suas notificações

Quando toma esta atitude, está automaticamente a gerir o seu tempo de uma forma muito melhor. Verá que o tempo que tem para trabalhar e desenvolver todas as suas tarefas será muito mais aproveitado e produtivo.

Instale uma aplicação que controle o tempo de ecrã

Existem aplicações que conseguem controlar o tempo que passa no seu telemóvel, inclusive, o tempo exato que passou em cada rede social ou aplicação. Esta pode ser uma boa maneira para que tenha uma noção real do tempo que poderá estar a “perder” no mundo digital.

Certamente que mudará de atitude quando se aperceber das horas que perde em frente ao telemóvel diariamente.

Ao acordar, não pegue no telemóvel

Se é daqueles que mal acorda pega no telemóvel para verificar todas as suas notificações e redes sociais, então mude já a sua atitude. Comece a manhã com um despertador agradável, faça uns exercícios de respiração ao acordar e comece o seu dia da melhor forma.

No ambiente de trabalho, não coloque o telemóvel em cima da sua secretária

Esta dica é essencial para os que lidam com este problema que é a distração digital. Se estipulou momentos do seu dia para verificar as suas notificações, então não leve o telemóvel consigo para a mesa de trabalho.

Opte por deixá-lo no bolso do casaco ou na mochila. Desta forma, estará longe do dispositivo e não irá conseguir nem ouvir o som da vibração.

Veja também