David Afonso
David Afonso
04 Jan, 2022 - 18:49

Efeito fading dos travões: o que é e o que provoca

David Afonso

O efeito fading dos travões é um fenómeno que afeta negativamente o sistema de travagem. Saiba como atuar nesta situação.

efeito fadind dos travões

A expressão “ficar sem travões” é bem conhecida e é uma das piores situações que podem acontecer quando se conduz um veículo. Um dos problemas que a pode originar é o efeito fading dos travões. O efeito de fading significa “desvanecimento” na sua tradução literal do inglês, o que é o mesmo que dizer perda de eficácia dos travões.

Nesse sentido, cada condutor deve saber o que é e como detetá-lo, o que o pode causar e mesmo como pode ser evitado.

Para ajudar, ao longo do artigo vamos então tudo isso e, mais importante de tudo, como manter os travões intactos.

O que é o efeito fading dos travões?

Com efeito, o uso intensivo do sistema de travagem causa então o efeito fading dos travões, um fenómeno conhecido como desvanecimento. Sofrer esta perda de eficiência do sistema pode levar a uma das situações mais perigosas ao conduzir um veículo – ficar sem travões.

É então um fenómeno que está então diretamente relacionado com a segurança do condutor. Logo, convém agir e saber identificar as suas causas.

Quais as suas causas?

Existem uma série de origens por detrás deste desvanecimento. As principais são:

  • Uso intensivo dos travões. A má manutenção do sistema de travagem, a condução inadequada ou o peso excessivo podem agravar este fenómeno.
  • Sobreaquecimento do sistema de travagem. Esta utilização contínua leva então ao sobreaquecimento de alguns elementos do sistema, principalmente das pastilhas e discos de travões, mas também do fluido dos travões. Por exemplo, as altas temperaturas podem fazer com que as pastilhas de travão percam a sua eficácia em contacto com o disco de travão (cristalizam).
  • Manutenção inadequada. Este comportamento é essencial, seja qual for o componente automóvel. Nada como a prevenção.
  • “Travagem dura”. O fluido dos travões excede a temperatura ideal de funcionamento. Com isto, ferve, fazendo aparecer bolhas de ar, o que é percetível quando o pedal do travão for pressionado. Nestes casos, fica mais duro e com menos eficiência.

Em casos extremos, como já referido, o veículo pode mesmo ficar sem travões, especialmente se combinado com a falta de manutenção adequada dos elementos envolvidos.

Tipos de fading

Após conhecer as causas, pode-se dizer também que o efeito fading dos travões pode surgir então de duas formas distintas.

Uma delas é quando a superfície das pastilhas de travão cristaliza porque ultrapassaram o limite de temperatura. O pedal do travão é mais duro, o que causa uma travagem muito menos eficiente.

O segundo tipo ocorre quando o fluido atinge o ponto de ebulição e aparecem bolhas de ar. Isto torna o pedal do travão muito mais suave.

Estes dois tipos de fading podem ser bastante úteis na identificam do problema.

Consequências do efeito fading dos travões

Com tudo isto, é natural que surjam então “problemas” e, por vezes, podem ser bem sérios caso não exista uma prevenção atempada. Antes de saber como prevenir o fading, saiba quais as principais consequências deste fenómeno.

  • Situação perigosa. Pode ter um acidente de viação se não souber como lidar com os sintomas de fading.
  • Visita ao mecânico (gastos na carteira). Quase que seria lógico esta estar nesta mini lista. Se as pastilhas de travão cristalizarem, terão de ser lixadas para restabelecer a sua potência de travagem. Contudo, se os travões tiverem sido utilizados intensivamente, é possível que os discos ou tambores tenham sido danificados e devam ser substituídos.
  • Bolhas de ar no sistema de travagem: neste caso, basta sangrar o sistema de travagem para remover o ar. Esta é também uma boa oportunidade para substituir o fluido dos travões. Lembre-se de que o fluido dos travões perde as suas propriedades com o tempo.
condutor a perceber como travar com o motor
Veja também Como travar com o motor: um guia prático

Como atuar quando se “fica sem travões”?

Se o efeito fading dos travões estiver a dar de si em plena condução, este é um sinal claro de que os travões estão a “sofrer” com algumas das causas mencionadas.

Nesta situação, o ideal é travar com o motor. Além disso, reduza as mudanças. Mantenha sempre a calma. A seguir, uma visita ao mecânico mais próximo.

Como evitar o efeito fading dos travões?

O desvanecimento pode ser prevenido de várias maneiras. As mais recomendadas para a prevenção do são:

  • Evitar, na medida do possível, o uso prolongado e intensivo dos travões, especialmente ao conduzir em declives.
  • Manter o sistema de travagem corretamente.
  • Mudar o líquido dos travões todos os anos: o líquido dos travões tem uma vida útil limitada, pelo que os fabricantes de veículos recomendam a sua mudança anual.
  • Utilizar sempre peças sobressalentes de qualidade no sistema de travagem.

Além de tudo isto, é muito importante conduzir eficientemente. Uma condução defensiva e eficiente é meio caminho andado para evitar este fenómeno.

Agora que já sabe, quando “ficar sem travões”, sabe que pode estar a sofrer o efeito fading dos travões.

Veja também