ebook
GUIA DO IRS
Patrocinado por Reorganiza
David Afonso
David Afonso
15 Jun, 2022 - 18:54

7 erros a evitar com a caixa automática

David Afonso

São cada vez mais comuns e apreciadas pelos condutores. Mas há cuidados a ter e erros a evitar com a caixa automática.

caixa de transmissão semiautomática

É verdade que os carros automáticos são mais convenientes de conduzir, visto que o condutor não tem de se preocupar com as mudanças de velocidade. Só quer há erros a evitar com a caixa automática que podem levar a avarias mais graves nos veículos.

Por esta razão, é importante identificar os erros mais comuns nos controlos de um carro com estas características. Nesse sentido, é aconselhável cuidar deste tipo caixa para prolongar a sua vida útil.

E quais são os erros a evitar com a caixa automática? É isso que responderemos.

Condução: 7 erros a evitar com a caixa automática

1

Utilizar o P (Parking) quando o carro está ligeiramente em andamento

Ao chegar ao destino, devido à pressa, é comum mudar de velocidade de Drive ou Reverse para P (Parking) antes de o carro estar em paragem completa.

Esta prática poderia desgastar prematuramente o componente que impede as engrenagens de girar e pode mesmo quebrá-lo. É sempre aconselhável parar totalmente antes de mudar para P.

2

Não utilizar travão de estacionamento ao estacionar

Quando o P (Parking) é engatado, o bloqueio da caixa impede o movimento das mudanças e, consequentemente, o veículo.

No entanto, isto não substitui a utilização do travão de estacionamento, porque se não for utilizado, o peso do veículo cai apenas sobre a caixa e desgasta.

Recomenda-se que se utilize sempre o travão de estacionamento ao estacionar.

3

Acelerar ao passar de N (Neutral) para D (Drive)

De modo a arrancar rapidamente, a aceleração é frequentemente utilizada antes de se deslocar a alavanca, para alcançar um resultado semelhante ao de um automóvel manual (por outras palavras, arrancar em ponto morto), pressionando a embraiagem, acelerando e saindo mais rapidamente.

Contudo, isto não é recomendado num carro com caixa automática, visto que pode desgastar a turbina da transmissão.

Esta ação tem de entrar na nossa lista sobre o que não fazer com a caixa automática, pois além de ser perigosa, leva também a sérias despesas.

4

Utilização do N (Neutral) em descidas

Tanto nos veículos de caixa manual como nos de caixa automática, a mudança para o Neutral (ponto morto) causa perda de aderência e tração.

O que faz é tirar-se a si mesmo algum controlo sobre o carro, por circular em ponto morto, o que pode ser muito perigoso, pois poderá precisar de acelerar para evitar um acidente.

Nestas situações, recomenda-se a utilização de uma engrenagem para melhorar a estabilidade.

5

Mudar para D (Drive) com o carro em movimento

Se o seu veículo não estiver completamente parado e mudar para D (Drive) ou R (Reverse), por exemplo, numa manobra de estacionamento, pode colocar demasiada tensão na correia de transmissão; levando a um desgaste prematuro.

Recomenda-se que se trave completamente antes de mudar de marcha.

6

Ponto morto em paragens curtas

Em semáforos, ou em situações de pára-arranca, há condutores que colocam o carro em ponto morto para pouparem combustível e para evitarem o desgaste.

Por outras palavras, estar sempre a engrenar diferentes velocidades faz parte do que não fazer com a caixa automática, pois assim apenas aumenta o desgaste da mesma.

7

Mudar de D para R em movimento e vice-versa

Tal como em caixas manuais, é comum os condutores mudarem de posição de marcha em movimento, o que é um erro.

É praticamente inofensivo em casos pontuais. Mas, se não se esperar periodicamente que o carro pare completamente antes de mudar de velocidade, a correia de transmissão é colocada sob tensão desnecessária, levando a um desgaste prematuro.

Extra: Insistir nas “mudanças”

Este é o erro mais comum e um dos mais básicos de se evitar.

Um carro com caixa automática fará todas as mudanças por si. Não precisa de tentar acelerar em ponto morto e depois mudar de velocidade para tirar o seu carro da engrenagem.

A única coisa que irá acontecer são danos graves na caixa de velocidades.

Com efeito, sem estes erros, conduzir um carro automático, leva efetivamente a uma sensação de facilidade na condução. Contudo, não invalida uma atenção redobrada na estrada.

Veja também