Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Tatiana Carvalho
Tatiana Carvalho
23 Out, 2017 - 11:02

3 erros de planeamento que prejudicam o seu crédito pessoal

Tatiana Carvalho

Evite surpresas e descubra o que pode fazer para ter um bom crédito pessoal.

3 erros de planeamento que prejudicam o seu crédito pessoal

Se tem a vida financeira organizada e planeia comprar um imóvel, um carro ou ainda fazer uma grande viagem de férias, com certeza conhece o termo crédito pessoal. O crédito pessoal é uma modalidade de crédito disponível para o cliente bancário que pode recorrer a ela para fins variados. Tal modalidade enquadra-se no regime do crédito aos consumidores.

Cada pessoa possui um crédito pessoal próprio e isso é calculado pelas instituições financeiras de acordo com os seus dados disponíveis junto aos serviços da Autoridade Tributária e Aduaneira e a Segurança Social. As informações a serem consideradas passam por detalhes como o fato do contratante ter emprego fixo e estável, se possui dívidas junto do Banco de Portugal, se tem outros créditos pessoais contratados e se os mesmos foram pagos da maneira correta, se é dono de alguma empresa ou propriedade, entre outros fatores.

Existem alguns erros de planeamento que podem estragar o crédito de um cliente e consequentemente dificultar muito a contratação de um crédito pessoal. Listámos alguns abaixo.

3 erros que prejudicam o crédito pessoal

Não pagar as contas na data estabelecida

placeholder-1x1

Por mais simples que isto pareça, não pagar as contas básicas em dia atrapalha o seu crédito no banco. Detalhes como este são sempre levados em consideração principalmente se a intenção for adquirir um crédito pessoal.

Entenda: no contrato de um crédito habitação, o banco tem o imóvel como garantia caso o proprietário não consiga cumprir com as suas obrigações, mas no crédito pessoal, a organização no pagamento das finanças pessoais pode ser um fator decisivo.

Arquivar ou guardar uma conta sem olhar

placeholder-1x1

Um erro muito comum é, seja por ter as contas em débito direto, seja por apenas olhar para o valor e realizar o pagamento, guardar as contas sem olhar com atenção para o que está a ser pago. Muitas vezes as empresas cometem erros e, sem a devida fiscalização, o maior prejudicado é o cliente.

O risco de pagar taxas e valores indevidos pode prejudicar o seu crédito nas instituições financeiras. Olhe com atenção para todos os detalhes das faturas e avalie sempre o que está a ser cobrado.

Cancelar um cartão de crédito antigo

placeholder-1x1

Tem um cartão de crédito antigo, sem dívidas, e que não usa mais? A não ser que a anuidade dele seja muito cara, não vale a pena cancelar o seu uso. Cartões de crédito são um dos maiores termómetros para os créditos financeiros. O valor disponibilizado neles pelos bancos é calculado de acordo com os rendimentos pessoais e o pagamento das faturas de modo correto e sem atrasos. Quanto mais antigo o cartão, mais alto é o valor do saldo e mais estável a sua vida financeira parece ser para quem concede os créditos.

Veja também: