ebook
GUIA DO IRS
Patrocinado por Reorganiza
Teresa Campos
Teresa Campos
27 Out, 2021 - 13:22

Esporão do calcanhar: o que é e como tratar

Teresa Campos

Cerca de 11% a 27% da população tem esporão no calcanhar, mesmo que não sinta dor. Perceba do que se trata e como resolver este problema.

Pé de mulher

O esporão do calcanhar também é conhecido por esporão do calcâneo ou por fasceíte plantar.

Geralmente, além da dor, há uma inflamação persistente da região, um espessamento da fáscia e a formação de um “esporão” ósseo, ou seja, de uma calcificação parcial dessa fáscia.

Este é motivo mais que suficiente para consultar um médico, mais exatamente um ortopedista. Fique a saber ais sobre este problema.

O que é o esporão do calcanhar?

O esporão no calcanhar corresponde a um osso que se projeta na zona do calcanhar. A sua principal causa é a pressão intensa feita sobre a planta do pé durante muito tempo. Por exemplo, se não se fizer aquecimento antes de praticar desporto, pode existir uma sobrecarga do tendão de Aquiles e, por inerência, do calcanhar.

Este é um problema mais frequente no género feminino, em indivíduos mais velhos (a partir dos 40 anos de idade) e em pessoas com peso a mais. Os efeitos podem sentir-se na planta do pé, através da inflamação ou das roturas nos tecidos e da dor, que se manifesta no momento da marcha ou da corrida.

Para tentar corrigir este problema, o organismo vai formar tecido ósseo à volta da área inflamada, dando assim origem ao esporão no calcanhar.

Grande plano de calcanhares rachados

Causas

Como já adiantámos, o esporão no calcanhar pode surgir devido a/ao:

  • Ter mais de 40 anos;
  • Sofrer de osteoartrite, artrite reumatóide, insuficiência circulatória e outras doenças degenerativas;
  • Herança genética;
  • Obesidade;
  • Pé chato ou arco plantar muito acentuado;
  • Prática intensiva de atividades que exijam impacto nos pés (ballet, dança, corrida);
  • Pé cavo;
  • Permanecer muitas horas seguidas em pé;
  • Uso excessivo de sapatos de salto alto;
  • Uso de calçado desadequado para o tipo de pé em questão (muito apertados, com muito desgaste, etc.);
  • Corrida de fundo;
  • Adoção de uma marcha incorreta, com mau posicionamento do pé.
Médico a tratar pé de atleta
Veja também Pé de atleta: um mal que não afecta apenas os desportistas

Sintomas

O principal sintoma de esporão do calcanhar é dor intensa na zona inferior ou interna do calcanhar, quando é feita pressão sobre o calcanhar, e alívio quando o calcanhar se encontra em repouso.

Esta dor é mais recorrente no período da manhã, quando se começa a caminhar (sobretudo sobre superfícies duras ou se se carregarem pesos) ou quando se salta.

Geralmente, a dor começa por ser localizada, até que acaba por alastrar para todo o calcanhar.

Tratamento

Para confirmar o diagnóstico de esporão do calcanhar, é essencial consultar um médico e fazer  uma radiografia ou ressonância magnética.

O esporão do calcanhar nem sempre tem um tratamento fácil e rápido. Esta terapêutica passa essencialmente por:

  • repouso;
  • aplicação de gelo ou de calor no calcanhar (conforme o alívio sentido);
  • compressão do calcanhar;
  • elevação do pé;
  • toma de anti-inflamatórios;
  • toma de injeção de corticoides;
  • uso de sola especial, que deverá ser prescrita pelo médico.
  • diatermia;
  • ultra-sons.

Nota: Se nenhum destes tratamentos se revelar eficaz, a única opção que resta é a cirurgia.

Prevenção do esporão do calcanhar

Tendo em conta alguns dos fatores de risco que favorecem o surgimento do esporão do calcanhar, recomenda-se que seja feito sempre um correto aquecimento, antes de iniciar qualquer atividade física, seja uma caminhada, uma corrida ou outra prática desportiva.

Também há que moderar o esforço e a sobrecarga feitos sobre os pés e calcanhares. Neste sentido, ter um peso equilibrado também evita uma pressão excessiva sobre os calcanhares.

Veja também