Inês Pereira
Inês Pereira
19 Out, 2018 - 12:47
Tudo sobre gatos persas

Tudo sobre gatos persas

Inês Pereira

Vaidosos, e com motivos, os gatos persa são dos felinos mais populares um pouco por todo o mundo. Está na altura de saber tudo sobre a raça.

O artigo continua após o anúncio

Quando o assunto é cães praticamente toda a gente consegue enumerar pelos menos 6 raças que conhece. Por oposição, quando o tema passa para os felinos a proeza fica mais complicada. No entanto há uma raça conhecida de todos: os gatos persas. E não é por acaso – afinal, poucos animais domésticos, sejam de que tipo forem, são tão majestosos como estes felinos de pelo comprido.

Se adora gatos e está a pensar juntar um à família, então esta é a altura ideal para ficar a saber tudo sobre gatos persas. O seu pelo longo e bonito bem como a cabeça de formato mais plano – que resulta de uma mutação genética ocorrida durante o século passado – são traços que facilmente identificam este felino e o tornam único. Com uma esperança média de vida que vai de 12 a 17 anos, este é um gato de porte médio/grande e cujo peso ideal se situa entre os 3,5kg e os 7kg.

Conheça os gatos persas de A a Z

saiba tudo sobre os gatos persa

É praticamente impossível pensar em gatos e não pensar no gato persa. Originário da Pérsia (atual Irão) e do Reino Unido, trata-se de uma das raças mais populares a nível mundial e muitos são os que desejam a companhia deste felino em sua casa.

Apesar de, tal como é habitual nos gatos, ser um animal bastante independente, este felino é surpreendentemente meigo com os donos e membros da família. Não se importa de ficar sozinho em casa mas é capaz de seguir o dono pela casa quando este chega a casa – e se receber a sua atenção então fica ainda mais feliz.

Embora mais carinhoso do que aquilo que seria de esperar num felino, o persa não confia com facilidade em estranhos. Assim, é muito provável que a sua afeição se direcione apenas para os membros da família e pessoas a quem esteja habituado.

No que se refere à socialização com outros animais, o seu companheiro de 4 patas não deve levantar grandes problemas. Como seria de esperar, dá-se melhor com outros gatos do que com cães, mas é bastante tolerante em ambos os casos.

Os gatos persas são felinos pouco dados a aventuras e a escaladas, o que significa que são os animais ideais para qualquer casa. O facto de ser um gato bastante calmo obriga a que os donos tenham atenção à sua atividade física e estimulem o exercício – de outro modo o excesso de peso pode vir a ser um problema.

Em suma, pode dizer-se que é um gato bastante calmo e nada agressivo. É uma das raças felinas mais pachorrentas e sociáveis, pelo que adora ter a tenção do dono e estar ao seu colo – mesmo quando se trata de uma criança.

O artigo continua após o anúncio

Alimentação

Por esta altura já deve estar a questionar-se sobre a alimentação dos gatos persa, certo? A verdade é que esta raça tem necessidades especiais, pelo que a comida deve ser adaptada e diferenciada da habitual comida de gato.

Este felino obriga a preocupações específicas com questões tão variadas como o excesso de peso (devido à preguiça característica da raça), as mandíbulas braquicéfalas e, até mesmo, o pelo. Felizmente, para garantir que todas as necessidades nutricionais do persa são suprimidas, existe ração e comida húmida especialmente formulada para a raça.

Assim, tem à sua disposição, ração com croquetes especialmente criados para a boca do gato persa, que garante a beleza e suavidade do pelo do felino e evita problemas de pele. Esta comida assegura também a facilidade digestiva e evita problemas de saúde relacionados com o sistema digestivo.

Uma das principais preocupações com os persas é a formação de bolas de pelo, uma vez que este é tão farto e denso. Ora, as fibras presentes na ração ajudam a limitar a formação de bolas de pelo e promovem a motilidade gástrica.

No caso da comida húmida, mais nutritiva e facilmente digerida pelo seu fiel amigo, são precisos alguns cuidados. Acontece que se trata de um produto que potencia a obesidade do animal, pelo que não deve fazer parte da sua rotina diária.

Saúde

saiba tudo sobre a saúde dos gatos persa

Apesar de toda a sua beleza e majestosidade, e devido ao seu físico peculiar, o gato persa está mais suscetível a desenvolver determinados problemas de saúde e determinadas doenças. No entanto, com a ajuda de um dono atento, dedicado e sempre pronto a fazer tudo pelo seu companheiro felpudo, o felino persa tem todas as condições para uma vida o mais saudável possível.

Em primeiro lugar, é importante que compreenda que este é um animal com uma baixa tolerância ao calor. Isto significa que é necessária uma atenção redobrada no que se refere à temperatura do ambiente em que o gato vive e com o qual contacta.

Em segundo lugar, também a braquicefalia se impõe como um possível problema. Acontece que, devido ao seu focinho achatado, o gato tem maior dificuldade em normalizar a temperatura do ar que inspira e chega aos seus pulmões, o que pode originar problemas respiratórios.

O artigo continua após o anúncio

Posto isto, é importante que conheça todos os problemas de saúde que o seu animal de estimação pode enfrentar:

  • Glaucoma;
  • Olhos lacrimejantes;
  • Atrofia progressiva da retina;
  • Inchaço nos olhos;
  • Síndrome braquicefálica;
  • Tricobezoares;
  • Cardiomiopatia hipertrófica;
  • Dermatite;
  • Seborreia oleosa;
  • Rins policísticos.

Veja também: