Luana Freire
Luana Freire
20 Jan, 2020 - 13:09

5 cuidados com gatos no inverno: tome nota e não descuide

Luana Freire

O tempo frio exige atenção extra com os felinos. Saiba quais são os 5 cuidados com gatos no inverno que não pode deixar passar.

Gato com frio agasalhado
O artigo continua após o anúncio

Tem um felino em casa? Saiba quais os cuidados com gatos no inverno que são obrigatórios e aproveite cada minuto da estação gelada ao seu lado. De outra forma, dias mais curtos e temperaturas mais baixas são sinónimo de “caça” aos sítios mais aconchegantes e quentes da casa, e também ao colo do dono.

Assim, com a chegada dos meses mais frios do ano, é fundamental que esteja atento ao conforto e à saúde do felino aí de casa, pondo os olhos nas adaptações mais subtis do dia a dia.

cuidados com gatos no inverno: atenção ao frio

Cuidados com gatos no inverno

1. Aprenda a saber quando o seu gato sente frio

Já reparou que durante os meses de frio a maior parte dos gatos domésticos fica quietinha, encolhida, mas perto dos donos ou de outros animais, e com o pelo arrepiado?

Por isso, escondem-se por entre as mantas e cobertores, procuram fazer ninho dentro de armários e, até, se metem debaixo dos eletrodomésticos e móveis.

É certo que já reparou que os bichanos aproveitam para passar mais tempo ao sol e exibem-se nas janelas – certo? Ora bem, estes comportamentos são típicos de felinos que procuram estar mais aquecidos – ou seja, que sentem frio.

Assim sendo, durante o tempo frio em que os felinos adotam estes comportamentos típicos, que os donos devem estar atentos às necessidades específicas da altura. Mas, então, que cuidados com gatos no inverno?

  • Os donos podem tentar que os seus bichanos usem roupinhas próprias. Muitos dos nossos felinos aceitam usar roupa. Experimente!
  • Que tal, durante o sono do seu gato, tentar cobri-lo com um cobertor?
  • Espalhar mantas quentinhas pelas camas e sofás é, também, uma excelente forma de ajudá-los a aquecer.
  • A maior parte dos gatos gosta de caixotes de cartão. Forre um com uma manta e repare que o seu felino vai gostar de lá estar aconchegado.

Tenha ainda atenção a sinais como tremores musculares, apatia ou calafrios. Podem revelar que o seu bichano tem frio. No entanto, note que estas situações pode ainda indicar estados de febre ou de hipotermia. Fique atento e procure a ajuda do médico veterinário quando for necessário.

2. Atenção à alimentação dos gatos durante o frio

Nos cuidados com gatos no inverno, a alimentação de qualidade é fundamental, especialmente durante os meses frios. Isso porque a alimentação, juntamente com as vacinações em dia, ajudam a manter a imunidade do bichano, afastando-o de doenças sazonais, como constipações.

O artigo continua após o anúncio

Gatos bem alimentados são gatos bem nutridos, que não necessitam de reposição de vitaminas e suplementos – com exceção dos gatos que têm algum problema de saúde instalado.

E qual deve ser a temperatura do alimento húmido que é oferecido ao gato? Se, tal como muitos donos, já teve a mesma dúvida, nós ajudamos com a resposta: a comida húmida apenas deve ser aquecida quando o bichano recusa alimentar-se de outra forma – ou seja, à temperatura ambiente.

Lembre-se que os gatos não apreciam grandes mudanças, por isso, podem não gostar de ver a comida aquecida sem necessidade.

3. No tempo frio é obrigatório ter as vacinas em dia

Sabia que ter as vacinas em dia é tão importante quanto oferecer a melhor alimentação ao gato? São as vacinas que ajudam a proteger o seu amigo patudo de várias doenças e isso acontece independente da estação do ano em que estamos.

Lembre-se que deve seguir o plano de vacinação estabelecido pelo médico veterinário, que deve ter em conta a idade do animal e o seu estilo de vida (se vive em casa, se vai à rua eventualmente, se tem contacto com outros animais, se é portador de viroses, etc).

4. A higiene dos gatos é fundamental

Já se sabe que é durante o inverno que há uma maior proliferação de fungos. Isso quer dizer que, pela saúde do seu animal, deve redobrar a atenção à higiene dos utensílios do gato (comedouro e bebedouro) e do ambiente. Em casa, siga os passos seguintes com regularidade:

  • diariamente, lave o comedouro e o bebedouro com água quente e seque bem;
  • sempre que necessário aspire bem toda a mobília (sofás, poltronas, almofadas, cama, etc) e tapetes;
  • mantenha secos e limpos os ambientes – especialmente aqueles onde o gato mais gosta de estar;
  • garanta que o felino não fica ao vento e à chuva;
  • se o gato usar roupas, lave-as com frequência.

5.  Mantenha os olhos postos da pele do gato, que deve estar saudável

A saúde dos felinos, como um todo, também está relacionada com a saúde da sua pele – que, por sua vez, está intimamente ligada à sua alimentação. Gatos com uma boa nutrição, que seguem uma dieta adequada, têm a pele mais resistente às intempéries.

Evite cremes hidratantes mesmo quando há o ressecamento da pele. A pele seca dos gatos é, geralmente, resultado de alterações nutricionais e/ou metabólicas. Com o comportamento de lambedura, os gatos podem intoxicar-se com os produtos tópicos.

O artigo continua após o anúncio

Não deixe de seguir estes cuidados com gatos no inverno. Para o bem do seu bichano.

Veja também